Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/3997
Tipo: Dissertação
Título: Importância da vegetação espontânea na polinização de pimenta, Capsicum frutescens
Título(s) alternativo(s): Importance of spontaneous vegetation in the pollination of pepper, Capsicum frutescens
Autor(es): Oliveira, Rafael Macedo de
Primeiro Orientador: Venzon, Madelaine
Primeiro coorientador: Siqueira, Maria Augusta Lima
Segundo coorientador: Santana, Weyder Cristiano
Primeiro avaliador: Pinto, Cleide Maria Ferreira
Abstract: Na maioria das regiões brasileiras é encontrada uma paisagem de fragmentos de vegetação nativa em uma matriz de sistemas produtivos. Isso tem ocasionado uma diminuição na diversidade de polinizadores e consequentemente da produção de diversas culturas. Neste trabalho, no capítulo 1 foi estudada a duração das flores e receptividade estigmática de pimenta-malagueta Capsicum frutescens, e a importância da polinização na produção. No capítulo 2, foram estudados os principais visitantes florais de pimenta-malagueta, a importância da vegetação espontânea na abundância de visitantes florais e na produção de frutos. Os experimentos de duração da flor e de receptividade estigmática foram realizados no laboratório de Entomologia da EPAMIG avaliando-se 30 botões florais. Para avaliar a importância da polinização na produção foi realizado um experimento em Oratórios/MG. Foram marcados 896 botões florais para compor os tratamentos de polinização livre e restrita. Os experimentos de importância da vegetação espontânea na atração de polinizadores e produção de pimenta-malagueta foram realizados em Oratórios/MG em três áreas experimentais compostas de 100 plantas livres de vegetação espontânea e outras três áreas também com 100 plantas, porém com vegetação espontânea na borda e na entrelinha do cultivo de pimenta e em Piranga/MG em quatro áreas experimentais livres de vegetação espontânea e em quatro com vegetação espontânea na borda do cultivo e na entrelinha. A receptividade estigmática ocorreu no dia da antese de 9 às 12 h. Os principais visitantes florais foram abelhas, sendo Tetragonisca angustula a única espécie comum no ambiente. A diversidade de visitantes florais foi maior na área com pimenta sem vegetação espontânea. No entanto, a área com vegetação espontânea em uma das bordas do cultivo teve maior abundância de visitantes florais. Os frutos advindos de flores polinizadas tiveram maior massa que frutos de polinização restrita. Nas áreas rodeadas com vegetação espontânea observou-se produção superior de pimenta comparado com as áreas sem vegetação espontânea. Conclui-se que a vegetação espontânea é importante para obter maior abundância de polinizadores e maior produção de pimenta.
In most Brazilian regions a landscape of patches of native vegetation is found in an array of productive systems. This has caused a decrease in pollinator diversity and consequently the production of various crops. This work was initially studied the stigmatic receptivity of chilli pepper, Capsicum frutescens and the importance of pollination in the production (Chapter 1). Subsequently, the main pollinators of chili, the importance of spontaneous vegetation in the abundance of floral visitors and production of chilli pepper (Chapter 2) was studied. The experiments lasting flower and stigmatic receptivity were conducted in the laboratory of Entomology EPAMIG with 30 buds. Have the experiment to evaluate the importance of pollination in the production was performed in Oratorios/MG , in which 896 flower buds were marked to compose the two treatments , and restricted free pollination . Finally experiments of importance of spontaneous vegetation attract pollinators and production of chilli pepper were conducted in the municipalities of Oratorios/MG in six plants composed of 100 experimental sites, three free spontaneous vegetation and three containing spontaneous vegetation in edge and the line between the cultivation of pepper and Piranga/MG which had four of eight experimental areas free of spontaneous vegetation and the other four had the presence of spontaneous vegetation at the edge of cultivation and leading. The stigmatic receptivity occurred on the day of anthesis of 9 to 12 hours. The main floral visitors were bees, Tetragonisca angustula being the only species considered common in the environment. The diversity of floral visitors was higher in areas with pepper and without spontaneous vegetation. However, the area with natural vegetation present in one of the edges of the crop had greater abundance of floral visitors, showing that spontaneous vegetation is important for attracting pollinators. The proceeds of fruits pollinated flowers had greater mass than fruits of restricted pollination. The areas surrounded with spontaneous vegetation had a higher production of pepper compared with areas without spontaneous vegetation. Therefore, the spontaneous vegetation is important for higher abundance of pollinators and increased production of pepper.
Palavras-chave: Capsicum frutescens
Polinização por insetos
Manejo da vegetação
Capsicum frutescens
Pollination by insects
Vegetation management
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::ENTOMOLOGIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: OLIVEIRA, Rafael Macedo de. Importance of spontaneous vegetation in the pollination of pepper, Capsicum frutescens. 2014. 61 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/3997
Data do documento: 14-Fev-2014
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf838,19 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.