Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/375
Tipo: Tese
Título: Anatomia foliar, prospecção fitoquímica e da atividade antioxidante de extratos de Ficus subgênero Pharmacosycea (Miq.) Miq. (Moraceae)
Título(s) alternativo(s): Leaf anatomy, phytochemical and antioxidant activity of extracts of Ficus subgenus Pharmacosycea (Miq.) Miq. (Moraceae)
Autor(es): Coelho, Victor Peçanha de Miranda
Primeiro Orientador: Ventrella, Marília Contin
Primeiro coorientador: Azevedo, Aristéa Alves
Segundo coorientador: Leite, João Paulo Viana
Primeiro avaliador: Agra, Maria de Fátima
Segundo avaliador: Gomes, Carlos Nick
Abstract: As dificuldades encontradas na identificação e delimitação das espécies do subgênero Pharmacosycea podem ser mitigadas com a associação de estudos anatômicos das folhas à taxonomia convencional. Soma-se a isso, a importância medicinal e farmacológica de Ficus que deve ser melhor investigada nas espécies brasileiras, onde os estudos são voltados, sobretudo, para à investigação de suas propriedades vermífugas. Os objetivos deste trabalho foram: (1) realizar o estudo anatômico das folhas das espécies de Ficus subgênero Pharmacosycea, visando à seleção de caracteres úteis para a taxonomia do grupo; (2) realizar o estudo histoquímico das folhas e a prospecção fitoquímica e da atividade antioxidante de extratos de espécies de Ficus subgênero Pharmacosycea. O estudo anatômico foliar dessas espécies e as análises fenéticas conduzidas neste trabalho confirmam a importância da anatomia da folha como subsídio para taxonomia de Ficus. Mais da metade das espécies do subgênero Pharmacosycea seção Pharmacosycea poderão ser reconhecidas em fase vegetativa a partir desse trabalho. A ausência de monocristais prismáticos e de fibras pericíclicas anteriormente apontadas como diagnósticas para o subgênero Pharmacosycea são inconsistentes. Não foi possivel separar as espécies estudadas nas subseções Bergianae e Petenenses a partir do contorno e distribuição dos feixes vasculares do pecíolo como proposto na literatura. A presença de epiderme lisa e de periderme que descama, foram as únicas características anatômicas que deram suporte à subdivisão da secão Pharmacosycea nas subseções Bergianae e Petenenses, respectivamente. O número e distribuição dos cordões de floema na medula do pecíolo e da nervura principal são características anatômicas promissoras para a taxonomia da seção Pharmacosycea. Entretanto, devem ser avaliadas em um número maior de espécies para confirmar a validade das mesmas na taxonomia do subgênero Pharmacosycea, como também nos outros subgêneros e seções de Ficus. A composição química dos extratos das seis espécies de Ficus subgênero Pharmacosycea estudadas mostrou-se bastante heterogênea, sendo taninos e flavonoides as únicas classes de substâncias que ocorrem em todas as espécies. As análises histoquímicas demonstraram que os tricomas e o parênquima paliçádico são os principais sítios de acúmulo de fenólicos, enquanto os laticíferos são os principais sítios de acúmulo de proteínas, lipídios e terpenos. Os extratos etanólicos brutos das seis espécies de Ficus subgênero Pharmacosycea estudadas são ricos em compostos fenólicos que apresentam ação antioxidante. F. piresiana é a espécie mais promissora para estudos futuros relacionados ao potencial antioxidante de Ficus subgênero Pharmacosycea nativas do Brasil.
The difficulties encountered in the identification and delimitation of species of the subgenus Pharmacosycea can be mitigated with combination of anatomical studies of leaves to conventional taxonomy. Added to this, the importance medicinal and pharmacological of Ficus which should be further investigated in the Brazilian species, where studies are directed mainly to the investigation of their anthelmintic properties. The aims of this study were: (1) perform the anatomical study of the leaves of Ficus species subgenus Pharmacosycea aimed at the selection of useful characters for the taxonomy of the group, (2) perform histochemical study of the leaves, phytochemical and antioxidant activity of extracts of species of Ficus subgenus Pharmacosycea. The anatomical study of these species and phenetic analyzes conducted in this study confirm the importance of leaf anatomy as a basis for taxonomy of Ficus. More than half of the species of the subgenus Pharmacosycea section Pharmacosycea may be recognized in the vegetative phase from that work. The absence of single crystals prismatic and pericyclic fibers previously identified as diagnostic of the subgenus Pharmacosycea are inconsistent. Unable to distinguish the species studied in subsections Bergianae and Petenenses from contour and distribution of the vascular bundles of the petiole as proposed in the literature. The presence of smooth epidermis and periderm, were the only anatomical features that supported the subdivision of section Pharmacosycea in subsections Bergianae and Petenenses respectively. The number and distribution of phloem in the medulla of the petiole and midrib anatomical features are promising for taxonomy section Pharmacosycea. However, should be evaluated in a larger number of species to confirm their validity in the taxonomy of the subgenus Pharmacosycea, but also in other subgenera and sections of Ficus. The chemical composition of the extracts of six species of Ficus subgenus Pharmacosycea studied proved to be very heterogeneous, tannins and flavonoids are the only classes that occur in all species. Histochemical analyzes showed that trichomes and palisade parenchyma are the main sites of accumulation of phenolics, while the laticiferous are the main sites of accumulation of proteins, lipids and terpenes. The crude ethanol extracts of six species of Ficus subgenus Pharmacosycea studied are rich in phenolic compounds that exhibit antioxidant activity. F. piresiana is the species most promising for future studies related to the antioxidant potential of Ficus subgenus Pharmacosycea native Brazil.
Palavras-chave: Ficus - Anatomia
Química vegetal
Histoquímica
Antioxidantes
Ficus - Anatomy
Plant chemistry
Histochemistry
Antioxidants
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática
Programa: Doutorado em Botânica
Citação: COELHO, Victor Peçanha de Miranda. Leaf anatomy, phytochemical and antioxidant activity of extracts of Ficus subgenus Pharmacosycea (Miq.) Miq. (Moraceae). 2013. 80 f. Tese (Doutorado em Botânica estrutural; Ecologia e Sistemática) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/375
Data do documento: 1-Jul-2013
Aparece nas coleções:Botânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.