Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3336
Tipo: Dissertação
Título: Migração e qualidade de vida: características e fatores determinantes dos processos de evasão dos servidores do IFMG Campus Bambuí/MG
Título(s) alternativo(s): Migration and life quality: characteristics and factors which determine evasion processes amongst federal servers from IFMG Campus Bambuí/MG
Autor(es): Francisco, Arnaldo
Primeiro Orientador: Mafra, Simone Caldas Tavares
Primeiro coorientador: Loreto, Maria das Dores Saraiva de
Segundo coorientador: Teixeira, Karla Maria Damiano
Primeiro avaliador: Silva, Douglas Mansur da
Segundo avaliador: Silva, Neuza Maria da
Abstract: A pesquisa em questão está centrada em uma análise sobre as características e fatores determinantes do processo migratório de docentes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), Campus Bambuí, presumindo existir uma associação entre bem-estar, qualidade de vida e a trajetória migratória, pressupondo-se que a constante emigração destes servidores esteja associada com as diferentes dimensões da qualidade de vida, na realidade vivenciada e prospectiva. Sob esse contexto, a questão colocada em discussão foi a da associação ou não da emigração com o desenvolvimento do município ou com as condições da Instituição de Ensino à qual estavam vinculados os servidores. Nessa perspectiva, a relevância e o peso que estas famílias atribuíssem às diferentes dimensões da qualidade de vida (social, emocional, física, mental ou intelectual, espiritual e econômica) poderiam tornar-se determinantes no processo decisório sobre migrar ou permanecer no local. Portanto, este trabalho teve como objetivos analisar as características e interfaces entre migração e qualidade de vida, na realidade dos ex-servidores docentes do IFMG Campus Bambuí; caracterizar sociodemograficamente os emigrantes, identificando os principais fatores de expulsão que motivaram as emigrações e verificar a qualidade de vida destes, antes e depois do processo. A unidade empírica de análise está associada ao atual Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) - Campus Bambuí. A população de estudo foi composta por todos os casos de emigração verificados com as famílias dos servidores, no período compreendido entre 1999 e 2009. A pesquisa, de abordagem quali-quantitativa e de caráter descritivo-exploratório, contou com a participação de 24 famílias emigrantes que responderam um questionário semiestruturado, além de discussão sobre as temáticas: emigração, qualidade de vida e redes sociais. Os dados coletados foram analisados fazendo-se uso da estatística descritiva, sendo as questões abertas avaliadas e organizadas por categorização. Os resultados demonstraram que as principais motivações para a emigração dos ex-sevidores do IFMG - Campus Bambuí foram questões relacionadas à família e aos interesses familiares, assim como necessidade de melhor infraestrutura e oportunidades de trabalho e estudos para ascensão na carreira. Do ponto de vista da influência do processo migratório na qualidade de vida, a pesquisa revelou que os servidores perceberam melhoria nas cidades de destino quando comparadas ao município de Bambuí. Com base nos fatos analisados, não é difícil concluir que, sendo a família apontada em diversos momentos da pesquisa como motivadora da emigração, talvez o termo mais adequado a se utilizar seria o retorno, ao invés da emigração, na medida em que os servidores sentiram uma necessidade de retornar para junto do seu grupo familiar. De uma forma geral, pôde-se concluir que o emigrar/retornar trouxe melhoria na qualidade de vida da maioria dos pesquisados. Concluiu-se, também, que, dentre as principais motivações para o processo de evasão dos servidores do IFMG - Campus Bambuí, destacaram-se a família e a busca por melhores condições de vida e de trabalho, devido à infra-estrutura de Bambuí ser ainda limitada nestes aspectos.
The research focuses on an analysis of the characteristics and determinants of migration of teachers from the Federal Institute of Education, Science and Technology from Minas Gerais (IFMG), Campus Bambuí, assuming there is an association between life quality and migration trajectory, ie, it assumed that the constant migration of these servers would be associated with the different dimensions of life quality experienced and prospective. In this context the question discussed was the association or not of migration with the development of the city or with the conditions of the educational institution the servers were attached to. From this perspective, the relevance and weight that these families attribute to various aspects of life quality (social, emotional, physical, mental or intellectual, spiritual and economic) could become factors in deciding on migrating or permanence. Therefore, this study aimed to analyze the characteristics and interfaces between migration and life quality, the reality of the former servers, featuring sociodemographic migrants, identifying the main factors that motivated their leave and check life quality before and after the process. The unit of empirical analysis is related to current Federal Institute of Education, Science and Technology from Minas Gerais (IFMG) Bambuí Campus. The study population included all cases of emigration of servers from the period between 1999 and 2009. The research used a qualitative and quantitative approach and a descriptive and exploratory method, with the participation of 24 migrant families who responded to a semi-structured questionnaire, sent to the email address of the study population. Issues such as migration, life quality and social networks were addressed. When completed, the collected data was analyzed using descriptive statistics. The open questions were explored through a selection of responses and subsequent categorization. The results show that the main reasons for emigration of IFMG servers database were related to family and family interests, as well as the need for better infrastructure, job opportunities, educational opportunities and career enhancement. From the standpoint of the effect of migration on life quality the research revealed that most servers have noticed improvement in life quality of the other cities when compared to Bambuí. Based on the facts analyzed it is not difficult to conclude that, being the family the main force for the migration, perhaps the most adequate term to be used is return instead of migration, hence the servers were compelled to join their families. It was possible to conclude that among the main motivations for the evasion process of the servers from IFMG Bambuí, the ones with most weight were family and better life conditions enhanced by Bambuí s infra-structure limitations.
Palavras-chave: Emigração
Qualidade de vida
Servidores públicos federais
Migration
Life quality
Federal servers
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: FRANCISCO, Arnaldo. Migration and life quality: characteristics and factors which determine evasion processes amongst federal servers from IFMG Campus Bambuí/MG. 2011. 102 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3336
Data do documento: 28-Mar-2011
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf715,68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.