Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3996
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento e reprodução do predador Brontocoris tabidus (Heteroptera: Pentatomidae) no campo após exposição à deltametrina
Título(s) alternativo(s): Development and reproduction of the predator Brontocoris tabidus (Heteroptera: Pentatomidae) in field conditions after exposition to deltamethrin
Autor(es): Gutierrez, Carolina Torres
Primeiro Orientador: Zanuncio, José Cola
Primeiro avaliador: Tavares, Mara Garcia
Segundo avaliador: Zanuncio, Teresinha Vinha
Terceiro avaliador: Lino Neto, José
Quarto avaliador: Lima, Eraldo Rodrigues de
Abstract: Os inseticidas podem afetar negativa ou positivamente o desenvolvimento e a reprodução de inimigos naturais. Piretróides, como a deltametrina, têm se mostrado seletivos a insetos benéficos como percevejos predadores, normalmente, encontrados em ecossistemas agrícolas e florestais. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o efeito da deltametrina 25 CE nas doses de 200, 400 e 800 ml/ha e água destilada (controle), no desenvolvimento, reprodução, peso e razão sexual dos adultos, além dos parâmetros da tabela de fertilidade e esperança de vida do predador Brontocoris tabidus (Signoret, 1852) (Heteroptera: Pentatomidae) no campo. A temperatura variou de 25,80 ± 0,19 °C a 15,41 ± 0,18 °C, umidade relativa de 83,4 ± 1,7%, precipitação pluvial média diária 2,9 ± 1,1mm e fotofase de 11,90 ± 0,05 horas. Os ovos de B. tabidus foram mantidos em laboratório a 25 ± 0,5ºC, 70 ± 10% de umidade relativa e fotofase de 12 horas. Ninfas de B. tabidus, de terceiro estádio, foram expostas à folhas de eucalipto impregnadas com as doses de deltametrina ou ao controle. As ninfas sobreviventes foram mantidas em sacos de organza, em plantas de Eucalyptus urophylla com pupas de Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae). Adultos de B. tabidus, desses tratamentos, foram pesados e formados 20 casais por tratamento. Foi observado o efeito das doses na sobrevivência e duração do terceiro estádio, quando B. tabidus foi exposto à deltametrina. A sobrevivência diminuiu com o aumento da dose desse inseticida. Apesar da mortalidade em todos os tratamentos com deltametrina, as ninfas sobreviventes se desenvolveram até a fase adulta. A duração do terceiro estádio foi maior pelo efeito das doses, mas a duração da fase ninfal, a razão sexual e a massa corpórea desse predador foram semelhantes entre tratamentos. Os períodos de pré-oviposição, oviposição e pósoviposição, os números de ovos/fêmea, ninfas/fêmea e a taxa diária de oviposição foram semelhantes entre tratamentos, com valores de 508,80 ± 76,44 ovos/fêmea no controle a 567,95 ± 98,30 ovos/fêmea na superdose de 800 ml/ha; e 358,60 ± 59,05 ninfas/fêmea no controle a 385,30 ± 53,73 ninfas/fêmea na dose de 400 ml/ha. O tratamento com 400 ml/ha, dose comercial recomendada para o controle de largartas desfolhadoras de eucalipto, apresentou R0 de 125,7 fêmeas/fêmea, rm de 0,059 e TD de 11,634 e maior esperança de vida e pico de fertilidade específica. Os tratamentos com 200 ml/ha e 800 ml/ha apresentaram valores semelhantes nos parâmetros da tabela de vida, demonstrando que o crescimento e a expectativa de vida desse predador não foram prejudicados. A superdose apresentou elevada fertilidade específica, mas baixa sobrevivência. As doses de deltametrina podem ser consideradas seletivas para B. tabidus e serem utilizadas, com esse predador, em programas de Manejo Integrado de Pragas.
Insecticide usage can have a detrimental impact on the development and reproduction of natural enemy s populations. Pyrethroids such as deltamethrin is widely used in agroecossystems and forest plantations where has shown selectivity to beneficial insects such as predatory bugs. The soldier bug Brontocoris tabidus (Signoret, 1852) (Heteroptera: Pentatomidae) is an important predator of caterpillars in Eucalyptus plantations. This study measured the effect of three 25 EC deltamethrin formulations (200, 400 e 800 ml/ha) and distilled water as the control, on nymphal survival, developmental time, adult weight and sexual ratio, and fertility and life expectancy table parameters for the predatory bug B. tabidus. Climatic conditions had mean values of 25,80 ± 0,19 °C to 15,41 ± 0,18 °C temperature, 83,4 ± 1,7% RH, 2,9 ± 1,1 mm of pluviosity and 11,90 ± 0,05 h of photofase. Egg batches were in laboratory at 25 ± 0,5 ºC, 70 ± 10% RH and 12 h of photofase. Third-instar nymphs were exposed to eucalipt leaves impregnated with deltamethrin solutions or control according to treatmens. Nymphs that survived were transfered into cloth bags to field conditions, in plants of Eucalylptus urophylla, fed with Tenebrio molitor L. (Coleoptera: Tenebrionidae) pupae. Adults were weighted and 20 couples per treatment were set in cloth bags tied to eucalypt leaves. The deltamethrin doses showed effect on survival and duration of the third-instar nymphs given the fact that such instar was exposed to the pyrethroid. Survival of third-instar nymphs was reduced as the doses increased. Despite the high mortality caused by the overdose the survival immatures reached adult stage. Third instar duration of B. tabidus was increased by the effect of the doses however the total duration of the nymphal development and the adult weight and sext ratio were similar in all treatments. Female fecundity expressed by the pre-oviposition, oviposion and post-oviposition periods was similar in all treatments, and the mean egg and nymph numbers ranged from 508,8 ± 76,4 eggs/female (control) to 567,9 ± 98,3 eggs/female (800 ml/ha); and 358,6 ± 59,0 nymphs/female (control) to 385,3 ± 53,7 nymphs/female (400 ml/ha). Life table parameters of population growth of this predator showed a reproductive rate of 125.7 females/female, intrinsic rate of increase of 0.059 and a generation time of 11.6 days when exposed to the commercial dose of 400 ml/ha of deltamethrin. The commercial dose also showed the highest life expectancy and fertility point values of all treatments. The overdose showed high specific fertility but low survival rate. The deltamethrin low-dose and overdose showed similar life table values which demonstrates that growth and life expectancy of the predator were not harmed by the insecticide. Deltamethrin doses can be considered selective to B. tabidus and can be used with this predatory bug in the Integrated Pest Management programs.
Palavras-chave: Brontocoris tabidus
Deltametrina
Controle biológico
Brontocoris tabidus
Deltamethrin
Biological control
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: GUTIERREZ, Carolina Torres. Development and reproduction of the predator Brontocoris tabidus (Heteroptera: Pentatomidae) in field conditions after exposition to deltamethrin. 2006. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2006.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3996
Data do documento: 24-Fev-2006
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf287,13 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.