Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3347
Tipo: Dissertação
Título: Redes sociais e administração dos domínios da vida: um estudo de caso com detentoras da guarda dos filhos
Título(s) alternativo(s): Social nets and management of life domains: a case study with children custody holders
Autor(es): Rosado, Ana Paula Nery
Primeiro Orientador: Teixeira, Karla Maria Damiano
Primeiro coorientador: Loreto, Maria das Dores Saraiva de
Segundo coorientador: Andrade, Viviane Delfino Albuquerque
Primeiro avaliador: Silva, Neuza Maria da
Segundo avaliador: Cirino, Jader Fernandes
Abstract: Focalizar a família como objeto de análise implica reconhecer que ela não é um sistema fechado, mas sim uma unidade com relações intra e interfamiliares, que são importantes para sua manutenção e continuidade. Dessa maneira, é de fundamental importância enfatizar as redes sociais de apoio à família, principalmente quando se enfoca a família monoparental, que não tem mais um dos cônjuges para a divisão das tarefas domésticas, para os cuidados e responsabilidades com os filhos e, muitas vezes, conta com recursos financeiros limitados para o sustento familiar e reorganização do seu cotidiano. Diante desse contexto, o problema da pesquisa consistiu em estudar o impacto da separação ou divórcio na administração dos diferentes domínios da vida, bem como analisar as redes sociais dos detentores da guarda dos filhos residentes em Viçosa/MG em face da nova realidade do grupo familiar. Os domínios da vida analisados foram: trabalho remunerado, renda familiar, educação pessoal, trabalho doméstico, educação dos filhos, cuidado com os filhos, saúde, lazer e vida espiritual. Nesse sentido, objetivou-se investigar as alterações na administração dos domínios da vida pelos detentores da guarda dos filhos em face da dissolução da sociedade conjugal, assim como o processo de construção e, ou, consolidação das redes sociais. O estudo, de natureza exploratório-descritiva, teve como população homens e mulheres residentes no município de Viçosa/Minas Gerais, detentores da guarda unilateral dos filhos, que passaram pelo processo de separação ou divórcio, iniciado no período de 2006 a 2008 e finalizado no ano de 2008. A amostra foi intencional, visto que sua seleção foi baseada na natureza das metas de pesquisa, foi obtida aleatoriamente por meio do contato direto com os sujeitos e contou 18 detentoras da guarda dos filhos. Para os dados quantitativos obtidos por meio da entrevista, foi utilizada a análise univariada e, no que se refere ao tratamento qualitativo das informações, foi feita a análise de conteúdo. A separação ou divórcio foi um fator motivador da construção ou consolidação da maioria das redes sociais. O enfraquecimento das redes se deu, principalmente, para o domínio renda familiar. As redes foram constituídas, em sua maioria, por membros da família, como o ex-cônjuge, filhos, pais, irmãos, avós, primos, tias, sogra, entre outros, tendo expressiva representatividade da mãe e do ex-cônjuge. As redes formais possuem papel relevante quando as redes informais não estão disponíveis e, ou, quando a renda familiar o permite. O apoio recebido pelas redes sociais foi caracterizado pelo cuidado e educação dos filhos, apoio na execução das tarefas domésticas, provisão de recursos, companhia e diálogo, além de conselhos. Na administração dos diferentes domínios da vida da nova família, destacaram-se a reestruturação do tempo, o estabelecimento de novas demandas e prioridades e o amadurecimento do indivíduo, além do papel imprescindível das redes sociais em cada uma das esferas da vida. Dessa maneira, toda e qualquer mudança na estrutura da família produz um remanejamento de funções, modificação nos papéis desempenhados e adaptação ao novo cotidiano familiar e, com isso, novos modos de se relacionar e de administrar a vida.
To focus a family as an analysis object implies in recognizing it not as a closed system, but a unit with intra and interfamily relationships which are important for its maintenance and continuity. Thus, it is of fundamental importance to emphasize the social nets of family support mainly when it is focused at a single parent family, which do not longer have one of the spouse to share household chores, to take care and have responsibilities with the children and many times to count on limited financial resources for the family support and reorganization of its routine. By this context, the problem of this work was to study the impact of separation or divorce on administration of many life domains as well as to analyze social nets of child custody holder living in Viçosa-MG by the new reality of the family group. The analyzed life domains were: remunerated job, family income, personal education, household chores, education of the children, children care, leisure and spiritual life. Thus, the objective of this work was to investigate changes in the management of life domains by children custody holders by dissolution of married society, as well as the process of construction or consolidation of the social nets. This study, which had an exploratory-descriptive nature, had as its population men and women living in Viçosa-MG, holders of children unilateral custody who had been through divorce or separation, started in the period from 2006 to 2008 and finished in 2008. The sample was intentional inasmuch as the selection was based on the objective of the study, which was obtained at random through direct contact with the subjects and counted 18 children s custody holders. For quantitative data obtained through interview, univariate analysis was used and concerning to qualitative treatment of information, content analysis was held. Separation or divorce was the motivating factor of construction or consolidation of most social nets. Weakness of the nets was due mainly to family income domain. Most nets were constituted of member of the family, as for example former spouse, children, parents, siblings, grandmothers, cousins, aunts, mothers-in-law, amongst others, with an expressive representativity of the mother and the former spouse. The formal nets have a relevant role when informal nets are not available or when the family income allows it. Support given by social nets was characterized by the care and education of the children, support on performance of household chores, provision of resources, companionship and dialogues, in addition to advice. Concerned to the management of the different life domains of the new family, it stood out time restructuration, setting up new demands and priorities and maturing of the individual, in addition to the necessary role of the social nets in each life sphere. Thus, all and any change in the family structure produces a new re-management of the functions, modification in the roles performed and adaptation of a new family routine consequently, new manners of relating to and administrating life.
Palavras-chave: Redes sociais
Domínios da vida
Família
Separação/Divórcio
Social networks
Life domains
Family
Separation/Divorce
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: ROSADO, Ana Paula Nery. Social nets and management of life domains: a case study with children custody holders. 2011. 157 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3347
Data do documento: 18-Ago-2011
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf932,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.