Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/343
Tipo: Tese
Título: Contribuição da microbiota bacteriana para o processo digestivo e desenvolvimento da lagarta da soja (Anticarsia gemmatalis) e caracterização de bactérias proteolíticas associadas ao seu trato intestinal
Título(s) alternativo(s): Contribution of the bacterial microbiota to the digestive process and development of velvetbean caterpillar (Anticarsia gemmatalis) and characterization of proteolytic bacteria associated with intestinal tract
Autor(es): Visôtto, Liliane Evangelista
Primeiro Orientador: Oliveira, Maria Goreti de Almeida
Primeiro coorientador: Ribon, Andréa de Oliveira Barros
Segundo coorientador: Guedes, Raul Narciso Carvalho
Primeiro avaliador: Andrade, Milton Hércules Guerra de
Segundo avaliador: Campos, Wellington Garcia
Terceiro avaliador: Guia, Thiago Rennó dos Mares
Abstract: Interações entre bactérias intestinais e insetos têm sido extensivamente estudadas em alguns sistemas, como cupins e afídeos. Entretanto, pouco é conhecido sobre a associação entre bactéria e Lepidoptera, uma das ordens que compreende os principais insetos fitófagos, responsáveis por grandes perdas na agricultura. Alguns autores acreditam que devido à ausência de estruturas especializadas e ao trânsito alimentar rápido no trato intestinal de Lepidopteras, os microrganismos contribuam pouco com a nutrição e digestão desses insetos. Enquanto outros sugerem que a microbiota fornece nutrientes e contribui com o metabolismo desses insetos. Essas divergências fazem com que estudos da funcionalidade da microbiota associada às Lepidopteras tenham um interesse particular. Portanto, a lagarta da soja, Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidóptera: Noctuidae) torna- se um modelo interessante para estudos dos processos fisiológicos envolvidos nessa associação. Neste contexto, esse trabalho buscou compreender melhor se a microbiota afeta as atividades das enzimas hidrolíticas do intestino de A. gemmatalis, bem como os seus parâmetros biológicos de desenvolvimento. Tetraciclina, cloranfenicol e uma combinação desses dois antibióticos mais ampicilina foram incorporadas à dieta artificial em cinco doses específicas (0; 30; 40; 50; 60 e 70 µg/mL). Larvas foram alimentadas durante seu ciclo até o instar pupal. O antibiótico mais eficiente na supressão do crescimento bacteriano foi a tetraciclina, que alcançou uma inibição substancial nas doses testadas. Análises microscópicas mostraram que o intestino de A. gemmatalis criadas com dieta controle, possui uma abundante microbiota, porém com pouca diversidade. Poucas bactérias foram visualizadas no lúmen de larvas alimentadas com tetraciclina 70 µg/ mL, confirmando o resultado encontrado pelo método convencional de plaqueamento. Atividades enzimáticas do extrato intestinal de larvas criadas com tetraciclina, sobre quatorze substratos mostraram que a redução da microbiota afetou significativamente a hidrólise de L-BApNA e tributirato ditiopropanol. A concentração que apresentou maior efeito inibitório da atividade foi tetraciclina 70 µg/ mL. Também foi realizada a análise do perfil enzimático ao longo do desenvolvimento pós-embrionário de larvas criadas com dieta controle e dieta com tetraciclina 70 µg/ mL. Observouse um pico máximo de atividade proteásica, amidásica e lipásica entre os 4º e 6º instars em larvas com a microbiota intacta, enquanto um perfil constante foi verificado em larvas tratadas com tetraciclina. Tais resultados podem estar correlacionados a pupação prematura, a baixa emergência e o aumento da mortalidade em larvas com microbiota reduzida. Esses dados sugerem que a presença da microbiota exerce influência sobre o processo digestivo e desenvolvimento de A. gemmatalis, contribuindo possivelmente com a produção de proteases e lipases. Como houve influência na digestão protéica, bactérias cultiváveis com capacidade proteolítica presentes no trato intestinal foram isoladas, identificadas e caracterizadas. Todos os isolados foram Gram positivos e identificados como Bacillus subtilis, Bacillus sp., Enterococcus sp. e Staphylococcus sp. Análises das proteases de origem dos isolados foram realizadas utilizando diferentes substratos. Todas as bactérias foram capazes de degradar os substratos testados com eficiência, exceto Staphylococcus sp.. Os resultados advindos desse estudo, além de contribuir o conhecimento científico a respeito da interação Lepidoptera-microrganismo, servem como complemento para pesquisas futuras sobre implementação de novos métodos direcionados ao controle de pragas.
