Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3335
Tipo: Dissertação
Título: Capital humano, oportunidades de trabalho e incentivos públicos: motivações e decisões da família quanto ao investimento em ensino superior
Título(s) alternativo(s): Human capital, job opportunities and public incentives: family motivations and decisions regarding investment in higher education
Autor(es): Rodrigues, Joelma Castro
Primeiro Orientador: Bartolomeu, Tereza Angélica
Primeiro coorientador: Teixeira, Karla Maria Damiano
Segundo coorientador: Noronha, José Ferreira de
Primeiro avaliador: Silva, Neuza Maria da
Segundo avaliador: Deus, Maria Alba Pereira de
Abstract: A pesquisa apresentada nessa dissertação, constituiu-se de um estudo que tem como embasamento teórico a teoria do Capital Humano, segundo a qual, quanto mais alta a escolaridade de um indivíduo, mais altos são os seus rendimentos salariais. Porém, no Brasil, onde significativa parte da população é classificada como pobre, há menos ativos públicos destinados ao investimento em Capital Humano, fazendo com que as economias das famílias tornem-se a maior fonte de investimento em Educação, principalmente quando se analisa a questão do ensino superior. Assim, buscou-se analisar a questão do investimento na educação superior, considerando a atual situação da educação de jovens no Brasil, partindo-se de dados que apontaram para, quanto mais atraentes as alternativas de trabalho para os indivíduos em idade de estudar, menos atrativos são os estudos e menor é o investimento em educação. A pesquisa foi realizada no município de Córrego Fundo-MG, que tem sua economia baseada em atividades de extração e beneficiamento do minério cal. O processo decisório das famílias do referido município foi analisado no que concerne ao investimento em capital humano, considerando as políticas públicas locais de incentivo ao investimento em ensino superior. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório-descritivo, quanti-qualitativo, de cunho longitudinal, que partiu da análise de documentos fornecidos pela Secretaria Municipal de Educação de Córrego Fundo e pela Secretaria Acadêmica do Centro Universitário de Formiga UNIFOR/MG, relativos aos anos de 1995 a 2009. Além da análise documental, foram aplicados questionários, tendo sido os mesmos aplicados a jovens que se matricularam e a jovens que não se matricularam na educação superior no período de tempo delimitado para o estudo. Com este instrumento buscou-se analisar o contexto sócio-cultural e econômico em que estavam inseridos os participantes, bem como a situação acadêmica daqueles que se matricularam no ensino superior. A amostra foi selecionada com base no número de novas matrículas a cada ano, para os jovens que cursaram ensino superior. Para os jovens não matriculados, a amostra foi calculada em número compatível com o de matrículas, visto que foi feita uma análise comparativa. Buscou-se analisar o processo decisório das famílias do município, em dois períodos distintos: antes e depois da existência do incentivo financeiro oferecido pela prefeitura municipal para os matriculados no ensino superior. Os resultados apontaram a existência de dois tipos de auxílio em forma de bolsas de estudo subsidiados, um pelo município Lei Municipal 479/2010 e outro pela instituição de ensino o projeto Amigos do Bairro. Constatou-se que, a partir da oferta dos benefícios, houve um aumento de 700% no número de jovens de Córrego Fundo matriculados no ensino superior. Contatou-se, ainda, que a maioria dos jovens que se matricularam no ensino superior não teriam condições de fazê-lo sem a existência dos auxílios, devido a restrições de renda na família. Verificou-se também que mais de 80% dos jovens participantes da pesquisa conciliaram trabalho e estudo durante o ensino superior, afirmando que o trabalho era necessário, não havendo condições de dedicação exclusiva aos estudos. Constatou-se ainda que entre os jovens que cursaram ensino superior havia mais pessoas empregadas e com situação empregatícia legalizada. Constatou-se que as atividades que caracterizam o município, quais sejam estas de extração e beneficiamento da cal, absorvem em maior proporção, os jovens que não cursaram ensino superior e que, entre estes jovens, a maioria não prosseguiu nos estudos por falta de condições financeiras.Constatou-se, por fim, que os jovens participantes da pesquisa, em sua maioria, consideravam o ensino superior como uma possibilidade de ascender cultural e socialmente e, mesmo entre os jovens que não se matricularam no ensino superior, a maioria valorizava os estudos e consideravam que maiores níveis de escolaridade poderiam ter lhes proporcionado melhor qualidade de vida.
The research presented in this dissertation consisted of a study with theoretical basis in the human capital theory, whereby the higher the educational level of an individual, the higher will be his or her salary. However, in Brazil, where a significant part of the population is classified as poor, there are less public assets for investment in human capital, making the savings of households to become the largest source of investment in education, especially when related to higher education. Thus, we tried to analyze the issue of investment in higher education, considering the current situation of Brazilian youth, considering that the more attractive the working alternatives for individuals in studying age, the less attractive will be the studies and less investment they will make in education. The survey was conducted in Córrego Fundo-MG, which has its economy based on activities of mining and processing of lime (limestone), where it was analyzed the decision making process of families in the city, regarding the investment in human capital, considering the local public policies to encourage investment in higher education. This is an exploratory-descriptive research, quantitative and qualitative, with longitudinal approach, which started from the analysis of documents provided by the Municipal Education department and by the Academic Center of Formiga - UNIFOR-MG, related to the years from 1995 to 2009. Besides the document analysis, questionnaires were applied, to young people who had enrolled and not enrolled in higher education within the time limited for the study. The questionnaires aimed to examine the socio-cultural and economic context where the participants were inserted, and the academic situation of those who enrolled in higher education. The sample was selected based on the number of new enrollments in each year for young people who entered higher education. For the young people who did not enter high school, the sample was calculated to be compatible with the number of enrollments, since it was made a comparative analysis. We attempted to analyze the decision making process of households in the city, considering two distinct periods: before and after the existence of the benefit from the city government. The results indicate the existence of two types of benefits: one subsidized by the city - Municipal Law 479/2010 - and another by the educational institution the Amigos do Bairro project. It was found that from the offer of benefits, there was a 700% increase in the number of youths from Córrego Fundo enrolled in higher education. It was also found, from the answers to the questionnaires, that the majority of young people who enrolled in higher education would not be able to do it without the existence of the benefits, due to restrictions on family incomes. It was found that more than 80% of the research participants had to work and study at the same time, and these people declared that the work was a necessity, and there were no conditions of specific dedication to study. It was still observed that, among young people who attended college, there were more people employed and with employment status legalized. It was found that the activities that characterize the city, which are extraction and processing of lime, absorb a greater proportion of young people who have not entered higher education, and among these ones, most of them did not continue the studies due to lack of financial resources. It was noted, finally, that the young participants, mostly considered higher education as an opportunity to ascend cultural and socially, even among those ones who did not enroll in higher education, most of them valorized the studies and considered that higher levels of education could have allowed them a better quality of life.
Palavras-chave: Capital humano
Família
Incentivos públicos
Human capital
Family
Public incentives
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: RODRIGUES, Joelma Castro. Human capital, job opportunities and public incentives: family motivations and decisions regarding investment in higher education. 2011. 144 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3335
Data do documento: 8-Abr-2011
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf683,69 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.