Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3455
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos da intensidade do treinamento sobre parâmetros de estresse oxidativo e de perfil lipídico em camundongos LDL-/-
Título(s) alternativo(s): Effects of intensity training on oxidative stress parameters and lipid profile in LDL-/- mice
Autor(es): Teodoro, Bruno Gonzaga
Primeiro Orientador: Peluzio, Maria do Carmo Gouveia
Primeiro coorientador: Natali, Antônio José
Segundo coorientador: Matta, Sérgio Luis Pinto da
Primeiro avaliador: Pinho, Ricardo Aurino de
Segundo avaliador: Laterza, Mateus Camaroti
Abstract: A aterosclerose é um processo inflamatório crônico e degenerativo que acomete os vasos, sendo caracterizada pelo acúmulo de lipídeos no espaço subendotelial da íntima, acúmulo de células inflamatórias e elementos fibrosos. A oxidação de LDL-c parece ser o principal evento para início da aterosclerose. De maneira crônica, exercício aeróbio parece melhorar os sistemas de defesa orgânicos contra aterosclerose, diminuindo o estresse oxidativo e aumentando a síntese de enzimas antioxidantes; aumentando a vasodilatação via óxido nítrico (NO) e óxido nítrico sintase endotelial (eNOS) e diminuindo a inflamação sistêmica com a diminuição da produção de citocinas pró-inflamatórias e aumento de fatores anti-inflamatórios. Porém, de maneira aguda, o exercício aeróbico de alta intensidade aumenta o risco de desenvolvimento de eventos cardiovasculares e de forma crônica pode atuar negativa ou positivamente na prevenção do processo aterosclerótico. Afim de avaliar os efeitos da intensidade do exercício aeróbio na aterosclerose, investigamos as conseqüências de 2 meses de exercício aeróbio em esteira, de intensidade leve (G2) ou moderada (G3) em relação ao controle sedentário (G1), na evolução da aterosclerose em camundongos knockout para o receptor de LDL (LDLr-/-) previamente submetidos a 3 meses de dieta hiperlipídica e hipercolesterolêmica, avaliando os efeitos do colesterol total (CT), HDL-c e triglicerídeos (TG) séricos, os danos oxidativos (proteína carbonil e hidroperóxidos lipídicos), a atividade das enzimas antioxidantes catalase (CAT), superóxido dismutase (SOD) e glutationa peroxidase (GPx) no tecido hepático, e a composição corporal da carcaça. Os resultados mostraram que G2 (0,015±0,005 cm2) e G3 (0,014±0,001 cm2) apresentaram menor área de deposição lipídica aórtica em relação aos animais sedentários (G1) (0,039±0,005 cm2). Os grupos G2 e G3 apresentaram maiores valores de HDL-c, TG, maior atividade de CAT e menor peroxidação lipídica, carboniação protéica e percentual de gordura. A SOD apresentou maiores valores apenas em G3 e a GPx somente em G2. São necessários, porém, estudos que investiguem exercícios de alta intensidade no tratamento e prevenção da aterosclerose e ainda, estudos que investiguem os mecanismos moleculares de como o exercício estimula menores áreas de lesão aterosclerótica.
Atherosclerosis is a chronic-degenerative inflammatory process that occurs in blood vessels and is characterized by lipid, inflammatory cells and fibroses factors accumulation on the vessels wall. The (LDL-c) oxidation seems to be the first step to atherosclerosis. Aerobic exercise improve the organic system defense against atherosclerosis by decreasing oxidative stress and increasing anti-oxidant enzyme biosynthesis, improving blood vessels vasodilatation by nitric oxide (NO) and endothelium nitric oxide synthase (eNOS), decreasing the pro-inflammatory cytokine production and increasing anti-inflammatory factors. However, acute high intensity aerobic exercises increase the cardiovascular event risk while chronically it may affect either positively or negatively. To evaluate the effects of aerobic exercise intensity on atherosclerosis, we investigated the effects of 2 months of treadmill aerobic exercise, at light (G2) or moderate intensity (G3) in the development of atherosclerosis in LDL receptor knockout mice (LDLr-/ -) previously submitted to 3 months of high-fat high-cholesterol diet and assessing the effects of serum total cholesterol (TC), HDL-c and triglycerides (TG), oxidative damage (protein carbonyls and lipid hydroperoxides) and activity of antioxidant enzymes catalase (CAT), superoxide dismutase (SOD) and glutathione peroxidase (GPx) in liver tissue, and body composition of the carcass. The results showed that G2 (0.015 ± 0.005 cm2) and G3 (0.014 ± 0.001 cm2) had a lower aortic fat deposition area than sedentary animals (G1) (0.039 ± 0.005 cm2). G2 and G3, had higher HDL-C, TG, levels, increased CAT activity, lower lipid peroxidation, carbonyl protein and fat percentage. SOD showed higher values only in G3 and GPx only in G2. It Is necessary new researches that investigate the role of high intensity aerobic exercise on atherosclerosis and molecular mechanism of how can exercise reduces lesions area.
Palavras-chave: Exercício aeróbico
Aterosclerose
Estresse oxidativo
Aerobic exercise
Atherosclerosis
Oxidative stress
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Aspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humano
Programa: Mestrado em Educação Física
Citação: TEODORO, Bruno Gonzaga. Effects of intensity training on oxidative stress parameters and lipid profile in LDL-/- mice. 2009. 76 f. Dissertação (Mestrado em Aspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humano) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3455
Data do documento: 6-Nov-2009
Aparece nas coleções:Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf676,86 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.