Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4012
Tipo: Dissertação
Título: Polinização entomófila de Cucurbita moschata Poir em áreas agrícolas nos municípios de Viçosa e Paula Cândido, Minas Gerais, Brasil
Título(s) alternativo(s): Entomophilic pollination of Cucurbita moschata Poir in areas agricultural on the municipal district of Viçosa and Paula Cândido, Minas Gerais, Brazil
Autor(es): Serra, Bruna Danielle Vieira
Primeiro Orientador: Campos, Lúcio Antonio de Oliveira
Primeiro coorientador: Vieira, Milene Faria
Segundo coorientador: Message, Dejair
Primeiro avaliador: Drummond, Murilo Sérgio
Segundo avaliador: Silva, Derly José Henriques da
Abstract: O trabalho teve por objetivo verificar a entomofauna polinizadora de Cucurbita moschata na região de Viçosa, Minas Gerais, estudar o comportamento desses insetos nas flores e avaliar sua importância para a polinização dessa planta, verificando o papel de cada polinizador, isoladamente. Além de analisar aspectos da biologia floral e padrão diário de atividade dos visitantes florais. O estigma esteve receptivo de 5:00h às 12:00h e a viabilidade dos grãos de pólen foi 96,68%. As espécies de abelhas mais freqüentes nas flores de Cucurbita moschata foram Trigona spinipes, T. hyalinata, Apis mellifera e Melipona quadrifasciata. A maior atividade de abelhas ocorreu entre 7:00h e 10:00h, havendo diferenças nas espécies de abelhas mais abundantes nas distintas áreas de estudo. O comportamento de visita de A. mellifera, M. quadrifasciata, e Bombus morio foi semelhante. Visitavam as flores para coleta de néctar posicionando-se verticalmente entre a corola e as estruturas sexuais das flores, com o dorso voltado para o eixo floral, o que permitia a remoção do pólen das anteras das flores estaminadas e sua deposição nos estigmas das flores pistiladas. T. spinipes e T. hyalinata forrageavam em grupo e monopolizavam as fontes, afugentando outras espécies que tentavam pousar nas flores que ocupavam. As abelhas visitaram as flores apenas para coleta de néctar, não foi observada coleta de pólen, embora seus corpos ficassem repletos de grãos após visitas às flores estaminadas. Não houve produção de frutos quando as flores foram impedidas de receberem visitas dos insetos e a partir de flores visitadas uma única vez por T. spinipes. Quando as flores foram visitadas uma única vez por M. quadrifasciata, B. morio, A. mellifera e T. hyalinata, não houve diferença na porcentagem de frutos produzidos. A produção de frutos não diferiu quando as flores foram polinizadas natural ou manualmente (F=2,53; gl=1; p=0,11). Entretanto, quando as flores foram polinizadas manualmente os frutos foram mais compridos. Diferenças no peso, número de sementes e diâmetros das porções anterior, mediana e posterior do fruto, de acordo com o tipo de tratamento (aberta ou manual), não foram encontradas. Pela análise de regressão múltipla, observou-se que nas condições das localidades estudadas, não houve efeito das variáveis abióticas temperatura, umidade relativa do ar e luminosidade, sobre o número total de abelhas coletadas. Mediante a análise de regressão simples com os dados de luminosidade e número de indivíduos de A. mellifera foi observada uma probabilidade de 98% de chance da luz explicar o número de indivíduos de A. mellifera coletados (r2=0,13; p=0,02). Entretanto, o padrão de atividade desta espécie pode estar associado ao forrageamento intenso das espécies de Trigona, que monopolizam as flores e apresentam comportamento agressivo.
The objectives of this work were to determine Cucurbita moschata s pollinator entomofauna in the region of Viçosa, Minas Gerais, to study these insects behavior on flowers and to evaluate their importance on pollinating this plant, while verifying the role of each individual pollinator. In addition, to analyze aspects from flower biology and daily activity pattern of flowervisiting insects. The stigma was receptive from 5:00h to 12:00h and the viability of pollen grains was 96,68%. The most common bee species were Trigona spinipes, Trigona hyalinata, Apis mellifera and Melipona quadrifasciata. Bee activity was higher between 7:00h and 10:00h, and there were differences on the most abundant species of bees on the different study areas. The visitation behavior of A. mellifera, M. quadrifasciata,and Bombus morio were similar. They visited flowers for nectar collection, positioning themselves vertically between the corolla and the sexual structures of the flowers, with the back directed toward the floral axis, which allowed the removal of pollen from the anthers of flowers with stamens and its deposition on the stigma of flowers with pistils. T. spinipes and T. hyalinata foraged in groups and monopolized the sources, preventing other species from landing on the flowers which they occupied. The bees visited the flowers only for nectar collection no pollen collection was observed, even though its bodies were full of grains after visits to the flowers with stamens. There was no fruit production when the flowers were prevented from receiving insect visits or from flowers visited only once by T. spinipes. When flowers were visited only once either by M. quadrifasciata, B. morio, A. mellifera or T. hyalinata, there was no difference in percentage of fruit production. There was no difference on fruit production when the flowers have received natural or manual pollination (F=2,53; gl=1; p=0,11). However, manually pollinated flowers produced longer fruits. No differences were found in the weight, number of seeds and diameters of the anterior, median and posterior portions of the fruits, according to the type of treatment (opened or manual). A multiple regression analysis showed that, under the study sites conditions, there was no effect from the abiotic variables temperature, relative air humidity and luminosity on the total number of captured bees. According to a simple regression analysis with the data of luminosity and number of individuals of A. mellifera, there is a 98% probability that light explains the number of captured A. mellifera individuals (r2=0,13; p=0,02). However, this species activity patterns might be associated with the intense foraging from the Trigona species that monopolize the flowers and show aggressive behavior.
Palavras-chave: Cucurbita moschata
Polinização
Abelhas
Cucurbita moschata
Pollination
Bees
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência entomológica; Tecnologia entomológica
Programa: Mestrado em Entomologia
Citação: SERRA, Bruna Danielle Vieira. Entomophilic pollination of Cucurbita moschata Poir in areas agricultural on the municipal district of Viçosa and Paula Cândido, Minas Gerais, Brazil. 2007. 58 f. Dissertação (Mestrado em Ciência entomológica; Tecnologia entomológica) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4012
Data do documento: 19-Jul-2007
Aparece nas coleções:Entomologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf827,59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.