Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3331
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação da qualidade de vida de idosos residentes em uma instituição de longa permanência de Ubá-MG
Título(s) alternativo(s): Assessment of the quality of life of elderly living in a long stay institution for Ubá-MG
Autor(es): Souza, Ingrid da Silva Macêdo de
Primeiro Orientador: Teixeira, Karla Maria Damiano
Primeiro coorientador: Tinôco, Adelson Luiz Araújo
Segundo coorientador: Mafra, Simone Caldas Tavares
Primeiro avaliador: Pereira, Eveline Torres
Segundo avaliador: Doimo, Leonice Aparecida
Abstract: Em virtude do rápido processo de envelhecimento da população mundial e devido à escassez de estudos sobre idosos brasileiros moradores em Instituições de Longa Permanência para Idosos – ILPIs, este estudo teve como objetivo geral avaliar a qualidade de vida (QV) de idosos residentes na ILPIs São Vicente de Paulo da cidade de Ubá, MG. Os objetivos específicos foram: verificar se a ILPIs São Vicente de Paulo cumpria com os critérios estabelecidos na RDC Nº 283, de 26 de setembro de 2005; caracterizar o perfil sociodemográfico dos idosos residentes na instituição; avaliar o declínio cognitivo dos idosos institucionalizados na ILPIs São Vicente de Paulo, analisar a percepção dos idosos institucionalizados com relação à sua QV e identificar os possíveis fatores que interferem na qualidade de vida dos idosos institucionalizados, nos aspectos referentes a capacidade física, bem-estar psicológico, relações sociais e meio ambiente, funcionamento sensório, autonomia, atividades passadas, presentes e futuras, participação social, morte e morrer e intimidade. A amostra foi composta por idosos de ambos os sexos selecionados no Miniexame do Estado Mental – MEEM. Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa e de caráter descritivo-exploratório. A coleta de dados foi operacionalizada em três etapas: a primeira consistiu na caracterização da ILPIs em estudo, em que se fez uso do questionário desenvolvido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA para avaliar as ILPIs quanto aos critérios mínimos de funcionamento. Na segunda etapa, o perfil dos idosos institucionalizados foi traçado, fazendo-se uso de um questionário socioeconômico. A terceira etapa consistiu da avaliação da qualidade de vida dos idosos institucionalizados. Para tanto, utilizaram-se o questionário WHOQOL-Bref (World Health Organization Quality of Life Assessment Instrument) e o módulo WHOQOL-Old (World Health Organization Quality of Life Instrument-Old), específico para adultos idosos. Os dados evidenciaram que a ILPIs em estudo descumpria alguns itens das normas de funcionamento para ILPIs, o que não a caracterizava como inadequada para o atendimento dos idosos, mas, sim, transgressora da lei. Verificou-se também que a ausência de rede social (família, cônjuge, amigos), baixo nível educacional e longo tempo de residência em ILPIs são fatores que podem favorecer o desenvolvimento de doenças que acometem o estado mental do idoso; e que os idosos residentes na ILPIs não apresentavam baixa QV. No entanto, sugere-se que as ações adotadas para melhorar a QV considerem as diferenças no modo de vida, a personalidade, a privacidade, os hábitos, a autonomia e o espaço, bem como identifiquem o que os idosos realmente valorizam.
Due to the rapidly aging world population, and because of the scarcity of studies on Brazilian elderly residents in institutions for Long Term Elderly Care - NHs, this study aimed to evaluate the quality of life (QOL) of elderly residents NHs St. Vincent de Paul City Uba / MG. The specific objectives were: to determine whether NHs St. Vincent de Paul, meets the criteria of RDC No. 283 of September 26, 2005, to characterize the epidemiological profile of elderly residents in the institution, evaluate the cognitive decline of institutionalized elderly in NHs St. Vincent de Paul, analyze the perception of institutionalized elderly in relation to their QOL and to identify possible factors that affect the quality of life of institutionalized elderly people in aspects related to physical capacity, psychological well-being, social relationships and environment, functioning sensory, autonomy, activities past, present and future, social participation, death and dying and intimacy. The sample consisted of elderly men and women selected on the Mini Mental State Examination - MMSE. This is a study of quantitative approach and a descriptive and exploratory. Data collection was implemented in three stages: the first step was to characterize the NHs in the study, in which, it was made use of the questionnaire developed by the National Agency for Sanitary Vigilance - ANVISA to assess the NHs, the minimum criteria for operation. In the second step the profile of the institutionalized elderly has been mapped, by making use of a socioeconomic questionnaire. The third phase consisted of evaluating the quality of life of institutionalized elderly. For this, we used the WHOQOL-Bref (World Health Organization Quality of Life Assessment Instrument) and the WHOQOL-Old module (World Health Organization Quality of Life Instrument-Old), specific for older adults. The data show that the study NHs on some items not comply with the standards of operation for NHs, which characterizes not inappropriate for the treatment of the elderly but, transgression of the law. It was also noted that the lack of social network (family, spouse, friends), low educational level and long residence time in NHs are factors that can promote the development of diseases that affect the mental state of the elderly. And that elderly residents in NHs showed no low QoL. However, it is suggested that the actions taken to improve QOL, consider the differences in lifestyle, personality, privacy, habits, autonomy, space and identify what older people really value.
Palavras-chave: Idosos
Institucionalização
Qualidade de vida
Elderly
Institutionalization
Quality of life
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: SOUZA, Ingrid da Silva Macêdo de. Assessment of the quality of life of elderly living in a long stay institution for Ubá-MG. 2010. 147 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3331
Data do documento: 11-Mar-2010
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf3,16 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.