Interactions between intestinal bacteria and insects have been extensively studied in systems such as termites and aphids. However, little is known about the association between bacteria and the order Lepidoptera, which comprises major phytophagous insects that cause heavy agricultural losses. A number of authors believe that the lack of specialized structures and the rapid food transit in the intestinal tract of Lepidopteras may cause the little contribution of microorganisms to nutrition and digestion of these insects, whereas other authors suggest that the microbiota provides nutrients and contributes to insect metabolism. This difference raises particular interest in studies on functionality of microbiota associated with Lepidopteras. The velvetbean caterpillar, Anticarsia gemmatalis Hübner (Lepidoptera: Noctuidae), becomes therefore a suitable model for studies on physiological processes involved in the association. This work sought to examine whether the microbiota may affect hydrolytic enzyme activity in A. gemmatalis intestine, as well as developmental biological parameters. Tetracycline, chloramphenicol and a combination of these two antibiotics along with ampicillin were added to the artificial diet at five specific dose levels (0; 30; 40; 50; 60 and 70 µg/mL). Larvae were fed until reach pupal stage. Tetracycline was found to be the most efficient antibiotic for suppression of bacterial growth, with substantial inhibition at the tested doses. Microscopic analyses showed that the intestine of A. gemmatalis fed on control diet harbors abundant but not diverse microbiota. Few bacteria were found in the lumen of larvae fed on 70 µg / mL tetracycline, confirming the result found by the conventional plating method. Enzymatic activities of the intestinal extract from larvae fed on tetracycline, on fourteen substrates, showed that the reduction in microbiota significantly affected the hydrolysis of L-BApNA and dithiopropanol tributyrate. Tetracycline at the dose of 70 µg / mL produced the largest inhibitory effect. Analysis of enzymatic profile was also carried out over the post-embryonic development of larvae fed on control diet and diet with 70 µg / mL tetracycline. Maximum proteolytic, amidolytic and lipase activities were found between the 4th and 6th instars in larvae presenting intact microbiota, whereas a constant profile was found in larvae fed on tetracycline. These results can be correlated with premature pupation, low emergence and increased mortality in larvae with reduced microbiota. The results suggest that the presence of microbiota exerts influence on the digestive process and development of A. gemmatalis, possibly contributing to protease and lipase production. Because protein digestion was affected, culturable bacteria showing proteolytic capacity were isolated from the intestinal tract, identified and characterized. All the isolates were Gram-positive and identified as Bacillus subtilis, Bacillus sp., Enterococcus sp. and Staphylococcus sp.. Analyses of origin proteases from the isolates were carried out with different substrates. All bacteria were efficiently capable of degrading the tested substrates, except Staphylococcus sp.. These results, besides contributing to the scientific knowledge on the insect-microorganism interaction, serve as a complement to future research on new methods of pest control.
Palavras-chave: Anticarsia gemmatalis
Soja
Bactérias proteolíticas
Anticarsia gemmatalis
Soybean
Proteolytic bacteria
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::ENZIMOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal
Programa: Doutorado em Bioquímica Agrícola
Citação: VISÔTTO, Liliane Evangelista. Contribution of the bacterial microbiota to the digestive process and development of velvetbean caterpillar (Anticarsia gemmatalis) and characterization of proteolytic bacteria associated with intestinal tract. 2007. 127 f. Tese (Doutorado em Bioquímica e Biologia molecular de plantas; Bioquímica e Biologia molecular animal) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/343
Data do documento: 15-Ago-2007
Aparece nas coleções:Bioquímica Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.