Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3656
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorVeloso, Gustavo Vieira
dc.date.accessioned2015-03-26T13:23:54Z-
dc.date.available2014-05-09
dc.date.available2015-03-26T13:23:54Z-
dc.date.issued2013-07-30
dc.identifier.citationVELOSO, Gustavo Vieira. Automation system direction of a coffee harvester. 2013. 79 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.por
dc.identifier.urihttp://locus.ufv.br/handle/123456789/3656-
dc.description.abstractO café é um dos principais itens de exportação do Brasil, como um dos líderes na balança comercial, e responsável por gerar um grande número de empregos. A colheita é a operação mais complexa e dispendiosa dentro do processo produtivo deste grão, principalmente em relação à mão de obra. Assim, cada vez mais, se faz necessário mecanizar esse processo. A colheita pode ser realizada de três formas: a manual, a semi- mecanizada e a mecanizada. A mecanização da coleta do café promove a diminuição da mão-de-obra necessária, que incorre na redução dos custos de produção. Entretanto, não há uma solução plenamente executável para a mecanização da colheita do café em regiões montanhosas. Assim sendo, os altos custos associados com a colheita manual, nestas regiões, são repassados ao consumidor. Para reduzir os custos da colheita, pesquisas estão sendo realizadas para o desenvolvimento de colhedoras adaptadas para este tipo de relevo. O grande empecilho está relacionado à manobrabilidade e ao risco de tombamento da colhedora. Assim, há a necessidade da construção de um sistema de máquina adaptado à declividade do terreno, e isso irá demandar o desenvolvimento de um sistema de direção das rodas desta máquina em questão que seja inovador. Em outras monoculturas, o conceito de orientação automática já vem sendo realizado, com o uso de componentes eletrônicos associados com o maquinário agrícola. Todos os sistemas de controle da máquina são ligados uma central de comando. Por sua vez, a central utiliza algoritmos armazenados em sua memória, para executar funções preestabelecidas pelo operador. Como, por exemplo, a execução as funções de direção e controle da máquina na área de colheita. Para isso existem sistemas CLP (controlador lógico programável) que empregam microcontroladores responsáveis pelos controles dos sistemas de direção de máquinas agrícolas. Entre os sistemas microcontrolados, tem-se a plataforma Arduino, que vem ganhando força devido ao seu baixo custo de aquisição dos componentes e a simplicidade de programação. Desse modo, o objetivo desse trabalho foi desenvolver dois sistemas de controle da direção de uma colhedora de café para regiões montanhosas, com base em CLP e Arduino. Os dois sistemas de controle da colhedora foram avaliados e comparados em laboratório. Os sistemas foram montados na colhedora de café, e foram utilizados sensores potenciométricos para controlar a direção das rodas. O ângulo de esterçamento das rodas executado a partir de do algoritmo foi o critério utilizado para avaliação dos sistemas desenvolvidos. Durante o estudo foram considerados dois tipos de movimentos da máquina. O primeiro foi realizado com as rodas em paralelo, enquanto o segundo com as rodas em movimento curvilíneo. Para o sistema de movimentação em paralelo, foram considerados doze (12) ângulos de execução e para o sistema em movimento curvilíneo, foram considerados oito (8) ângulos de execução. O delineamento inteiramente casualizado foi aplicado na realização desse estudo, com quatro repetições para a movimentação em paralelo e cinco repetições para o curvilíneo. Para os dois sistemas foram feitas validações, sendo comparados os resultados em cada roda e em cada movimento (paralelo e curvilíneo). Os resultados mostraram uma grande exatidão para os dois sistemas desenvolvidos, quanto ao movimento em paralelo, para todas as rodas. Sendo que, o sistema CLP foi mais preciso que o sistema Arduino. Para o movimento curvilíneo, os dois sistemas apresentaram grande exatidão, praticamente iguais estatisticamente. Os resultados nos movimento em paralelo mostram que o sistema CLP e mais preciso que o sistema Arduino, sendo mais recomendado para aplicação na colhedora. Para o movimento em curvilíneo não ouve diferença estatística, assim poderá ser usado qual um dos dois sistemas.pt_BR
dc.description.abstractCoffee is one of the most important products exported by Brazil, it is responsible for many employments, and keeps a positive balance of trade, as well. The harvest is the most complex and expensive operation on grain production process, principally in relation to the labor. As a result, it is increasing the necessity of mechanizing.There are three types of harvest: manual, semi-manual and mechanical. The mechanical coffee harvesting decreases the labor necessary on the process, which causes reduction of production costs. However, there is not fully executable solution for mechanical harvesting in mountainous region. For this reason, the costs related to the manual harvesting are transferred to the consumers in these regions. In order to reduce the harvesting costs, many researches have been developed to adjust coffee harvesters to this type of relief. The biggest obstacles are the risk of coffee harvester tipping and the difficult to maneuver the machine.Therefore, it is necessary to build a machinery system adapted to the terrain slope and it will demand an innovative steering wheel system. The concept of automatic vehicle guidance has already happened in other types of monocrops, using electronic components associated to the agricultural machinery. All machine control systems are connected to the central command, which applies algorithms stored in the memory, to perform pre-established tasks by the operator. For example, functions of the machine such as guidance and control on the harvesting area. For this reason, there are PLC systems (Programmable Logic Controller) that use microcontrollers to control the guidance systems of agricultural machinery. Among the microcontrollers systems, the Arduino platform is highlighted due to its low cost of components and simplicity of programming language. The main objective of this work was to develop two control systems to the coffee harvester guidance, based on PCL system and Arduino platform. Both systems were evaluated and compared in laboratory. The systems were assembled in the coffee harvester and potentiometric sensors were used to control the steering wheel. The steering wheel angle run from algorithm was the criterion used to evaluate the developed system. This study considered two movements of the machine. The first was realized with tires in parallel while the second was with tires in curvilinear motion. It was considered twelve angles of execution to the parallel system motion and to the curvilinear motion was considered eight angles of execution. The entire random delineation was applied with four replications to the parallel motion and five to the curvilinear motion. Both steering wheel systems were compared through their results in each tire and motion (parallel and curvilinear). The steering wheel systems of coffee harvesters were developed and the results showed great accuracy for both systems, as much to the parallel motion as to all tires. The systems obtained great precision and were practically equals statistically on the curvilinear motion. However, the PLC system was more accurate than the Arduino system.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Viçosapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSistema de direçãopor
dc.subjectColhedorapor
dc.subjectCafépor
dc.subjectSystem directioneng
dc.subjectHarvestereng
dc.subjectCoffeeeng
dc.titleAutomação do sistema de direção de uma colhedora de cafépor
dc.title.alternativeAutomation system direction of a coffee harvestereng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5446388671333942por
dc.contributor.advisor-co1Fernandes, Haroldo Carlos
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761460E6por
dc.contributor.advisor-co2Valente, Domingos Sárvio Magalhães
dc.contributor.advisor-co2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8080945803303151por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentConstruções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produpor
dc.publisher.programMestrado em Engenharia Agrícolapor
dc.publisher.initialsUFVpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLApor
dc.contributor.advisor1Teixeira, Mauri Martins
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783316J8por
dc.contributor.referee1Monteiro, Paulo Marcos de Barros
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4798498J6por
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.