Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3868
Tipo: Dissertação
Título: Aspectos biológicos de Oncideres saga (Dalman) (Coleoptera: Cerambycidae) e efeitos de seus danos em Acacia mangium Willd
Título(s) alternativo(s): Biological aspects of Oncideres saga (Dalman) (Coleoptera: Cerambycidae) and effects of its damages on Acacia mangium Willd
Autor(es): Cordeiro, Gláucia
Primeiro Orientador: Silva, Norivaldo dos Anjos
Primeiro coorientador: Leite, Hélio Garcia
Segundo coorientador: Carvalho, Acácio Geraldo de
Primeiro avaliador: Ferreira, Paulo Sérgio Fiúza
Segundo avaliador: Silva, Carolina Rocha da
Abstract: O presente estudo foi desenvolvido com o intuito de obter informações sobre a biologia de Oncideres saga (Dalman, 1823) e avaliar o efeito do roletamento do ponteiro principal de árvores de Acacia mangium Willd., realizado por este serrador, sobre o crescimento em diâmetro e altura. Os estudos foram realizados em um plantio de A. mangium localizado em Coimbra-MG. Primeiramente, estudou-se a biologia de O. saga de setembro/2006 a novembro/2007, através de vistorias no plantio com o intuito de avaliar o dano de O. saga, coletar galhos caídos e adulto deste inseto. As atividades de laboratório foram realizadas na Casa dos Cupins/UFV, em Viçosa-MG. Os ovos de O. saga apresentaram coloração branca, formato alongado, com comprimento aproximadamente três vezes maior do que a largura, estrutura do cório lisa, comprimento de 3,54±0,03 mm e largura de 1,05±0,02 mm. O período de incubação destes ovos variou de oito a 14 dias e a viabilidade foi de 52,89%. As larvas de primeiro ínstar apresentam tegumento esbranquiçado e semitransparente, são ápodas, do tipo cerambiciforme, com cabeça prognata e retraída para dentro do protórax; suas antenas são curtas, as mandíbulas robustas e curtas. O comprimento médio destas larvas foi de 2,92±0,04 mm, as larguras médias do corpo e da cápsula cefálica foram iguais a 1,02±0,01 mm e 0,62±0,01 mm, respectivamente. A época de ocorrência de O. saga foi de janeiro a abril de 2007 e o período de atividade de adultos foi de quatro meses. Adultos de O. saga se alimentaram da casca, do pecíolo das folhas e de parte do limbo foliar próximo do pecíolo. A oviposição por O. saga nos galhos de A. mangium foi realizada sempre próxima à incisão de postura, de modo a ficar entre a casca e o lenho. Foi encontrado um ovo em cada incisão de postura, raramente dois, e a média de incisões de postura por galho cortado foi de 80,33±16,81, apresentando o terço inferior a maior quantidade das incisões (64,73%). Adultos podem ser sexados com base no comprimento total da antena, com ênfase no décimo primeiro antenômero. Verificou-se que 77,78% (n=9) dos roletamentos foram realizados no fuste. O diâmetro dos galhos roletados foi de 6,68±0,70 cm e o comprimento destes galhos foi 3,45±0,16 m. Com apenas um roletamento, O. saga causou desfolhamento médio de 135.069,4±24.354,4 cm2, o que corresponde a uma perda de 14,79% da área foliar da árvore, e ele pode, assim, ser considerado um besouro desfolhador de essências florestais. Foi constatada a presença de um escolitídeo nos galhos de A. mangium roletados por O. saga e quatro cerambicídeos emergiram destes galhos, Engyum quadrinotatum Thomsom, 1864; Eburodacrys sexmaculata (Olivier, 1790); Achryson surinamum (Linnaeus, 1767) e Neoclytus pusillus (Laporte & Gory, 1838). Em outra etapa foi instalado um experimento para avaliar o efeito do corte do ponteiro principal de A. mangium, em maio de 2007, com delineamento em blocos ao acaso, e parcelas subdivididas no tempo em função das idades das árvores (40 a 46 meses). Foram avaliadas, mensalmente, 54 árvores dispostas em três blocos, nas quais foram aplicados três tratamentos, com seis repetições cada. Os tratamentos aplicados consistiram em Nenhuma injúria (T1=Testemunha), Desfolhamento do ponteiro principal (T2) e Corte do ponteiro principal (T3). Foram mensurados os diâmetros com casca a 1,30 m (DAP) e a 20 cm (DAB) do solo, e a altura total (H) de cada árvore no experimento. Como resultado, constatou-se que o corte do ponteiro principal, à semelhança do que faz O. saga, afetou o crescimento em diâmetro e em altura, e o efeito em altura é equivalente ao efeito devido ao desfolhamento, em A. mangium. Concluiu-se, assim, que o besouro serrador da espécie Oncideres saga pode ser considerado como besouro desfolhador, nesta essência florestal.
