Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3857
Tipo: Dissertação
Título: Comportamento de parasitismo de Acarophenax lacunatus e impacto de sua forésia em Rhyzopertha dominica
Título(s) alternativo(s): Parasitism behavior by Acarophenax lacunatus and impact of its phoresy on Rhyzopertha dominica
Autor(es): Rocha, Silma Leite
Primeiro Orientador: Faroni, Lêda Rita D'antonino
Primeiro coorientador: Lúcia, Terezinha Maria Castro Della
Segundo coorientador: Guedes, Raul Narciso Carvalho
Primeiro avaliador: Serrão, José Eduardo
Segundo avaliador: Santos, Jamilton Pereira dos
Terceiro avaliador: Pereira, Eliseu José Guedes
Abstract: Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) é um ácaro parasitóide de ovos de algumas famílias da classe Insecta, podendo ser uma ferramenta complementar no controle de pragas de produtos armazenados. Este ácaro tem preferência por parasitar ovos de Rhyzopertha dominica (Fabricius) (Coleoptera: Bostrichidae), em cujos adultos realiza forésia, forma passiva de deslocamento. Estudos a respeito do comportamento são de fundamental importância para a compreensão de diversos aspectos da biologia de artrópodes; no entanto estudos mais detalhados a respeito do comportamento de parasitismo de A. lacunatus e de sua relação forética com R. dominica ainda são poucos. Desta forma estudou-se o comportamento de parasitismo de A. lacunatus em ovos de R. dominica, bem como sua relação forética com esse coleóptero. Para a realização deste trabalho foram feitos dois ensaios. O primeiro abordou o estudo do comportamento de parasitismo de A. lacunatus em ovos de R. dominica. O segundo ensaio foi realizado em dois testes: um para verificar se a forésia de A. lacunatus afetaria a iniciação de vôo de seu hospedeiro e o outro para averiguar se a carga forética prejudicaria o caminhamento do seu hospedeiro. No estudo do comportamento de parasitismo de A. lacunatus, o ácaro foi colocado em uma arena, juntamente com um ovo hospedeiro, sendo observado até o parasitismo. A partir destas observações, descreveu-se o comportamento de parasitismo com as seguintes categorias comportamentais: marcha exploratória inicial, marcha exploratória após o encontro do ovo e parasitismo propriamente dito. Para o teste da relação entre forésia e iniciação de vôo utilizou-se adultos não-sexados de R. dominica, com e sem ácaros foréticos. Estes coleópteros foram colocados em uma câmara de bioensaio que foi avaliada, em intervalos de 10 minutos, por uma hora, para verificar se os besouros que iniciaram vôo tinham ou não ácaros foréticos. Observou-se que a maior parte dos besouros que iniciaram vôo não tinha ácaros aderidos ao corpo. No teste da relação de cargas foréticas com o caminhamento de R. dominica, besouros contendo diferentes cargas foréticas (0, 2, 4, 6, 8, 11 e 23 ácaros/inseto) foram observados quanto à distância caminhada, ao tempo de caminhamento e o tempo sem caminhar. Besouros com cargas foréticas de dois, quatro e seis ácaros caminharam mais e ficaram menos tempo sem caminhar ao contrário do observado para besouros com cargas foréticas de oito, 11 e 23 ácaros, os quais tenderam a ter um padrão de caminhamento semelhante aos de besouros sem ácaros foréticos. Em conclusão, além de se verificar que há um padrão comportamental uniforme no parasitismo de A. lacunatus sobre ovos de R. dominica, verificou-se que a presença de ácaros foréticos esteve associada à baixa freqüência de iniciação de vôo do besouro, e que, dependendo da densidade de ácaros presos ao coleóptero, o caminhamento parece ser estimulado ou não afetado.
Acarophenax lacunatus (Cross & Krantz) (Prostigmata: Acarophenacidae) is a parasitoid mite on eggs of some Insecta; this could be a complementary tool for pest management in stored products. This mite has preference for eggs of Rhyzopertha dominica (Fabricius) (Coleoptera: Bostrichidae) attaching to the adult beetles for dispersion, a phenomenon referred to as phoresy. Behavioral studies are critical for the understanding of several aspects of arthropod biology. No investigation on the parasitism behavior of A. lacunatus on and its phoretic relationship with R. dominica has been conducted yet and thus it was the objective of this work. Two sets of studies were conducted: the first investigated the parasitism behavior of A. lacunatus on the egg of R. dominica, and the second investigated whether phoresy of A. lacunatus would affect flight initiation and if phoretic loads would affected the walking behavior of adult beetles. In the study of parasitism behavior of A. lacunatus, the mite was placed in an arena together with in one host egg and observed until the parasitism. Based on observations of several individuals, the parasitism behavior was described with the following behavioral categories: initial exploratory march, exploratory march after finding the host egg and parasitism. In the test of flight initiation, adults of R. dominica with and without phoretic mites were placed in a bioassay chamber, which was evaluated in 10-min intervals for one hour to verify whether or not there were mites attached to the beetles that initiated flight. Results showed that most beetles initiating flight had no mites attached to their bodies. In the second test involving phoresy, beetles with different phoretic loads (0, 2, 4, 6, 8, 11 and 23 mites/insect) were observed in a video-recorded arena so as to determine the distance walked, time spent walking and time without walking. Beetles with phoretic loads of two, four and six mites walked longer distances and stayed less time without walking unlike beetles with phoretic loads of 11 and 23 mites, which tended to show a walking pattern similar to beetles without phoretic mites. In addition to observing a uniform pattern in the parasitism behavior by A. lacunatus on eggs of R. dominica, the presence of phoretic mites was associated with low frequency of flight initiation by the beetle, and depending on the number of mites attached to coleopteran, walking was stimulated or unaffected.
Palavras-chave: Ácaro parasitóide
Acarophenacidade
Controle biológico
Armazenamento de grãos
Parasitoid mite
Acarophenacidae
Biological control
Grain storage
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: ROCHA, Silma Leite. Parasitism behavior by Acarophenax lacunatus and impact of its phoresy on Rhyzopertha dominica. 2007. 46 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3857
Data do documento: 28-Fev-2007
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf179,07 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.