Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3682
Tipo: Dissertação
Título: Utilização do ozônio como fitossanitário na conservação pós-colheita da batata baroa
Título(s) alternativo(s): The use of ozone as phytosanitary on the conservation of postharvest arracacha
Autor(es): Ribeiro, Patrícia Helena
Primeiro Orientador: Faroni, Lêda Rita D'antonino
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo coorientador: Finger, Fernando Luiz
Primeiro avaliador: Mendonça, Eduardo Gomes de
Abstract: A podridão mole causada por bactérias do gênero Erwinia é responsável por grandes perdas da produção durante o transporte, armazenamento e comercialização da batata baroa, sendo considerada uma das doenças mais importantes desenvolvidas nas raízes. O tratamento pós-colheita mais utilizado, antes da comercialização das raízes é a lavagem durante 30 min em redes imersas em um tanque com água. Apesar do conhecimento de que o processo de lavagem acelera o apodrecimento-mole é praticamente impossível comercializar a raiz sem lavar, por rejeição do consumidor. O processo de lavagem de raízes, embora melhore a aparência, contribui para o aumento da perda de água durante o período de comercialização, pois danifica a película externa de proteção e facilita a infecção por bactérias e fungos. No Brasil não há produtos registrados no MAPA (Ministério de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento) para o controle de Erwinia em batata baroa. As desvantagens ligadas aos tratamentos convencionais tornam necessária a busca de novos métodos de controle da podridão mole na pós-colheita da batata baroa. Uma alternativa aos métodos tradicionais de tratamento pós-colheita de hortaliças é a aplicação de gás ozônio, que pode ser gerado no local por meio de uma descarga elétrica e é um forte agente oxidante e antimicrobiano que se caracteriza, principalmente, por apresentar uma alta reatividade e tempo de meia-vida entre 15 e 50 min, sendo degradado em O2, não apresentando resíduo tóxico. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a eficácia do ozônio dissolvido em água no controle de bactérias do gênero Erwinia nas raízes de batata baroa, pela análise visual e pela atividade das enzimas pectinolícas: pectinametilesterase e poligalacturonase, nos seus extratos durante o período de armazenamento; e analisar o efeito do tratamento com ozônio nas características físico- químicas da batata baroa. Para a avaliação do efeito do ozônio no controle da Erwinia, as raízes colhidas e lavadas manualmente foram tratadas com ozônio dissolvido em água, na concentração de 1,52 mg L-1. O gás foi aplicado em fluxo contínuo, na vazão de 2 L min-1, em água destilada a 20 °C e as raízes mergulhadas após a saturação da água, nos períodos de exposição 10, 20, 30 e 90 min. Como controle foram utilizadas baroas tratadas com o ar atmosférico dissolvido em água destilada a 20 °C, com vazão e períodos de exposição iguais ao tratamento com ozônio. Após esse processo, as raízes foram acondicionadas em câmara climática a 23±2 °C e 85±5% UR por 10 dias e analisadas diariamente. Foram analisados: o visual das raízes, a atividade específica das enzimas pectinolícas: pectinesterase (PME) e poligalacturonase (PG), perda de massa (PM), diferença total de cor (ΔE), teor de amido, Açúcares Solúveis Totais (AST), Açúcares Redutores (AR) e Açúcares Não Redutores (ANR). A análise visual das raízes de batata baroa ozonizadas não apresentou diferença ao controle, independentemente do tratamento aplicado. Também não houve diferença visual entre os diferentes tratamentos com ozônio. Ao final do armazenamento, a PME nos tratamentos de 30 min apresentou média menor nas baroas expostas ao ozônio em relação ao controle. Nos tratamentos de 90 min, o controle apresentou média menor que as raízes expostas ao ozônio. A PG nas raízes tratadas com ozônio por 90 min apresentou menor atividade em relação ao controle. A perda de massa decresceu com o aumento do tempo de exposição e aumentou com o aumento do período de armazenamento, porém não houve diferença estatística entre raízes expostas ou não ao ozônio. ΔE, teor de amido, AST, AR e ANR não apresentaram diferença estatística entre raízes expostas ou não ao ozônio. Verificou-se nas raízes ozonizadas que os AR apresentaram efeito quadrático significativo para tempo de exposição e período de armazenamento, atingindo o máximo em 5,29 dias e mínimo em 42,16 min. Observou-se correlação significativa e positiva entre PM x ΔE, PM x AST e PM x ANR e AST x ANR e correlação significativa e negativa entre PG x PME. Os demais coeficientes não apresentaram correlação significativa. Pode-se concluir que a aplicação do ozônio dissolvido na água na concentração de saturação de 1,52 mg L-1 não foi eficaz no controle de bactérias do gênero Erwinia nas raízes de batata baroa, pelas análises visual e enzimáticas; e não afetou as características físico-quimicas da batata baroa.
