Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3333
Tipo: Dissertação
Título: Desconstruindo o discurso sobre a velhice: revelando o idoso como cuidador
Título(s) alternativo(s): Deconstructing the discourse on aging: showing the elderly as caregivers
Autor(es): Gomes, Ivani Soleira
Primeiro Orientador: Pinto, Neide Maria de Almeida
Primeiro coorientador: Fiúza, Ana Louise de Carvalho
Segundo coorientador: Barreto, Maria de Lourdes Mattos
Primeiro avaliador: Pereira, Eveline Torres
Segundo avaliador: Bartolomeu, Tereza Angélica
Abstract: O envelhecimento populacional tem-se apresentado como fenômeno mundial, registrando-se maior crescimento do número de idosos em comparação com as demais faixas etárias. No Brasil e nos demais países em desenvolvimento, esse fenômeno vem acontecendo de forma mais acelerada que nos países desenvolvidos. Observa-se, no entanto, que o aumento quantitativo de idosos vem ocorrendo no mesmo momento em que a família também experimenta transformações estruturais. O aumento da população idosa coloca novos desafios para a instituição família, uma vez que é vista como fonte de apoio informal, seja pela corresidência, seja pela cessão de bens e recursos financeiros. No entanto, verifica-se que alterações econômicas, sociais e culturais na família têm colocado o idoso como possibilidade de apoio aos descendentes, de forma temporária ou perene. Diante disso, procurou-se responder às seguintes questões: (1) Qual papel os idosos cumprem, atualmente, em relação à reprodução social das famílias? (2) Qual papel a família atribui-se a si, em relação aos seus idosos? (3) Como o envelhecimento interfere na dinâmica e organização do grupo? (4) Qual a percepção do grupo familiar sobre a institucionalização? Desse modo, este estudo teve como principal objetivo analisar o papel do idoso no grupo familiar e como o envelhecimento interfere na dinâmica e organização dos grupos familiares que têm em sua composição um idoso. Buscou-se, ainda, analisar a percepção que o idoso tem da institucionalização. Trata-se de estudo qualitativo de natureza descritiva, de corte transversal. Utilizaram-se como instrumentos de coleta de dados a análise documental, questionário e entrevista semiestruturada. A pesquisa foi realizada com 36 familias com presença de idosos, residentes no Bairro Santo Antônio, da cidade de Viçosa, MG. Os dados obtidos a partir do questionário foram analisados estatisticamente, utilizando-se o programa Microsoft Office Excel 2007, enquanto nas entrevistas foi empregada a análise das falas. Verificou-se que os idosos estudados são, em sua maioria, do sexo feminino, com médias de idade que os caracterizaram como idosos jovens , proprietários de suas moradias, portadores de doenças crônicas, com baixa escolaridade e com renda per capita que os colocaram acima da situação de pobreza. Verificou-se, ainda, que a renda do idoso constituía item importante na composição do orçamento doméstico familiar e essa renda é oriunda da previdência ou assistência social, via aposentadoria, pensão ou beneficio social. O envelhecimento foi percebido a partir de três temas específicos: mudanças fisiológicas e psicológicas, aspectos sociais e idade cronológica. Constatou-se a existência de uma rede de apoio informal dos idosos para o grupo familiar, evidenciada na corresidência, cuidado com as crianças, ajuda nas atividades da vida diária e nas atividades instrumentais externas. Nas famílias pesquisadas, o idoso era o principal provedor e a figura de autoridade no seu grupo familiar. As mudanças admitidas na dinâmica e organização familiar, em função do envelhecimento, referem-se ao trabalho e à disponibilidade e utilização do tempo livre. Foi verificado que os idosos rejeitam a ideia de serem institucionalizados, havendo expectativa de que eles venham a ser cuidados pelos familiares. Finalmente, constatou-se que, entre as famílias estudadas, não foi possível estabelecer associação clara entre dependência e envelhecimento. Ao contrário disso, o idoso cumpre papel importante na reprodução social do grupo familiar.
Aging population is a world phenomenon, in which there is an increasing number of elderly in comparison to the other age groups. In Brazil and in other developing countries, this phenomenon has been occurring faster than in the developed countries. However, it can be seen that the quantitative increase of elderly takes place at the same moment when family also undergoes structural changes. The increase on elderly population challenges the family institution inasmuch as it is seen as an informal support source because of coresidence or by cession of goods and financial resources. However, it is observed that economic, social and cultural changes have placed the elderly as a possibility of support to their descendants in a temporary or perennial manner. Thus, it was aimed to answer the following questions: (1) What role does the elderly play in relation to the family social reproduction? (2) Which role does the family expect to play in relation to its elderly? (3) How does aging interfere in the dynamics and organization of the group? (4) How does the family perceive institutionalization? Therefore, the first objective of this work was to analyze the role of the elderly in the family group and how aging interferes in the dynamics and organization of family groups which have in its composition an old person. It was also aimed to analyze how the elderly perceives institutionalization. This work is a cross-sectional descriptive nature qualitative study. Data collection was done by document analysis, questionnaire and half- structuralized interviews. The research was done with 36 families with the presence of the elderly, living in Santo Antônio neighborhood, Viçosa, MG. Data obtained from the questionnaire were statistically analyzed by using the program Microsoft Office Excel 2007,whereas for the interviews it was used speech analysis. It was noted that most of the elderly studied are women at ages which characterize them as young elderly , owners of their houses, patients with chronic diseases, low educated and with per capita income that places them above poverty. It was also noted that the elderly was an important item on the composition of the family household budget and this income comes from social security and welfare through retirement, pension or social benefit. Aging is perceived from three specific themes: physiological and psychological changes, social aspects and chronological age. It was found the existence of an informal support net from the elderly to the family group, evidenced in the coresidence, children care, help on the daily life activities and instrumental outdoor activities. In the studied families, the elderly was the main provider and an authority figure in its family group. The changes accepted in the dynamics and family organization in function of aging refer to work and availability and use of the free time. It was noted that the elderly reject the idea of being institutionalized and there is the expectative of being cared by the family. Finally, it was found that among the families studied, it was not possible to establish a clear association between dependence and aging. On the contrary, the elderly plays an important role in family group social reproduction.
Palavras-chave: Família
Envelhecimento
Cuidados
Family
Aging
Care
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: GOMES, Ivani Soleira. Deconstructing the discourse on aging: showing the elderly as caregivers. 2010. 111 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3333
Data do documento: 13-Jul-2010
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf675,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.