Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3642
Tipo: Dissertação
Título: Ozônio como fumigante na proteção de milho armazenado
Título(s) alternativo(s): Ozone as fumigant for stored maize protection
Autor(es): Rozado, Adriano Ferreira
Primeiro Orientador: Faroni, Lêda Rita D'antonino
Primeiro coorientador: Urruchi, Wilfredo Milquiades Irrazabal
Segundo coorientador: Guedes, Raul Narciso Carvalho
Primeiro avaliador: Berbert, Pedro Amorim
Segundo avaliador: Velázquez, Edilberto Pozo
Abstract: O presente trabalho teve por meta avaliar a suscetibilidade dos adultos de Sitophilus zeamais (Motschulsky) (Coleoptera: Curculionidae) e Tribolium castaneum (Herbst) (Coleoptera: Tenebrionidae), submetidos ao tratamento com ozônio em diferentes camadas da massa de grãos, estimando-se, assim, os tempos letais (TL) para 50% e 95% da população de cada espécie e, ainda, avaliar a qualidade fisiológica dos grãos de milho submetidos aos tratamentos com ozônio. Grãos de milho com teor de umidade em torno de 13% (b.u.) foram distribuídos em recipientes cilíndricos, construídos em PVC, com 20 cm de diâmetro, 100 cm de altura e conexões para injeção e exaustão de gás. A 10 cm da base do recipiente, colocou-se uma tela metálica para sustentação dos grãos e formação de um plenum para melhor distribuição do gás. Para avaliar a eficácia do ozônio como fumigante, grãos de milho infestados com adultos de Sitophilus zeamais e Tribolium castaneum, obtidos de criação contínua em câmara climática do tipo B.O.D., foram distribuídos em gaiolas de 3,0 cm de altura e 15,0 cm de diâmetro, também em PVC, sendo o fundo e a tampa confeccionados em tecido do tipo organza. Estas gaiolas foram dispostas em diferentes camadas da massa de grãos (sobre o plenum, mediana e superior) e submetidas a uma atmosfera modificada com 50 ppm de ozônio em diferentes períodos de exposição. O ozônio foi injetado em fluxo contínuo de 8,0 L min-1, em conexão localizada na base (plenum) do recipiente. Para avaliar o efeito da fumigação com o ozônio na qualidade do milho, foram realizados testes de condutividade elétrica, potencial de germinação e teor de umidade. Em todo o experimento, a temperatura da massa de grãos foi mantida próxima de 25 oC. Para tanto, construiu-se uma câmara com controle de temperatura onde foram acondicionados os recipientes cilíndricos, sendo esta monitorada por meio de um sistema de aquisição e armazenamento de dados denominado 1-wire. Em todos os ensaios foram utilizados seis recipientes cilíndricos, sendo que em três destes injetou-se ozônio e nos outros foi injetado ar atmosférico (testemunha). Concluiu-se que, em geral, o aumento do período de exposição resultou no aumento da eficácia dos tratamentos com 50 ppm de ozônio para os adultos de S. zeamais e T. castaneum. A espécie que se mostrou mais susceptível foi S. zeamais. O maior período de exposição para o controle de 95% dos insetos foi de 240,75 h para o S. zeamais e de 390,18 h para o T. castaneum. O maior período de exposição para o controle de 50% dos insetos adultos foi de 124,20 h para o S. zeamais e de 234,75 h para o T. castaneum. Em geral, os tratamentos com atmosfera modificada com 50 ppm de ozônio e com ar atmosférico, não afetaram a qualidade fisiológica dos grãos de milho.
The current work aimed to assess the susceptibility of adults of Sitophilus zeamais (Motschulsky) (Coleoptera: Curculionidae) and Tribolium castaneum (Herbst) (Coleoptera: Tenebrionidae), subjected to ozone treatment at different depths in the grain mass, thus estimating the lethal time for 50% and 95% of each species population, and also assess the physiological quality of the maize grains subjected to the ozone treatment. Maize grains with moisture level around 13% (wb) were distributed in cylindrical PVC containers with 20 cm diameter, 100 cm high and connections for gas injection and exhaustion. At 10 cm from the base of the container, a metallic net was placed to sustain the grain and to form a plenum for better gas distribution. Maize grains infested with adults of Sitophilus zeamais and Tribolium castaneum, obtained from laboratory colonies from climatic chamber of the B.O.D. type, were placed in cages of 3.0 cm high and 15.0 cm diameter with top and bottom of voil to evaluate the efficiency of ozone as fumigant. These cages were placed at different grain mass depths (over the plenum, middle and top of grain column) and subjected to a modified atmosphere of 50 ppm ozone under different exposure periods. The ozone was injected in a continuous flow of 8.0 L min-1 in connection located at the base (plenum) of the container. Tests of electrical conductivity, germination potential and humidity level were carried out in the maize grains to assess the ozone effect on them. The grain mass temperature was maintained around 25 oC throughout the experiment. To do that, a temperature controlled chamber was built where the containers were placed. The temperature was monitored through a data acquisition and store system called f-wire. Six cylindrical containers were used in all of the assays and in three of these ozone was injected, while the remaining ones were injected with atmospheric air (control). It was concluded that in general the increase in exposure period increased the efficiency of the treatments with 50 ppm ozone for adults S. zeamais and T. castaneum. The species S. zeamais was more susceptible. The highest exposure period to control 95% of the insects was of 240.75 h for S. zeamais and 390.18 h for T. castaneum. The greatest exposure period to control 50% of the adult insects was 124.20 h for S. zeamais and 234.75 h for T. castaneum. In general, the treatments with modified atmosphere containing 50 ppm ozone and atmospheric air did not affect the physiological quality of the maize grains.
Palavras-chave: Ozônio
Milho
Sitophilus zeamais
Tribolium castaneum
Ozone
Corn
Sitophilus zeamais
Tribolium castaneum
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: ROZADO, Adriano Ferreira. Ozone as fumigant for stored maize protection. 2005. 58 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3642
Data do documento: 18-Fev-2005
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf262,98 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.