Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/337
Tipo: Tese
Título: Expressão das NTPDases 1 e 2 de Leishmania infantum chagasi em sistema bacteriano e de célula de mamífero e estudo de suas influências na infecção de células raw 264.7 e na expressão de purino receptores P2
Título(s) alternativo(s): Expression of NTPDase 1 and 2 from Leishmania infantum chagasi in bacterial system and mammalian cells. Studies of its influences in infection Raw 264.7 cells and P2 purine receptors expression
Autor(es): Bastos, Matheus Silva e
Primeiro Orientador: Fietto, Juliana Lopes Rangel
Primeiro coorientador: Lamêgo, Márcia Rogéria de Almeida
Segundo coorientador: Bressan, Gustavo Costa
Primeiro avaliador: Fernandes, José Roberto Meyer
Segundo avaliador: Afonso, Luis Carlos Crocco
Terceiro avaliador: Guimarães, Valéria Monteze
Quarto avaliador: Costa, Maximiller Dal-bianco Lamas
Abstract: A Leishmaniose Visceral (LV) é um grave problema de saúde pública em vários países do mundo incluindo o Brasil. Atualmente tem se observado um número crescente de casos no homem e no cão, sendo este último considerado principal reservatório doméstico, responsável pela manutenção da doença em periferias de grandes cidades. O foco central deste trabalho é o estudo das Ecto-Nucleosídeo Trifosfato Difosfo Hidrolase 1 e 2 de Leishmania infantum chagasi (LicNTPDase-1 e 2), agente etiológico principal da LV no Brasil. As LicNTPDases 1 e 2 fazem parte da família das E-NTPDases, que são enzimas implicadas como fatores de virulência de alguns parasitos. Evidências indicam que as E-NTPDases participam da via de salvação de purinas e da modulação da resposta imune do hospedeiro dependente de nucleotídeos extracelulares. Essas enzimas têm sido apontadas como importantes alvos para o desenvolvimento de novas drogas e vacinas para as leishmanioses, tanto humana quanto canina. Neste trabalho foram feitas análises comparativas da expressão destas enzimas em sistema bacteriano (pET21 b) e em células de mamífero (COS-7). Foram avaliados diferentes protocolos de renaturação, bem como feita a comparação entre a atividade das enzimas em diferentes substratos. Além disto, foi avaliado se as enzimas recombinantes podem participar do mecanismo de adesão dos parasitos em macrófagos e se estas e se estas são capazes de modular a expressão de purino receptores P2. Os resultados demonstram que alterando o protocolo de renaturação das enzimas expressas em bactéria, é possível aumentar a atividade da LicNTPDase-2, mas o mesmo efeito não foi observado para LicNTPDase-1. Já quando é feita a expressão em COS-7 é possível observar um aumento significativo da atividade da LicNTPDase-1. Por outro lado foi possível verificar o mesmo padrão de atividade entre a LicNTPDase-2 expressa em bactéria e expressa em COS-7 o que indica que a renaturação usada na LicNTPDase-2 expressa em E. coli é suficiente para atingir o estado nativo similar a que foi observada para a enzima expressa em célula de mamífero. ixEnsaios de adesão na presença em ausência das enzimas recombinantes levaram a uma diminuição da infecção em macrófagos da linhagem RAW 264.7. Assim, foi possível confirmar a participação das LicNTPDases na adesão dos parasitos em macrófagos. Adicionalmente foi avaliado a expressão de mRNA de purino receptores P2 nos macrófagos RAW 264.7 na presença ou ausência das enzimas recombinantes. Foi possível verificar também a relação entre a presença destas enzimas e a modulação da expressão de alguns purino receptores P2, onde verificamos um aumento na expressão de P2X3, P2X5, P2Y2 e uma diminuição na expressão de P2Y13 para macrófagos incubados com LicNTPDase-1 e uma diminuição na expressão de P2X6 e P2X7 para macrófagos incubados com LicNPDase 2, quando os macrófagos foram infectados com Leishmania infantum chagasi, foi visto aumento na expressão dos receptores P2X2, P2Y12 e P2Y13, não foi possível verificar alterações para o restante dos receptores.
The Visceral Leishmaniasis (VL) represents an important global health problem in many countries including Brazil and it has seen a growing number of cases in humans and dogs. The dogs are being considered the main domestic reservoir responsible for maintaining the disease in the outskirts of large cities. The aim of this work is the study of NTPDase-1 and 2 from L. infantum chagasi (LicNTPDases) is the main etiologic agent of VL in Brazil. The LicNTPDase-1 and 2 are part of the E- NTPDase family, enzymes that are implicated as virulence factors of some parasites. They can participate in the purines salvage pathways and in the modulation of host immune response that dependent on extra cellular nucleotides. These enzymes have been indicated important as targets for the development of new drugs and effective vaccines for Leishmaniasis. In this work, were did comparative tests between different refolding protocols of the recombinant enzymes as well as comparison between activity of enzymes expressed in Escherichia coli and expressed in mammalian cells (COS-7). Moreover, many experiments in macrophages were done to determine if the recombinant enzymes can be involved in adhesion mechanisms of parasites and if these enzyme can modulate the P2 receptor expression. The data demonstrate that changing the refolding protocol was possible to increase the activity of LicNTPDase-2 , but the same effect was not observed for LicNTPDase-1, when these enzyme were expressed in bacterial. However, when the expression was done in COS-7 is possible to verify a activity increased of LicNTPDase-1. It was possible to see the same activity level between LicNTPDase-2 expressed in E. coli and expressed in COS-7. This result showed that LicNTPDase2 expressed in E. coli have a same shape than enzyme expressed in COS-7. This work was also possible to confirm the direct involvement of LicNTPDases in the parasites binding mechanism, showing a dependence of the concentration of recombinant. It was also possible to verify a possible relationship between the presence of these enzymes and modulation of expression of some xipurine receptors, macrophage treated with LicNTPDase-1 showed a up expression of mRNA of P2X3, P2X5, P2Y2 and a down expression for P2Y13, when the macrophage was treated with LicNTPDase-2 the P2X6 and P2X7 mRNA level decreased and when was checked the mRNA expression of infected macrophage was possible to verify that L. infantum chagasi can control the expression of P2X2, P2Y12 and P2Y13.
Palavras-chave: Leishmaniose visceral
Enzimas
NTPDases
Expressão heteróloga
Visceral leishmaniasis
Enzymes
NTPDase
Heterologous expression
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Doutorado em Bioquímica Agrícola
Citação: BASTOS, Matheus Silva e. Expression of NTPDase 1 and 2 from Leishmania infantum chagasi in bacterial system and mammalian cells. Studies of its influences in infection Raw 264.7 cells and P2 purine receptors expression. 2014. 102 f. Tese (Doutorado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/337
Data do documento: 14-Mai-2014
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.