The soft rot caused by Erwinia bacteria is responsible for big production losses during transporting, storing and commercialization of arracacha, being considerated one of the most developed diseases in roots. The most used postharvest treatment before the commercialization of the roots is the washing for 30 minutes in networks immersed in a tank with water. Although the washing process accelerates the soft rot attack, it s practically impossible to commercialize the roots with no washing due to consumer s refusal. The washing process of the roots improves their appearance, but contributes to largest loss of water during the commercialization time because it damages the external film of protection and makes the contamination by bacteria and fungi easier to happen. In Brazil there are no products registered in MAPA (Ministry of Agriculture, Livestock and Development) for control of Erwinia in acarracha. The disadvantages associated with conventional treatments necessitate the search for new methods of controlling soft rot in postharvest of acarracha. An alternative to traditional methods of postharvest treatment of vegetables is the application of ozone gas, which can be generated on site by means of an electric discharge and is a strong oxidizing agent and antimicrobial characterized mainly by presenting a high reactivity and half-life between 15 and 50 min, being degraded in O2, showing no toxic residue. This paper aimed to evaluate the effectiveness of ozone dissolved on water in the control of bacteria of the genus Erwinia roots of acarracha, by visual analysis and by the activity of pectinolytic enzymes: pectinmethylesterase and polygalacturonase in their statements during the storage period; and analyze the effect of treatment with ozone on the physicochemical characteristics of acarracha. For evaluating the effect of ozone in controlling Erwinia, the roots were harvested and washed manually treated with ozone dissolved in water at a concentration of 1.52 mg L-1. The gas continuous flow was applied, at a flow rate of 2 L min-1 in distilled water at 20 ° C and the roots dipped after water saturation, with durations 10, 20, 30 and 90 minutes. For the control arracachas were treated with atmospheric air dissolved in distilled water at 20 ° C, and a flow rate equal periods of exposure to ozone treatment was used. After this process, the roots were placed in a climatic chamber at 23 ± 2 ° C and 85 ± 5% RH for 10 days and analyzed daily. Were analyzed: the look of roots, the specific activity of enzymes pectinolícas: pectinesterase (PME) and polygalacturonase (PG), weight loss (WL), total color difference (ΔE), the starch content, total soluble sugars (TSS) , Reducing Sugars (RS) and non-reducing sugars (NRS). Visual analysis of the roots of acarracha ozonated showed no difference to the control independently of the treatment employed. There was also no visual difference between different ozone treatments. At the end of storage, PME in 30 min treatments showed lower average in arracachas exposed to ozone compared to control. In 90 min treatments, the control showed lower mean roots exposed to ozone. The PG in roots treated with ozone for 90 min showed lower activity compared to control. The mass loss decreased with increasing exposure time and increased with increasing storage period, but there was no statistical difference between roots exposed or not exposed to ozone. ΔE, the starch content, TSS, RS and NRS showed no statistical difference between roots exposed or not exposed to ozone. It was found in the roots ozonized that RS had significant exposure time and storage period quadratic effect, reaching a maximum of 5.29 days and minimum at 42.16 min. A significant and positive correlation between WL x ΔE, WL x TSS and PM x NRS and TSS x NRS and significant and negative correlation between PG x PME. The remaining coefficients showed no significant correlation. It can be concluded that the application of ozone dissolved in water at saturation concentration of 1.52 mg L-1 was not effective in controlling bacteria of the genus Erwinia on roots of acarracha by visual and enzymatic analyzes, and not affected physicochemical characteristics of arracacha.
Palavras-chave: Armazenamento
Arracacia xanthorrhiza
Erwinia - Controle
Ozônio
Storage
Arracacia xanthorrhiza
Erwinia - Control
Ozone
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ
Programa: Mestrado em Engenharia Agrícola
Citação: RIBEIRO, Patrícia Helena. The use of ozone as phytosanitary on the conservation of postharvest arracacha. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Construções rurais e ambiência; Energia na agricultura; Mecanização agrícola; Processamento de produ) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3682
Data do documento: 29-Nov-2013
Aparece nas coleções:Engenharia Agrícola

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,92 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.