Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3518
Tipo: Dissertação
Título: Evapotranspiração da cultura da alface dentro e fora de ambiente protegido
Título(s) alternativo(s): Evapotranspiration of lettuce inside or outside a greenhouse
Autor(es): Montes, David Rolando Palomino
Primeiro Orientador: Ramos, Márcio Mota
Primeiro coorientador: Puiatti, Mário
Segundo coorientador: Oliveira, Rubens Alves de
Primeiro avaliador: Mantovani, Everardo Chartuni
Segundo avaliador: Sediyama, Gilberto Chohaku
Terceiro avaliador: Hamakawa, Paulo José
Abstract: O trabalho foi conduzido na Área Experimental de Irrigação e Drenagem do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Viçosa (UFV), de dezembro de 2007 e a janeiro de 2008, cultivando-se alface (Lactuca sativa L.), variedade Regina, em dois ambientes: dentro e fora de uma casa de vegetação, com objetivos de a) determinar a evapotranspiração da cultura (ETc) da alface, b) determinar o coeficiente de ajuste do irrigâmetro modificado (Ki) para os três primeiros estádios de desenvolvimento vegetativo da alface, c) avaliar o efeito dos quatro níveis de lençol freático estabelecidos nos minilisímetros, na evapotranspiração e nas principais características de produção da alface, d) determinar a eficiência de uso de água da alface. Todas as características foram avaliadas tanto dentro como fora da casa de vegetação. Em cada ambiente, foram cultivadas 560 plantas de alface, 336 delas cultivadas em três blocos. Em cada bloco foram instalados quatro tratamentos (T15, T20, T25 e T30) definidos pela profundidade do lençol freático (0,15; 0,20; 0,25 e 0,30 m); estabelecida nos minilisímetros de lençol freático constante. Cada minilisímetro foi conectado a um irrigâmetro modificado. Durante o experimento os dados meteorológicos foram coletados em estações automáticas instaladas nos dois ambientes. Na análise estatística da evapotranspiração da cultura foi usado, em cada ambiente, o delineamento experimental em blocos casualizados em esquema de parcelas subdivididas. Na análise estatística das variáveis de produção foi adotado também, em cada ambiente, o delineamento experimental em blocos casualizados, com as quatro profundidades de lençol freático e três repetições. Os resultados obtidos permitiram as seguintes conclusões: a evapotranspiração sazonal da cultura de alface foi menor no ambiente protegido quando comparado com o ambiente externo; nas duas condições ambientais, a evapotranspiração da cultura (ETc) diminuiu com a profundidade de lençol freático, com exceção do tratamento T30 do ambiente externo; a 15 cm de profundidade de lençol freático, os valores do coeficiente de cultura (Kc) no ambiente protegido foram 0,93; 1,27 e 1,30 para o primeiro, segundo e terceiro estádio da alface, respectivamente, e 0,80; 1,12 e 1,39 para os mesmos três estádios, no ambiente externo; não houve diferenças significativas entre massa fresca da cabeça, área foliar, área foliar específica e massa fresca, massa seca e comprimento do caule nos dois ambientes, à exceção do T15 que apresentou maiores valores no ambiente protegido; o número de folhas por planta e a largura das folhas foram maiores no ambiente protegido, em comparação ao ambiente externo e a eficiência de uso de água (EUA), de forma geral, aumentou com a profundidade do lençol freático, obtendo-se as maiores eficiências dentro da casa de vegetação.
This work was carried out at the Irrigation and Drainage Experimental Station of the Federal University of Viçosa, in Viçosa, Minas Gerais state, Brazil, from December 2007 to January 2008, cultivating Lettuce (Lactuca sativa L.) cultivar Regina, under two experimental conditions as: inside and outside a greenhouse. We aimed to a) determine the crop evapotranspiration of lettuce (ETc), b) determine the adjustment coefficient of a modified irrigâmetro device (Ki) for the first three vegetative developmental stages of lettuce, c) evaluate the effect of four water body levels established in the minilysimeters, in evapotranspiration and on the main cropping characteristics of lettuce, d) determine the water use efficiency for lettuce. All characteristics were evaluated either inside or outside the greenhouse. For each environmental condition, 560 plants were cultivated, and 336 from among them were cultivated in three blocks. In each block four treatments were carried out (T15, T20, T25 and T30) and defined by the depth of the water body (0.15; 0.20; 0.25 e 0.30 m), established in the minilysimeters of constant water body level. Each minilysimeter was connected to a modified irrigâmetro device. Over the experimental period, the meteorological data was collected in automated meteorological stations installed under the two environmental conditions. A randomized block design with split-plots was utilized to perform the statistical analysis of the crop evapotranspiration data in each of the two environmental conditions. For the production variables we did prefer to utilize a randomized block design with four water body depths and three replicates to perform the statistical analysis in each of the two environmental conditions. We concluded from our results that: seasonal crop evapotranspiration of lettuce was lower inside greenhouse as compared to outside greenhouse; crop evapotranspiration (ETc) decreased with water body depth, in each of the two environmental conditions, excepting the T30 treatment outside greenhouse; at a 15 cm depth of water body, the crop coefficient values (Kc) inside greenhouse were 0,93; 1,27 and 1,30 for the first, second and third developmental stages of lettuce, respectively, and 0,80; 1,12 and 1,39 for the same three stages outside greenhouse. There was no significant differences among fresh mass of head, leaf area, specific leaf area and fresh matter, dry matter and stem length for inside and outside greenhouse, excepting the T15 treatment which showed higher values inside greenhouse; leaf number and leaf width were higher inside greenhouse in comparison to outside greenhouse and the water use efficiency (WUE) increased with water body depth, providing the higher WUE inside greenhouse.
Palavras-chave: Lactuca sativa
Coeficiente de cultura
Irrigação
Lactuca sativa
Crop coefficient
Irrigation
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA::ENGENHARIA DE AGUA E SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: MONTES, David Rolando Palomino. Evapotranspiration of lettuce inside or outside a greenhouse. 2008. 96 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3518
Data do documento: 3-Jun-2008
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.