Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3383
Tipo: Dissertação
Título: Análise do endividamento do consumidor juiz-forano
Título(s) alternativo(s): Juiz de Fora consumers indebtedness analysis
Autor(es): Carmo, Luiz Antônio Mattos do
Primeiro Orientador: Silva, Neuza Maria da
Primeiro coorientador: Ferreira, Marco Aurélio Marques
Primeiro avaliador: Silva, Maristela Siolari da
Abstract: Com a estabilidade macroeconômica atingida pelo Brasil em 1994, os consumidores depararam-se com uma maior oferta de bens e serviços no mercado, assim como viram ampliar-se a facilidade pare realizar suas compras a crédito. Ofertas com pagamento a prazo com ou parcelamento estendido refletiram o maior acesso a bens e serviços e a sofisticação dos meios de pagamento. Contudo, um dos efeitos desse panorama foi a escalada do endividamento, que pode acabar levando indivíduos e famílias a situações de desequilíbrio financeiro. A gravidade deste fato motivou a realização deste estudo sobre o endividamento dos consumidores juiz-foranos. Especificamente, buscou-se saber com que tipo de bens e serviços tem se endividado o consumidor com renda própria, quais meios de pagamento são mais utilizados para a realização de compras a prazo, quanto de sua renda está sendo comprometida nessas operações e quais motivos o levam ao endividamento. Os principais bens e serviços com que se endividam os consumidores estudados estão nas categorias de vestuário, alimentação e combustível, enquanto os que estão relacionados à inadimplência são os reparos do lar, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. O cartão de crédito mostrou-se como o principal meio de pagamento a crédito. O comprometimento futuro da renda dos entrevistados com essas compras não chega a 30% para 61,6% dos entrevistados, contudo, ultrapassa os 70% para 13,7% da população estudada. Com relação às despesas domésticas, os consumidores inadimplem por conta de redução da renda familiar ou de dessincronização entre a data de recebimento e a de pagamento das contas. Por sua vez, nas categorias de bens e serviços, os consumidores inadimplem mais por falta de controle do que por outros motivos. Concluiu-se que os altos níveis de endividamento entre os juiz-foranos ainda não se tornaram inadimplência, contudo o comprometimento futuro da renda pode alterar este cenário em breve.
Due to the macroeconomic stability achieved by Brazil in 1994, consumers faced an increase in market supply of goods and services, accompanied by the access to credit and sophistication of means of payment. However, one effect of this scenery was the escalation of personal debt, which can eventually lead households to financial distress. The gravity of this fact prompted this study on Juiz de Fora citizens state of indebtedness. Objectively, it was sought to know what kind of goods, services and household expenses consumers come into debt or overdue, which means of payment are commonly used to buy on credit, how much of the consumer s income is expended in such operations and which motives lead them to incur in debt. The studied consumers level of debt was higher than national and state averages. Regarding nonpayment, this reality is reversed. The main goods and services with which consumers come into debt are clothing, food and fuel, while the ones that suffer with delinquency are home repairs, appliances and electronics. Credit card was the most used mean to buy on credit. To 61.6% of the population, at most 30% of their income was tightened to debt payment, while to 13.7% this average goes beyond 70%. Household debt came from decreases in household income and from unsynchronized cash flows. In the other hand, goods and services debt came due to miscontrol. It was concluded that the high levels of debt have not yet become default, however the commitment of future income can change this panorama soon.
Palavras-chave: Compras a crédito
Endividamento
Inadimplência
Purchases on credit
Debt
Bad debt
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA DOMESTICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor
Programa: Mestrado em Economia Doméstica
Citação: CARMO, Luiz Antônio Mattos do. Juiz de Fora consumers indebtedness analysis. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado em Economia familiar; Estudo da família; Teoria econômica e Educação do consumidor) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3383
Data do documento: 13-Dez-2012
Aparece nas coleções:Economia Doméstica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf762,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.