Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3949
Tipo: Dissertação
Título: Características estruturais de plantas determinam riqueza de espécies de formigas no Cerrado?
Título(s) alternativo(s): Do plant structural characteristics determine ant species richness in Cerrado?
Autor(es): Santos, Iracenir Andrade dos
Primeiro Orientador: Schoereder, José Henrique
Primeiro avaliador: Sperber, Carlos Frankl
Segundo avaliador: Souza, Og Francisco Fonseca de
Terceiro avaliador: Vasconcelos, Heraldo Luis de
Quarto avaliador: Silva, Alexandre Francisco da
Abstract: A diversidade de espécies é afetada por vários processos que operam em diversas escalas espaciais. Em escala local, as interações biológicas e físicas são geralmente importantes para a determinação da diversidade, e neste aspecto as interações entre formigas e plantas são bastante estudadas. Este estudo teve como objetivo principal investigar a importância de características estruturais das árvores, tais como arquitetura de copa, rugosidade de cascas e tamanho da planta, no padrão de ocorrência das comunidades de formigas arborícolas em cerrado, testando as seguintes hipóteses: 1) plantas com cascas mais rugosas têm maior riqueza de espécies de formigas; 2) plantas com súber mais espesso têm maior riqueza de espécies de formigas; 3) plantas com arquitetura de copas mais complexas têm maior riqueza de espécies de formigas; e 4) plantas maiores têm mais espécies de formigas. As coletas foram feitas com armadilhas do tipo pitfall em 120 plantas, distribuídas em quatro parcelas, no Cerrado da FLONA de Paraopeba, Minas Gerais, Brasil. Foram coletadas 73 espécies de formigas em 46 espécies de árvores. A rugosidade de casca teve uma relação significativa e inversa à riqueza de espécies de formigas. Assim, plantas com cascas mais rugosas apresentaram menor riqueza de espécies de formigas. Já a espessura do súber, a arquitetura de copa e o tamanho das plantas não foram significativos na riqueza de espécies de formigas nesta área de cerrado. Observamos que a avaliação de fatores locais em escalas muito pequenas, como estruturas das plantas, forma de crescimento, tamanho e as parcelas nas quais as plantas estão inseridas, são fundamentais para a compreensão do padrão de riqueza e distribuição das espécies de formigas no cerrado. Desse modo, sugerimos que os processos em pequenas escalas, tais como características estruturais e espécies das plantas, bem como recursos, sejam considerados como fatores importantes na riqueza de espécies de formigas em ambientes de cerrado.
Species diversity is affected by some processes that operate in several spatial scales. In local scale the biological and physical interactions are extremely important for the process of diversity determination. The aim of this study was investigate whether structural characteristics of trees, such as crown architecture, bark rugosity and size of the plant, influence ant species diversity, testing the following hypotheses: 1) plants with higher bark rugosity have more ant species; 2) plants with thicker suber have more ant species; 3) plants with higher crown architecture have more ant species; and 4) larger plants have more ant species. The sampling was carried out with the use of pitfall traps in 120 plants, in four plots of Cerrado, in the FLONA of Paraopeba, Minas Gerais, Brazil. We sampled 73 ant species in 46 tree species. Ant species richness decreased with bark rugosity.Suber thickness, crown architecture, and plant size did not influence ant richness species in this cerrado area. We observed that the evaluation of local factors in very small spatial scales, such as plant structure, growth form, size and plots in which the plants are inserted, are fundamental to understand ant species richness in Cerrado. In this way, we suggest that the processes in small scales, such as structural characteristics and plant species, as well as resources, may be determinant factors of ant richness species in Cerrado environments.
Palavras-chave: Formiga
Relação inseto-planta
Ecologia do cerrado
Ant
Insect-plant relationship
Cerrado ecology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: SANTOS, Iracenir Andrade dos. Do plant structural characteristics determine ant species richness in Cerrado?. 2006. 51 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3949
Data do documento: 22-Fev-2006
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf382,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.