Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4113
Tipo: Dissertação
Título: As práticas extensionistas da EMATER-MG sob uma perspectiva de gênero: o caso da regional de Viçosa-MG
Título(s) alternativo(s): The extensionits pratices from EMATER-MG under a perspective of thegender: the regional case of Viçosa
Autor(es): Monteiro, Douglas Emiliano Januário
Primeiro Orientador: Fiúza, Ana Louise de Carvalho
Primeiro coorientador: Ferreira Neto, José Ambrosio
Segundo coorientador: Doula, Sheila Maria
Primeiro avaliador: Lisboa, Janaína Marques de Miranda
Segundo avaliador: Amodeo, Nora Beatriz Presno
Abstract: Esta pesquisa analisa a forma pela qual as desigualdades nas relações de gênero no meio rural vêm sendo tratadas pelos Serviços de Extensão Rural no Brasil. Analisamos, especificamente, os serviços prestados pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER-MG), tomando como unidade de análise de nosso estudo a ação extensionista desenvolvida na regional do município de Viçosa. Buscouse interpretar de que maneira os direcionamentos anti-sexistas preconizados na Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER) - criada em 2003 pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) - vêm ou não incidindo na prática profissional dos técnicos e técnicas da empresa estatal, considerada uma das mais importantes agências prestadoras de serviços de extensão rural do Brasil. Conceitualmente, a temática a respeito de gênero foi abordada sob a perspectiva de crítica das formas de subordinação social das mulheres. A análise contou, também, com a referência teórica de Bourdieu, a partir dos conceitos de habitus e de campo para interpretar a prática dos extensionistas a na sua relação com o produtor e a produtora na unidade familiar. Empiricamente, relataram-se situações de desigualdade nas relações entre homens e mulheres no meio rural. Como recurso metodológico foram pesquisadas publicações e documentos anteriores e posteriores à criação da PNATER, em 2003, que subsidiaram a prática de ATER dos técnicos da EMATER-MG à luz da perspectiva de gênero. As publicações referem-se à Revista Extensão em Minas Gerais e os documentos referem-se aos Relatórios Anuais da empresa. Também foi realizada pesquisa sobre a participação do público masculino e feminino nos cursos promovidos pela EMATER-MG na Semana do Fazendeiro de 2004 a 2007 e aplicado questionários com os técnicos e técnicas da instituição regional de Viçosa. A partir da análise e interpretação dos dados foi possível perceber que as diretrizes da PNATER que têm como diretriz a busca por relações de gênero mais igualitárias ainda não se incorporou nas práticas de trabalho dos extensionistas junto a agricultores e agricultoras. Todavia habitus sexista estão presentes também internamente na instituição.
This research analyses the way which the inequality in the relation of gender in the rural area has been treated by services extension rural in the Brazil. We hard analyzed the rended services by the EMATER-MG tanking as a analyzed unit of our studies an extended action developed in the region of county Viçosa. The survey tried to play what way the preconization management anti- sexist in the Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER) raised in by the Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) has caming or not to happen in the professional practice to technical an technique in the state owned company considereted one of the most important help agency extension service in the Brazil rural area. Conceptually the theme about the gender was approached under a perspective of criticizing the ways of the women social subordination. The survey broached the Bordieu theoretical form the habitus and extensionists and their relationship between the product and the producer in the familiar unit. Empirically it related inequality relation between women and men in the rural area. As methodological resources were researched issues and earlier and later documents in the PNATER in which subsidized the practice of ATER from the EMATER-MG experts under the light of the perspective of the gender. The issues refer to the Revista de Extensão in the Minas Gerais and e the documents refer to the yearly issues of the company. Both male and female public were researched about the courses provided by EMATER- MG during the farmer week in 2004 to 2007 and questionnaires were applied by the experts with standard from regional institution of Viçosa from analyses of data interpretation was possible to realize bhat the PNATER diretrix that has a diretrix to search for equality in the gender relationship still didn't incorporate in the work practice of the extensionits with the farmer and agriculture. However habitus sexist is internment present in the institution.
Palavras-chave: Gênero
Extensão rural
PNATER
Thegender
Extension rural
PNATER
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento
Programa: Mestrado em Extensão Rural
Citação: MONTEIRO, Douglas Emiliano Januário. The extensionits pratices from EMATER-MG under a perspective of thegender: the regional case of Viçosa. 2008. 110 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4113
Data do documento: 26-Nov-2008
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.