Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3939
Tipo: Dissertação
Título: Influência da riqueza e composição de espécies de formigas na remoção de sementes em floresta nativa e eucaliptal
Título(s) alternativo(s): Influence of richness and composition of ants species in the removal of seeds in native and eucalyptus forests.
Autor(es): Dornelas, Lucas Gonçalves
Primeiro Orientador: Schoereder, José Henrique
Primeiro coorientador: Guerra Sobrinho, Tathiana
Segundo coorientador: Sperber, Carlos Frankl
Primeiro avaliador: Campos, Ricardo Ildefonso de
Segundo avaliador: Teixeira, Marcos da Cunha
Abstract: A intensificação e expansão das atividades humanas têm aumentado a perda de espécies nos mais diversos habitats, o que tem direcionado as pesquisas para uma nova área do conhecimento, que investiga a influência da biodiversidade sobre o funcionamento dos ecossistemas. Dessa forma, objetivou-se com este trabalho avaliar se a riqueza e a composição de espécies de formigas afetam positivamente a taxa de remoção de sementes em ambiente natural e ambiente antropizado (em florestas de Eucalyptus). Para isso duas hipóteses foram testadas: (i) a maior riqueza de espécies de formigas afeta positivamente, aumentando a taxa de remoção de sementes; (ii) e existem diferenças na composição de espécies de formigas entre os ambientes e isso reflete nas diferentes taxas de remoção de sementes. No estudo foram oferecidas às formigas sementes de Mabea fistulifera (10 sementes por ponto) em 10 pontos em distribuídos ao longo de dois transectos envoltas por gaiolas de arame. Associadas às sementes foram colocados pitfalls de solo sem iscas distantes 2 metros e após 48 horas foram registradas as remoções e coletados os pitfalls. A riqueza e composição de espécies de formigas afetaram de modo similar a taxa de remoção de sementes nos dois ambientes. Nas florestas nativas, registrou-se 31,82% de remoção e nas florestas de Eucalyptus, 31,42%, e ambas apresentaram a tendência do aumento da taxa de remoção à medida que se aumentava a riqueza de espécies, indo de encontro com a hipótese da linearidade do efeito da biodiversidade sobre o funcionamento dos ecossistemas. Assim, comparando mata e eucaliptal, conclui-se que a complexidade da vegetação e sua heterogeneidade proporcionaram vantagens (recursos e condições) para o estabelecimento de uma maior quantidade de espécies de formigas e, consequentemente, maior taxa de remoção de sementes. A identidade das formigas é um fator que deve ser considerado na remoção, porém, uma possível diferença entre os dois ambientes não foi encontrado em nosso trabalho.
The intensification and expansion of human activities have increased the loss of species in various habitats, which has directed researches to a new area of knowledge that investigates the influence of biodiversity on ecosystem functioning. This study assessed whether the species richness and composition of ants positively affect the seed removal rate of from native and implanted environments (Eucalyptus forests). Two hypotheses were tested: (i) higher species richness positively affects the ecosystem functioning, increasing seed removal rate; (ii) and there are differences in the ant species composition between the environments, which reflects in the ecosystem functioning by different removal rates of seeds. In the study, Mabea fistulifera seeds were offered to the ants (10 seeds per point) by 10 points in two transects surrounded by wire cages. Associated with the seeds were placed soil pitfalls without bait 2 meters distant, and after 48 hours were recorded and collected the pitfalls removals. The ant species richness and composition similarly affected the seed removal rate in both environments. In native forests, there were 31.82% of seed removal and in the Eucalyptus forest were 31.42%, with the increasing trend of removal rate as increase species richness, suggesting the hypothesis of linearity which relating the effects of biodiversity on ecosystem functioning occur in the studied environments. Thus, comparing both environments, we conclude that the complexity and heterogeneity of vegetation provides benefits (resources and conditions) to establish a greater number of ant species and, consequently, higher removal rate of seeds. The identity of the ants is another factor that should be considered for removal, however, a possible difference between the environments wasn t found in our study.
Palavras-chave: Biodiversidade
Formigas
Remoção de sementes
Floresta nativa
Floresta de Eucalyptus
Pheidole radoszkowskii
Biodiversity
Ants
Removal of seeds
Native forest
Eucalyptus forest
Pheidole radoszkowskii
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: DORNELAS, Lucas Gonçalves. Influence of richness and composition of ants species in the removal of seeds in native and eucalyptus forests.. 2011. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3939
Data do documento: 27-Jul-2011
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,22 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.