Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3976
Tipo: Dissertação
Título: Toxicidade e respostas comportamentais ao ozônio em populações de Rhyzopertha dominica
Título(s) alternativo(s): Toxicity and behavioral responses to ozone in populations of Rhyzopertha dominica
Autor(es): Grisales, Luz Paola Velasquez
Primeiro Orientador: Faroni, Lêda Rita D'antonino
Primeiro coorientador: Pimentel, Marco Aurélio Guerra
Primeiro avaliador: Corrêa, Alberto Soares
Abstract: O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a toxicidade do ozônio para cinco populações de Rhyzopertha dominica (Coleoptera: Bostrichidae) coletadas no Brasil e verificar a influência do gás sobre o comportamento locomotor das populações. Adicionalmente, foram avaliadas as taxas respiratórias (produção de CO2) e massa corpórea para estabelecer uma associação com os níveis de susceptibilidade e padrões comportamentais. A toxicidade do ozônio foi determinada através de bioensaios de tempo-resposta, utilizando-se a concentração fixa do ozônio de 500 ppm. Os resultados de mortalidade obtidos foram utilizados para gerar as curvas de tempo-resposta, e as TL50 e TL95 foram estimadas e usadas para calcular as respectivas razões de toxicidade (RT). Os resultados indicaram que nenhuma das populações de R. dominica investigadas apresentou resistência ao ozônio. As populações foram submetidas a bioensaios de caminhamento na presença e na ausência do ozônio para determinar os padrões comportamentais de locomoção (distância, velocidade de caminhamento e tempo de repouso). O comportamento locomotor dos insetos na presença do ozônio foi semelhante ao comportamento no controle. Todavia, não foram observadas correlações significativas entre a toxicidade do ozônio e os padrões comportamentais de caminhamento; além disso, o comportamento locomotor das populações não foi influenciado pela massa corporal dos insetos, nem pela sua taxa respiratória. Foram observados diferentes padrões respiratórios entre os tratamentos com ozônio e controle, indicando que R. dominica podem reduzir suas taxas respiratórias, o que pode ser um mecanismo de defesa da espécie para escapar aos efeitos tóxicos do gás. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que o ozônio têm efeito na mortalidade de Rhyzopertha dominica, sendo uma alternativa ao uso de inseticidas tradicionais.
This study was carried out to evaluate ozone toxicity to five populations of Rhyzopertha dominica (Coleoptera: Bostrichidae) collected in Brazil, and to verify the influence of the gas on populations locomotor behavior. Also, respiratory rates (CO2 production) and body mass were assessed to establish their relationship with susceptibility levels and behavioral patterns. Ozone toxicity was determined through time-response bioassays at the ozone concentration of 500 ppm in a continuous flow of 1,5 L min-1. Mortality results were used to create time-response curves, and TL50 y TL95 were estimated and used to calculate toxicity ratios. Results indicated that none of the evaluated populations of R. dominica showed resistance to ozone. Locomotor bioassays were conducted in the presence and the absence of ozone to determine locomotion behavioral patterns (distance, walking velocity and rest time); nevertheless, the locomotor behavior of the insects in the presence of ozone was proportional to the behavior in its absence. There were not observed significant correlations between ozone toxicity and locomotion behavioral patterns. Moreover, it was observed that the locomotor behavior of the insects was not influenced by either their body mass or their respiratory rate. Different respiratory patterns were observed among the treatments, which indicate that R. dominica individuals are able to reduce their respiratory rates which can be a defense mechanism to avoid the toxic effects of the gas. On the basis of the results of this study it is possible to conclude that ozone has a effect on Rhyzopertha dominica mortality, so this gas is an alternative to traditional insecticides.
Palavras-chave: Rhyzopertha dominica
Controle
Ozônio
Toxicidade
Rhyzopertha dominica
Control
Ozone
Toxicity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: GRISALES, Luz Paola Velasquez. Toxicity and behavioral responses to ozone in populations of Rhyzopertha dominica. 2013. 43 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3976
Data do documento: 17-Jul-2013
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf750,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.