Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/351
Tipo: Tese
Título: Análise da hipótese da vicariância entre Dalbergia nigra Allem. ex Benth. e Dalbergia miscolobium Benth. (Fabaceae) com base em DNA cloroplastídico
Título(s) alternativo(s): Analysis of vicariance hypothesis between Dalbergia nigra Allem. ex Benth. and Dalbergia miscolobium Benth. (Fabaceae) based on chloroplast DNA sequences
Autor(es): Santos, Simone Gualberto
Primeiro Orientador: Barros, Everaldo Gonçalves de
Primeiro coorientador: Oliveira, Luiz Orlando de
Segundo coorientador: Otoni, Wagner Campos
Primeiro avaliador: Meira Neto, João Augusto Alves
Segundo avaliador: Viccini, Lyderson Facio
Abstract: O gênero Dalbergia L. f. (Fabaceae: Papilionoideae), possui cerca de 100 espécies de distribuição pantropical. No Brasil, há 40 espécies de Dalbergia distribuídas em áreas representativas dos diferentes ecossistemas brasileiros. D. nigra e D. miscolobium são espécies consideradas vicariantes, que ocorrem na Mata Atlântica e no Cerrado, respectivamente. Estas espécies figuram como objetos de estudo sobre vicariância em trabalhos anteriores de fitossociologia e quimiossistemática, porém, estes estudos necessitam de outras abordagens, visto ser a teoria de vicariância ainda polêmica entre pesquisadores. Neste trabalho, objetivou-se analisar as seqüências do íntron trnL em D. nigra e D. miscolobium, visando investigar a validade dessa região genômica para distinguir essas espécies e discutir possível vicariância entre elas. Amostras de DNA de plantas das espécies de Dalbergia foram extraídas e amplificadas com primers específicos trnL-c e trnL-d (cpDNA). As seqüências de DNA alinhadas produziram uma matriz com 530 caracteres. Excluindo os autopomórficos e os invariáveis, foram obtidos 75 sítios variáveis dos quais 37 foram informativos para análise de parcimônia. De modo geral, as análises de máxima parcimônia e neighbor-joining foram consistentes, resultando em árvores de topologias semelhantes entre si, com a separação dos taxa em clados. As relações filogenéticas entre as espécies estudadas, com base nos dados moleculares, corroboram aquelas baseadas em dados de morfologia encontrados na literatura, contudo não confirmam a hipótese de vicariância entre D. nigra e D. miscolobium.
The genus Dalbergia L. f. (Fabaceae: Papilionoideae) includes approximately 100 pantropical species. In Brazil there are 40 Dalbergia species distributed in different Brazilian ecossistems. D. nigra and D. miscolobium which occur in the Mata Atlântica and Cerrado regions, respectively, are considered to be vicariant. Vicariance between these two species has been investigated by phytosociological and chymosystematic studies, however, new approaches need to be used for these studies as this hypothesis has not been confirmed and is not fully accepted by the scientific community. In this work the chloroplast trnL intron sequences of D. nigra and D. miscolobium have been analyzed as a tool to distinguish these two species and possibly aid the discussion of vicariance between them. Leaf DNA samples was extracted, amplified and sequenced with specific primers for the trnL-c and trnL-d regions of the trnL gene present in the chloroplast DNA. The sequences obtained were aligned generating a matrix with 530 characters. Seventy-five variable sites were obtained, 37 of them were informative for the parsimony analysis. As a whole the maximum parsimony nd the neighbor-joining analyses were consistent, giving rise to trees with similar topologies, separating the different taxa into clades. The phylogenetic relationships between the species studied based on molecular data support those based on morphological data presented in the literature, however, they do not confirm the hypothesis of vicariance between D. nigra and D. miscolobium.
Palavras-chave: Dalbergia
TrnL
Jacarandá
Filogenia
Vicariância
Dalbergia nigra
TrnL
Dalbergia miscolobium
Phylogeny
Vicariance
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Doutorado em Botânica
Citação: SANTOS, Simone Gualberto. Analysis of vicariance hypothesis between Dalbergia nigra Allem. ex Benth. and Dalbergia miscolobium Benth. (Fabaceae) based on chloroplast DNA sequences. 2008. 43 f. Tese (Doutorado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/351
Data do documento: 17-Abr-2008
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf243,26 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.