Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3210
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação ergonômica da sinalização em três parques estaduais de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Ergonomic evaluation of the signaling in three state parks of Minas Gerais
Autor(es): Pimentel, Giulio Bruno Rizzo
Primeiro Orientador: Souza, Amaury Paulo de
Primeiro coorientador: Minette, Luciano José
Segundo coorientador: Ribeiro, Guido Assunção
Primeiro avaliador: Jacovine, Laércio Antonio Gonçalves
Segundo avaliador: Coelho, Danilo José da Silva
Abstract: Parque Estadual é uma categoria de Unidade de Conservação inserida no grupo das Unidades de Proteção Integral que tem como objetivos a preservação de seus recursos ambientais e o incentivo à pesquisa, à educação e à interpretação ambiental e à recreação. A sinalização faz parte da infra-estrutura de que um parque necessita, sendo um importante canal de comunicação com seus visitantes. A padronização torna a sinalização mais eficiente, fazendo com que o visitante sinta que está sendo conduzido ao seu destino. Cabe à Ergonomia estudar e avaliar a padronização da sinalização de um ambiente. Dessa forma, objetivou-se avaliar ergonomicamente a sinalização em três parques estaduais mineiros, com a finalidade de proporcionar ao visitante a realização de suas atividades de forma confortável e segura. O estudo foi realizado no Parque Estadual do Ibitipoca, Parque Estadual Serra do Brigadeiro e Parque Estadual do Itacolomi. Foram identificadas e avaliadas as atividades desenvolvidas pelos visitantes e avaliado o sistema de sinalização existente em cada parque. Foram feitas entrevistas com a administração, os guarda-parques e os visitantes sobre sinalização e segurança em cada parque e a realização das atividades. Um roteiro sobre ergonomia da sinalização foi preenchido, para posterior avaliação da sinalização. Os resultados mostram que no Ibitipoca os visitantes podem realizar suas atividades individualmente, diferentemente dos outros dois parques, onde o visitante é sempre acompanhado por guarda-parques ou monitores. A sinalização nos três parques obedece a todos os aspectos ergonômicos estudados. Os resultados das entrevistas com visitantes foram válidos apenas para o Ibitipoca. Como resultados dos questionários sobre segurança, 85% dos visitantes disseram haver realizado suas atividades sem dificuldades; 90% afirmaram não haver encontrado nenhuma situação perigosa; 95% disseram que a sinalização é eficiente; e 99% disseram estar utilizando vestuário adequado para prática de atividades no parque. Como resultados dos questionários sobre sinalização, 99% disseram que as mensagens eram claras e legíveis; 90% afirmaram que o sistema de sinalização apresenta bom estado de manutenção e conservação; 85% disseram que a sinalização atendeu às suas necessidades durante a realização das atividades; mas 90% sentiram falta de sinalização que os ajudasse a interpretar os ambientes. Foi possível concluir que o tempo de criação dos parques não tem nenhuma relação com a existência de sinalização neles; como não há um padrão estadual para sinalização dos parques, cada gerencia desenvolveu seu próprio padrão; a falta de sinalização interpretativa foi o motivo que mais gerou insatisfação entre os visitantes do Ibitipoca; a padronização adotada nos sistemas de sinalização dos três parques atendeu aos requisitos ergonômicos estudados; em nenhum dos três parques há registro de acidentes graves; e o tipo de acidente mais freqüente no Ibitipoca é a torção nos joelhos ou tornozelos, causada principalmente por uso de calçados inadequados.
State park is a category of Unit of Conservation inserted in the group of the Units of Integral Protection, and that has as objectives the preservation of their environmental resources, the incentive to the research, to the education and the environmental interpretation and the recreation. The signaling is part of the infrastructure that a park needs, and it is an important communication channel with their visitors. The standardization becomes most efficient the signaling doing with that the visitor feels that is being lead to his destiny. It is work of the Ergonomics to study and to evaluate the standardization of the signaling of an environment. In that way, it was objectified at to evaluate ergonomically the existent signaling in three state parks of the Minas Gerais state, with the purpose of providing to the visitor the accomplishment of their activities in a comfortable and safe way. The study was accomplished in the arque Estadual do Ibitipoca, Parque Estadual Serra do Brigadeiro and Parque Estadual do Itacolomi. They were identified and appraised the activities developed by the visitors and appraised the system of signaling existent in each park. Interviews were accomplished with the administration, parks guard and visitors about signaling and safety in each park and the accomplishment of the activities. An itinerary on ergonomics of the signaling was filled out for subsequent evaluation of the signaling. The results present that in Ibitipoca, the visitors can accomplish their activities individually, differently of the other two parks, where the visitor is always accompanied by parks guard or monitors. The signaling obeys all of the ergonomic aspects studied in the three parks. The results of the interviews with visitors were valid just for Ibitipoca. As results of the questionnaires about safety, 85% of the visitors said have accomplished their activities without difficulties and 90% said not have found any dangerous situation. 95% said that the signalling is efficient and 99% said to be using appropriate clothing for practice of activities in the park. As results of the questionnaires about signalling, 99% said that the messages were clear and readable, and 90% said that the signalling system presents good maintenance state and conservation. 85% said that the signalling assisted their needs during the accomplishment of the activities, but 90% felt signalling lack to help them to interpret some environments. It was possible to conclude that the parks creation time doesn't have any relationship with the signaling existence in the same ones; as not exist a state standard for signaling of the parks, each park administration developed his own standard; the lack of interpretative signaling was the reason that more generated dissatisfaction among the visitors of Ibitipoca; the standardization adopted in the systems of signaling of the three parks assisted to the studied ergonomic requirements; in none of the three parks there is registrations of serious accidents, and type of more frequent accident in Ibitipoca is the sprain in the knees or ankles, caused mainly by use of inadequate shoes.
Palavras-chave: Ergonomia
Unidades de conservação
Segurança
Ergonomics
Conservation unities
Safety
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::MANEJO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de
Programa: Mestrado em Ciência Florestal
Citação: PIMENTEL, Giulio Bruno Rizzo. Ergonomic evaluation of the signaling in three state parks of Minas Gerais. 2007. 79 f. Dissertação (Mestrado em Manejo Florestal; Meio Ambiente e Conservação da Natureza; Silvicultura; Tecnologia e Utilização de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3210
Data do documento: 31-Jul-2007
Aparece nas coleções:Ciência Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,54 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.