Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3557
Tipo: Dissertação
Título: Características físico-químicas do tomate submetido a esforço controlado de compressão
Título(s) alternativo(s): Physico-chemical characteristics of tomato submitted to a controlled compression effort
Autor(es): Oliveira, Gabriel Henrique Horta de
Primeiro Orientador: Correa, Paulo César
Primeiro coorientador: Finger, Fernando Luiz
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Melo, Evandro de Castro
Segundo avaliador: Faroni, Lêda Rita D'antonino
Terceiro avaliador: Silva, Derly José Henriques da
Quarto avaliador: Junqueira, Mateus da Silva
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações físicas e químicas decorrentes do efeito de uma força controlada sobre os frutos de tomateiro, posteriormente armazenados a 15 e 25 ºC durante 18 dias. Buscou-se ainda estudar e modelar o comportamento dos frutos submetidos ao teste de relaxação. Foram utilizados frutos de tomateiro cv. Pizzadoro, obtidos de uma plantação comercial da cidade de Coimbra (MG). Foi utilizada uma massa de 5 kg sobre quinze frutos colocados dentro de uma caixa de madeira de 23x20x20 cm, resultando em um peso por unidade de área de 12,5 g cm-2 simulando o que ocorre aos frutos em uma caixa comercial de madeira do tipo "k". Para as análises de textura, foram utilizados os testes de compressão, relaxação e punção nos frutos de tomateiro a cada dois dias de armazenamento. As análises de pH, sólidos solúveis totais e licopeno também foram realizadas com uma periodicidade de dois dias. A perda de massa e a avaliação da coloração dos tomates foram realizadas diariamente. Para a modelagem do processo de relaxação utilizou-se o modelo generalizado de Maxwell. Para avaliar a textura, foram determinadas as propriedades mecânicas: força para uma deformação específica de 0,005 m, módulo proporcional de deformidade e energia necessária para a deformação do produto através da avaliação da curva força- deformação; força de penetração da periderme dos tomates e energia necessária para este processo. De acordo com os resultados obtidos, concluiu-se que: (a) as alterações estruturais causadas pela compressão induzida nos frutos de tomateiro alterou significativamente apenas a força de penetração da periderme dos frutos de tomateiro; (b) o modelo generalizado de Maxwell se ajustou adequadamente aos dados observados para todas as condições utilizadas; (c) as propriedades mecânicas dos frutos de tomateiro diminuíram durante o armazenamento. Os valores encontrados para a firmeza dos frutos armazenados a 15 ºC variaram entre 34,68 e 21,24 N; do módulo proporcional de deformidade entre 40,62 e 24,99 MPa; energia, 79,86 a 50,92 mJ; força de penetração da periderme entre 21,33 e 11,04 N e a energia para rompê-la entre 73,12 a 44,13 mJ. Já para os frutos armazenados a 25 ºC, os valores de firmeza obtidos foram entre 32,96 e 19,79 N; módulo proporcional de deformidade entre 38,61 e 22,90 MPa; energia entre 74,78 e 46,99 mJ; força de penetração da periderme entre 22,76 e 11,18 N, e os valores encontrados de energia para romper a periderme variou de 78,37 a 39,00 mJ; (d) a perda de massa diferiu significativamente entre a testemunha e o tratamento e durante o armazenamento, sendo que os tomates armazenados a 25 ºC obtiveram maiores valores deste parâmetro; (e) verificou-se diferenças significativas entre o tratamento e a testemunha para a diferença total de cor e os índices colorimétricos croma e ângulo hue, para os frutos armazenados em ambas as temperaturas; (f) os teores de licopeno aumentaram durante o armazenamento, sendo que somente os frutos armazenados a 25 ºC apresentaram diferenças entre a testemunha e o tratamento. Os valores encontrados variaram entre 2,25 a 145,17 μg g-1 e 3,30 a 95,01 μg g-1 para os tomates a 15 e 25 ºC, respectivamente; e (g) os valores de sólidos solúveis totais e de pH somente apresentaram diferenças entre os frutos testemunha e tratamento para a temperatura de 25 ºC.
The aim of this work was to evaluate the physical and chemical alterations due to the effect of a controlled force over tomato fruits stored at 15 and 25 ºC during 18 days, as well to study and model the fruits behavior during the relaxation test. Tomato fruits cv. Pizzadoro were used, obtained from a commercial plantation of Coimbra (MG) city area. A mass of 5 kg was used upon fifteen fruits inside of a wooden box of 23x20x20 cm, resulting in a weight per unit area of 12.5 g cm-2, simulating the real process that occurs in a commercial wooden box type "k". Textural analyses were made from compression, relaxation and puncture tests on the tomato fruits every two days of storage. Analysis of pH, total soluble solids and lycopene were also accomplished every two days. Weight loss and color evaluation of the tomatoes were made daily. To model the relaxation process, the Maxwell generalized model was used. Using the information gathered from the texture results, the following mechanical properties were obtained: force to obtain a specific deformation of 0.005 m, proportional deformity modulus and the required energy to deform the product through evaluation of force-deformation curve; penetration force of the tomato skin and the energy required to do so. According to the obtained results, it was concluded that: (a) The structural alterations caused by the induced compression on the tomato fruits significantly altered solely the penetration force of the tomato skin; (b) the Maxwell generalized model fitted to the observed data in all conditions utilized; (c) the mechanical properties studied significantly decreased during storage. The values obtained for firmness of fruits stored under the temperature of 15 ºC varied between 34.68 and 21.24 N; proportional deformity modulus between 40.62 and 24.99 MPa; energy, 79.86 to 50.92 mJ; periderm penetration force between 21.33 to 11.04 N and the energy to break it between 73.12 and 44.13 mJ. On the other hand, for fruits stored at 25 ºC, the firmness values obtained were between 32.96 and 19.79 N; proportional deformity modulus between 38.61 and 22.90 MPa; energy between 74.78 and 46.99 mJ; periderm penetration force between 22.76 and 11.18 N, and the values encountered for energy to break the periderm varied between 78.37 and 39.00 MPa; (d) weight loss varied significantly among control and treatment fruits and x during storage, being that stored fruits at 25 ºC obtained higher values of this parameter; (e) significant differences between control and treatment fruits were obtained for color total difference and colorimetric indices chroma and hue angle, at both temperatures; (f) lycopene content increased during the storage time, being that solely the fruits stored at 25 ºC presented differences among control and treated fruits. The values encountered varied between 2.25 and 145.17 μg g-1 and 3.30 and 95.01 μg g-1 for tomatoes stored at 15 e 25 ºC, respectively; and (g) the total soluble solid and pH values presented differences among control fruits and treated fruits stored under 25 ºC.
Palavras-chave: Danificação mecânica
Licopeno
Propriedades físicas
Mechanical damage
Lycopene
Physical properties
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA::ENGENHARIA DE PROCESSAMENTO DE PRODUTOS AGRICOLAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: OLIVEIRA, Gabriel Henrique Horta de. Physico-chemical characteristics of tomato submitted to a controlled compression effort. 2010. 107 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3557
Data do documento: 19-Fev-2010
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf662,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.