Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3334
Tipo: Dissertação
Título: Idosos sim, velhos não: análise a partir da participação em um programa de responsabilidade social empresarial
Título(s) alternativo(s): Elderly, yes, old never: analysis based on the participation in a program of corporate social responsibility
Autor(es): Pompermayer, Mariana Morais
Primeiro Orientador: Teixeira, Karla Maria Damiano
Primeiro coorientador: Mafra, Simone Caldas Tavares
Segundo coorientador: Lima, Afonso Augusto Teixeira de Freitas de Carvalho
Primeiro avaliador: Ferreira, Marco Aurélio Marques
Segundo avaliador: Silva, Neuza Maria da
Terceiro avaliador: Andrade, Viviane Delfino Albuquerque
Abstract: O envelhecimento da população, assim como a sua expectativa de vida, é fato consumado em estudos. Há de se ressaltar, porém, que países em desenvolvimento, como o Brasil, não se adequaram em termos de políticas públicas e de ações sociais para atender a demandas específicas da população idosa. Com isso, cada vez mais, setores privados vêm desenvolvendo alternativa para implantar e, ou, implementar ações voltadas para o atendimento de necessidades de parcelas excluídas da sociedade, seja ela idosa ou não. Empresas, por meio do desenvolvimento de programas de Responsabilidade Social Empresarial (RSE), podem suprir demandas e necessidades que o Estado não consegue ou não o faz de maneira satisfatória. Coloca-se, assim, que os idosos se sentem mais incluídos socialmente a partir do momento que têm acesso a programas que atendam às suas diferentes necessidades, proporcionando-lhes uma maior satisfação com o bem-estar e com o processo de envelhecimento. Dessa forma, este estudo buscou analisar programas/projetos de RSE direcionados ao idoso em uma organização, e suas implicações para o processo de envelhecimento, de acordo com a percepção do idoso e de atores estratégicos empresariais. A pesquisa, ancorada na abordagem quantiqualitativa de natureza exploratório-descritiva, foi desenvolvida na Companhia Industrial Cataguases (CIC) e no Instituto Francisca de Souza Peixoto (Instituto Chica), sendo a amostra composta por quatro atores estratégicos: 1 da CIC e três do Instituto Chica, juntamente com 33 idosos participantes das atividades oferecidas naquele Instituto. A seleção dos atores estratégicos e dos idosos ocorreu de forma intencional e não aleatória, definida a partir da disponibilidade que teriam para participar da pesquisa durante o período de coleta de dados, que aconteceu em três etapas: (1) fase exploratória do estudo; (2) cadastro da população idosa e realização das entrevistas com os atores estratégicos; e (3) realização das entrevistas com os idosos cadastrados. Os dados quantitativos foram analisados utilizando-se o Statistical Package for Social Science (SPSS) Versão 15.0, para análise univariada, e os dados qualitativos foram transcritos, categorizados, comparados e, por fim, tratados com base em análise das falas. Optou-se por apresentar os resultados em quatro artigos distintos, em que foi demonstrado que os programas de responsabilidade social desenvolvidos por instituições privadas podem suprir a pouca eficiência do Estado em prover políticas públicas úteis para um envelhecimento saudável. Foi possível entender que a visão de atores estratégicos é de grande valia para que as empresas continuem investindo, ou comecem a investir, em programas específicos para a terceira idade. Ainda, o envolvimento da terceira idade em atividades sociais foi tido como minimizador dos efeitos do processo de envelhecimento e contribuinte para a inclusão social dessa população. Em relação aos idosos, estes perceberam o envelhecimento como processo natural, com aspectos positivos e negativos, dizendo não se sentirem velhos por não vivenciarem o comprometimento físico e mental próprio da idade. Assim, a percepção de serem idosos, desatrelada da ideia de serem velhos, proporcionou satisfação com a qualidade de vida e a perspectiva de melhor bem-estar no futuro. Concluiu-se que os idosos pesquisados do Instituto Chica, além de apontarem para uma velhice mais ativa, feliz, de autonomia e independência, eram idosos com mais consciência de suas possibilidades enquanto atores de seus processos de envelhecimento. Ou seja, além de entenderem a velhice como processo natural, consideravam as atividades praticadas como fundamentais para possuírem motivação, ocupação e aprendizado constantes. Nesse contexto, formavam a ideia de que envelheciam com mais satisfação e bem-estar pessoal, familiar e social.
Population aging, as well as life expectancy, is a reality in studies.However, one must emphasize that developing countries, such as Brazil, have not accomplished a desired situation regarding public politics and social actions that should attend the specific demands for the elderly population. Thus, more and more private sectors have been developing alternatives to implant and/or implement actions that focus on the population necessities that is excluded from the society, whether it is the elderly or not. Enterprises, through the development of Corporate Social Responsibility programs (CSR), may supply demands and necessities that the government is not able to or does not do it in a satisfactory manner. Thus, one expects that the elderly feel more socially included as soon as they have Access to programs that meet their different necessities, allowing a bigger satisfaction with the welfare and the aging process. The present study had as an objective to analyze programs/projects of CSR focusing the elderly in na organization, and their influences in the aging process according to the elderly and the corporation leaders point of view. The research, based on the quanti-qualitative approach of exploratorydescriptive nature, was done in the Companhia Industrial Cataguases (CIC) and in the Instituto Francisca de Souza Peixoto (Instituto Chica), having as sample 4 strategic leaders - 1 from CIC and 3 from the Instituto Chica, together with 33 elderly participants of the activities offered in the latter. The selection of the strategic leaders as well as the elderly occurred in an intentional way, that is, according to their availability to participate of the survey during the data collection. The data collection took place in three stages: (1) study exploratory phase; (2) register of the elderly population and the interviews with the strategic leaders and, (3) the interviews with the elderly. The quantitative data were analyzed using the Statistical Package for Social Science (SPSS) Version 15.0, for a uni-varied analysis and the qualitative data were transcribed, categorized, compared and treated based on the speech analysis. The results were presented in the format of 4 distinct articles and where it was concluded that the programs of social responsibility programs were developed by private institutions may supply the little efficiency of the government to provide useful public policies for a healthy aging. It was possible to understand that the strategic leaders point of view was very useful to encourage the enterprises to continue investing or start investing in specific programs for the elderly. Besides all that, the participation of the elderly in social activities has been seen as a minimizing factor in the aging process and it also contributes for the social inclusion. Regarding the elderly, they realized that aging is a natural process with positive as well as negative aspects, saying that they did not feel old just because they did not experience the physical and mental performance of their own age. Thus the perception of being elderly, disassociated from the idea of being old, provided them with satisfaction with the quality of life and the perspective of better welfare in the future. Ultimately, we have come to the conclusion that the elderly surveyed in the Instituto Chica, besides looking forward to a more active old age, one that is happy, with autonomy and independency, are elderly who are more aware of their possibilities as leaders of their own aging processes. In other words, not only do they understand aging as a natural process but they consider the practiced activities fundamental to have motivation, occupation and constant learning. In this context, they create the idea that they age with more satisfaction and personal, family and social welfare.
Palavras-chave: Envelhecimento
Terceira idade
Responsabilidade social empresarial
Aging
Seniors
Corporate social responsibility
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: POMPERMAYER, Mariana Morais. Elderly, yes, old never: analysis based on the participation in a program of corporate social responsibility. 2010. 177 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3334
Data do documento: 18-Jun-2010
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf5,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.