Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3277
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos da distribuição sobre o nível de renda da economia: uma análise da composição setorial produtiva do Brasil
Título(s) alternativo(s): Effects of distribution on the level of income of economic: an analysis of production by sector in Brazil
Autor(es): Ribeiro, Glauco Magno
Primeiro Orientador: Toyoshima, Sílvia Harumi
Primeiro coorientador: Silva, Evaldo Henrique da
Segundo coorientador: Souza, Elvanio Costa de
Primeiro avaliador: Teixeira, Evandro Camargos
Segundo avaliador: Carvalho, Luciano Dias de
Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de diversas alternativas de padrão de distribuição de renda sobre o nível de renda na economia. Procurou-se averiguar se a melhor distribuição da renda resulta na elevação do PIB, com base na hipótese de que a redistribuição de renda incrementa aqueles setores mais tradicionais, suposto possuir uma relação capital/produto menor. Assim, dada a mesma taxa de poupança, uma sociedade mais igualitária conseguiria produzir maiores unidades de produto do que uma sociedade mais desigual, criando mais empregos e gerando maior nível de renda. A metodologia utilizada foi a matriz insumo-produto. Os resultados sugerem que maior equidade de renda reduz a poupança pessoal, que em consequência aumenta o consumo privado de bens e serviços. Desta forma, as atividades relacionadas à alimentação, agropecuária, têxtil e transporte se expandem. Tal resultado está de acordo com a teoria estruturalista da Cepal, pois estas atividades possuem baixa relação capital/produto quando comparadas com a média nacional, aumentando, assim, a produtividade do investimento. O resultado é o crescimento da renda e do PIB.
The aim of this study was to evaluate the effects of various alternatives pattern of income distribution on the rate of economic growth. We sought to investigate whether better income distribution results in elevation of GDP, based on the hypothesis that income redistribution increases those more traditional sectors, supposed to have a capital/output ratio lower. Thus, given the same savings rate between an unequal society and another more egalitarian, where the income distribution is more equanimous a larger volume of resources would be free to investments, increasing production, creating new jobs and, thus, higher income could be achieved. The methodology was based on input-output matrix. The results suggest that greater equity income reduces personal savings, which consequently increases the consumption of private goods and services. Consequently, the activities related to food, agriculture, textile and transport expand. This result is consistent with the structuralist theory of ECLAC, due these activities had low capital/output ratio when compared to the national average, thereby increasing the productivity of investment. The result is the growth of income and GDP.
Palavras-chave: Distribuição de renda
Crescimento econômico
Estrutura produtiva
Insumo-produto
Income distribution
Economic growth
Productive structure
Input-product
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::CRESCIMENTO, FLUTUACOES E PLANEJAMENTO ECONOMICO::CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONOMICO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Desenvolvimento econômico e Políticas públicas
Programa: Mestrado em Economia
Citação: RIBEIRO, Glauco Magno. Effects of distribution on the level of income of economic: an analysis of production by sector in Brazil. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento econômico e Políticas públicas) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3277
Data do documento: 28-Set-2012
Aparece nas coleções:Economia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,05 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.