Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3458
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorMoreira, Osvaldo Costa
dc.date.accessioned2015-03-26T13:21:52Z-
dc.date.available2011-10-20
dc.date.available2015-03-26T13:21:52Z-
dc.date.issued2010-04-16
dc.identifier.citationMOREIRA, Osvaldo Costa. Prevalence of coronary risk factors in university professors. 2010. 98 f. Dissertação (Mestrado em Aspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humano) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/3458-
dc.description.abstractAs doenças cardiovasculares são, atualmente, a principal causa de morbidade e mortalidade do mundo ocidental, tanto nos países desenvolvidos como nos países em desenvolvimento. Esse prognóstico não é diferente no Brasil, seja em regiões de alto ou de baixo desenvolvimento sócio-econômico. Assim, a realização de estudos epidemiológicos é fundamental para estabelecer o grau de influência destas doenças crônico degenerativas em determinados grupos populacionais, auxiliando assim na construção de políticas de promoção de saúde, visando minimizar seus efeitos. Diante do exposto, esse trabalho teve como objetivo avaliar a prevalência dos fatores de risco cardiovascular (FRC) em professores universitários da Universidade Federal de Viçosa, bem como verificar a associação entre esses fatores e a relação entre os indicadores da aptidão física e os indicadores de saúde. Para tanto, foi realizada uma pesquisa, dividida em três capítulos. O Capítulo 1 descreve o diagnóstico primário dos fatores de risco cardiovascular, cujo objetivo foi determinar a prevalência de FRC em população de professores de uma universidade pública do interior de Minas Gerais, bem como comparar a diferença entre gêneros e faixa etária para prevalência desses fatores. Assim, observou-se que os fatores de risco cardiovascular mais prevalentes nos professores universitários avaliados foram a idade avançada, o excesso de peso, o acúmulo de gordura abdominal e a hipertrigliceridemia. Estes fatores de risco apresentaram maior prevalência nos homens e mostraram associação positiva com o aumento da idade. O Capítulo 2 objetivou verificar o grau de associação entre diferentes indicadores de risco cardiovascular e hipertensão arterial. Os resultados demonstraram que o gênero, a idade, o IMC, a circunferência abdominal, o percentual de gordura corporal e os triacilgliceróis foram considerados indicadores de risco cardiovascular por apresentarem associação com a hipertensão arterial na amostra de professores avaliados. O Capítulo 3 procurou diagnosticar a aptidão física relacionada à saúde, bem como realizar a comparação dos componentes da aptidão física relacionada entre os gêneros. Concluiu-se que os professores apresentaram valores insatisfatórios de aptidão física relacionada à saúde, para as variáveis: flexibilidade, força de preensão manual e IMC, sendo encontrados níveis de classificação mais inadequados no gênero masculino. Além disso, as variáveis indicadoras de aptidão física que apresentaram mais relação com os indicadores de saúde foram o percentual de gordura corporal e a capacidade aeróbica máxima.pt_BR
dc.description.abstractCardiovascular diseases are currently the leading cause of morbidity and mortality in the Western world, both in developed and developing countries. This prognosis is not different in areas of high socio-economic development or underdeveloped areas in Brazil. Thus, the epidemiological studies are essential to establish the degree of influence of these chronic degenerative diseases in certain population groups, thereby aiding in the construction of policies to promote health, intending to minimize its effects. Therefore, this study aimed to evaluate the prevalence of cardiovascular risk factors (CRF) in professors of the Universidade Federal de Viçosa, and to verify the association between these factors and the relationship between indicators of physical fitness and health indicators. To this end, a survey was conducted, divided into three chapters. Chapter 1 describes the primary diagnosis of cardiovascular risk factors, aimed at determining the prevalence of CRF in the population of professors at a public university in the state of Minas Gerais, and compares the difference between the genders and age groups for the prevalence of these factors. It was found that the cardiovascular risk factors more prevalent among academics evaluated were age, overweight, abdominal fat accumulation and hypertriglyceridemia, and they are more prevalent in men with positive association with the increasing of age. Chapter 2 aimed to verify the degree of association between different indicators of cardiovascular risk and blood pressure. The results showed that gender, age, BMI, abdominal circumference, percentage body fat and triglycerides were considered risk factors for cardiovascular disease associated with hypertension in the sample of professors evaluated. Chapter 3 aimed to diagnose the physical fitness and health, and to make a comparison of the components of physical fitness and gender. It was found that professors showed unsatisfactory levels of physical fitness and health, for the variables: flexibility, grip strength and BMI, and levels of classification more depressed in males. Furthermore, the indicator variables of physical fitness that had more to do with the health indicators were the percentage of body fat and maximal aerobic capacity.eng
dc.description.sponsorship
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEpidemiologiapor
dc.subjectDoença crônicapor
dc.subjectRisco cardiovascularpor
dc.subjectAntropometriapor
dc.subjectEpidemiologyeng
dc.subjectChronic diseaseeng
dc.subjectCardiovascular riskeng
dc.subjectAnthropometryeng
dc.titlePrevalência dos fatores de risco coronariano em professores universitáriospor
dc.title.alternativePrevalence of coronary risk factors in university professorseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6694501097425776por
dc.contributor.advisor-co1Doimo, Leonice Aparecida
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782616Y6por
dc.contributor.advisor-co2Amorim, Paulo Roberto dos Santos
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784479Z2por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAspectos sócio-culturais do movimento humano; Aspectos biodinâmicos do movimento humanopor
dc.publisher.programMestrado em Educação Físicapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICApor
dc.contributor.advisor1Marins, João Carlos Bouzas
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728340H6por
dc.contributor.referee1Monteiro, Walace David
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4870820640585366por
dc.contributor.referee2Laterza, Mateus Camaroti
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4750928U5por
Aparece nas coleções:Educação Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf443,37 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.