Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.custom.ufv.br//handle/123456789/3979
Tipo: Dissertação
Título: Correlação entre a reprodução do hospedeiro e a presença de inquilinos em cupins
Autor(es): Rodrigues, Vinícius Barros
Primeiro Orientador: Souza, Og Francisco Fonseca de
Primeiro avaliador: Araújo, Ana Paula Albano
Segundo avaliador: Elliot, Simon Luke
Abstract: Dada sua estrutura e condições microclimaticas, os cupinzeiros são invadidos por um diversificado grupo de organismos, incluindo outras espécies de cupins. Os cupins inquilinos são encontrados em colônias hospedeiras com volume do ninho 213,6 litros e essa relação pode estar relacionada ao desenvolvimento da colônia e a maturidade, e não simplesmente ao tamanho estrutura física. Assim, o período reprodutivo (maturidade da colônia) pode ser um dos determinantes na coabitação de inquilinos obrigatórios em cupinzeiros, devido ao investimento em reprodução. O baixo investimento da colônia hospedeira em defesa no período reprodutivo estaria vinculado ao trade-off entre reprodução e defesa. Nesse trabalho analisamos a hipótese de que o estado reprodutivo é um dos determinantes na coabitação de inquilinos obrigatórios em cupinzeiros, bem como alguns possíveis mecanismos envolvidos, como (i) baixa na resposta defensiva, (proporção de soldados no ninho e (densidade dos indivíduos. Verificamos que o período reprodutivo da colônia hospedeira está correlacionado com a presença de inquilinos. Entretanto, nesse período, não foram verificadas mudanças na resposta ao patrulhamento e ocorreu um aumento de soldados na colônia hospedeira. Além disso, mesmo com a chegada das ninfas e do aumento de soldados, a densidade na colônia não alterou. Isso sugere que o ninho possa ter aumentando o volume previamente. Além disso, entrada dos inquilinos pode acontecer após o período de revoada, pois a saída dos alados pode acarretar em um decréscimo da densidade no ninho abrindo um janela de oportunidades para os invasores.
Nest built by termites feature a controlled environment, which can hold a range of organisms, including other termite species (z inquilines). According to previous studies, obligatory inquilines are only found in host nests > 13.6 liters, perhaps due the development of host colony and not due an increase in available space. Among a range of possibility, the begging of host reproductive stage can be one determinant factor in the cohabitation by obligatory inquilines, once during the reproductive stage, the host colony can decrease the investment in defense (trade-off theory). In this work, we analyzed whether the host reproductive period is related with presence of obligatory inquilines, and we also investigate some possible mechanisms for this, such as (i) the defensive capacity of host colony, (ii) the proportion of host soldiers in the nest and/or (iii) the density of host population. Our results showed that the presence of obligatory inquiline was correlated with the host reproductive period. However, during the reproductive period, there were no changes in response of soldiers to a disturbance in the nest wall but there was an increase in the host soldiers. Moreover, even in reproductive stage and with increase of soldiers, the populational density of host colony did not change. These findings suggest that the nest structure may increase in volume before start the reproductive stage. Furthermore, the entrance of inquilines could happen after the alates release period, once the alates released can result in a decrease of population density in the nest host, resulting in a opportunity for the inquilines entrance.
Palavras-chave: Coabitação
Coexistência
Inquilinismo
Cupins
Cohabitation
Coexistence
Inquilinismo
Termites
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: RODRIGUES, Vinícius Barros. Correlação entre a reprodução do hospedeiro e a presença de inquilinos em cupins. 2013. 64 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3979
Data do documento: 26-Jul-2013
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf823 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.