The present study was performed to obtain information on the biology of Oncideres saga (Dalman, 1823) and to evaluate the effects of its girdling of branches and trunks of Acacia mangium Willd. trees in terms of increase in diameter and height . The study on the biology of this insect pest was performed in a plantation of A. mangium located in Coimbra- MG, between September/2006-November/2007. Damage was assessed by collecting fallen branches and adults of this insect. The laboratory activities were performed in the Casa dos Cupins/UFV, in Viçosa-MG. The eggs of O. saga were of white coloration, of elongated shape, with length being approximately three times greater than the width average length of 3,54±0,03 mm and width 1,05±0,02 mm. The incubation period of eggs varied from 8 - 14 days and the viability was 52,89%. First instar larvae are whitish and semi- transparent, they have no legs, they have a prognathous head that is retracted in the prothorax, the antennae are short, and the mandibles are robust and short. The larvae average length was 2,92±0,04 mm, while the average widths of the body and of the head capsule were 1,02±0.01 mm and 0,62±0,01 mm, respectively. Sex of adults can be distinguished by total length of the antenna, with emphasis on the eleventh antennal segments. The occurrence period of O. saga was from January-April 2007 and the period of adult activity was 4 months. Adults of O. saga fed on the bark, on the epidermis of the leaf petiole (leafstalk) and also on the phyllode. Oviposition by O. saga in the branches of A. mangium was always close to the incision, with the egg being deposited between the bark and the xylem. There was only one egg per incision, rarely two and the average number of incisions for a girded branch was 80,33±16,81; the lower third had the largest amount of incisions (64,73%). It was found that 77,78% (n=9) of the girdle were made in the shaft. The average diameter of the girded branches was 6,68±0,70 cm and the average length of these branches was 3,45±0,16 m. With only one girdle, O. saga caused an average leaf loss of 135.069,4±24,354.4 cm2, which corresponds to a loss of 14,79% of foliar area of the tree. This beetle can therefore be considered an important defoliator of forests. The presence of one Scolytidae species was verified in branches of A. mangium girdled by O. saga, and four cerambycid species also emerged from these branches, which were identified as Engyum quadrinotatum Thomsom, 1864; Eburodacrys sexmaculata (Olivier, 1790); Achryson surinamum (Linnaeus, 1767) and Neoclytus pusillus (Laporte & Gory, 1838). Another experiment was carried out in May 2007 in order to evaluate the effect of sawing the main shoot of A. mangium. Blocks were randomized, and portions were subdivided according to ages of trees (from 40 - 46 months). Fifty-four trees were examined monthly in three blocks, in which three experimental treatments were applied, with six replicates for each one. The applied treatments consisted of "No damage" (T1= Control), "Artificial defoliation of the main shoot (T2) and "Artificial cut of the main shoot (T3). I also measured for each tree the total height (H) and the diameters with bark at 1,30 m (Breast diameter) and 20 cm (Base diameter) from the ground. It was concluded that the artificial cut of the main shoot (equivalent to girdling by O. saga) affected growth in diameter and in height. The effect on height was equivalent to the effect due to defoliation of A. mangium by O. saga. Thus, we conclude that this beetle can be considered as a serious defoliator in this forest system.
Palavras-chave: Serrador
Acacia mangium
Biologia
Danos
Oncideres saga
Acacia mangium
Biology
Damages
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL::SILVICULTURA::PROTECAO FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: CORDEIRO, Gláucia. Biological aspects of Oncideres saga (Dalman) (Coleoptera: Cerambycidae) and effects of its damages on Acacia mangium Willd. 2008. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3868
Data do documento: 30-Mai-2008
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.