Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4180
Tipo: Dissertação
Título: Produtores integrados na Zona da Mata Mineira: uma análise sobre as novas formas de sociabilidade rural
Título(s) alternativo(s): Integrated producers in the region of Zona da Mata in Minas Gerais: an analysis of new forms of rural sociability
Autor(es): Toledo, Gilson Soares
Primeiro Orientador: Botelho, Maria Izabel Vieira
Primeiro avaliador: Oliveira, Marcelo Leles Romarco de
Segundo avaliador: Souza, Rafael de Freitas e
Abstract: Diante das mudanças ocorridas no Brasil como decorrência da modernização da agricultura, considerou-se necessário reconhecer as especificidades advindas da diversidade de agricultores familiares existentes no país. Entre eles, foram escolhidos os produtores integrados de frango de corte que possuem um forte vínculo com a agroindústria, com a tecnologia e com uma produção voltada para atender as exigências do mercado de alimentos. Devido a essa característica, partiu-se do pressuposto de que esses produtores estariam desenvolvendo novas sociabilidades em suas relações sociais. Após o reconhecimento da realidade da Zona da Mata Mineira, constituída por aproximadamente 500 produtores integrados, objetivou-se nesta pesquisa analisar as novas formas de sociabilidade dos produtores integrados diante do processo de modernização da agricultura e, portanto, de uma nova fase da economia agrícola fortemente marcada pelo incremento das relações entre agricultura e indústria. O trabalho foi desenvolvido partindo do estudo de caso constituído por dez famílias de produtores da microrregião de Ubá integrados à Pif Paf Alimentos S/A. Para tanto, foi analisada a trajetória da ocupação e do processo de desenvolvimento agrícola na Zona da Mata Mineira, procurando evidenciar as diferentes trajetórias do campesinato nessa região a confinar a pesquisa em literatura especializada, entrevista semiestruturada, relatos orais e falas livres. Estes instrumentos de pesquisa possibilitaram entender como esses agricultores chegaram à condição de produtores integrados à agroindústria, além de permitir identificar como se manifesta a sociabilidade em diferentes espaços de inserção social. Diante dessa condição de trabalho e de vida, observou-se que diferentes espaços de sociabilidades foram criados e outros foram influenciados pelas condições da inserção nessa forma de integração produtiva. Assim, pôde-se perceber que surgiram modalidades de sociabilidades distintas nos espaços formais e informais de interação social desses produtores. Constatou-se que os lugares tradicionais de vínculos sociais sofreram diferentes dinâmicas nos modos de organização e participação. Observou-se também que, mesmo mantendo um forte vínculo com as exigências da agroindústria e do mercado, ainda permanecem características da campesinidade. No entanto, novas formas de sociabilidade estão sendo desenvolvidas, ocasionando decorrências nas ações e interações entre os produtores integrados. Reconheceu-se, portanto, as vivências dos indivíduos envolvidos na pesquisa, assim como os novos hábitos e valores sociais que foram desenvolvidos ao longo do tempo, de acordo com a opção por atuarem como produtores integrados à agroindústria.
Due to the changes happened in Brazil after the modernization of agriculture, it was considered necessary to recognize the specificities arising from the diversity of family farmers in the Country. Among them it was chosen integrated producers of broiler chickens that have a strong link with the agricultural industry, with technology and with production geared to meet the requirements of the food market. Because of this feature, it was presumed that these producers were developing new sociability in their social relations. Assuming the reality of Zona da Mata in Minas Gerais, which consists of approximately 500 integrated producers, this study aimed to examine the new forms of sociability of the integrated producers in relation to the process of modernization of agriculture and thus a new phase of the agricultural economy, strongly marked by the expansion of relations between agriculture and industry. The work was developed from a case study consisting of ten families of producers, from the region of Ubá, integrated to Pif Paf Alimentos S/A. Therefore, we analyzed the trajectory of the occupation and the process of agricultural development in this region of Minas Gerais, seeking to highlight the different trajectories of the peasantry, based on the research literature, semi-structured interviews, oral narratives and free speech. The semistructured interview, oral reports and free speech made it possible to understand how these farmers came to the condition of the agribusiness integrated producer. They also contributed to identify how sociability manifests in different areas of social inclusion. Examining this work and life condition, it was observed that different spaces of sociability were created and others were influenced by the conditions of inclusion in this form of productive integration. Therefore it was noticed that distinct modes of sociability appeared in these producers formal and informal social interactions. It was found that the places of traditional social bonds underwent different dynamics in the organization and participation manners. It was also observed that, although they maintain a strong bond with the demands of agribusiness and market, peasantry characteristics still remain. However, new forms of sociability are being developed, influencing the actions and interactions among integrated producers. In this way, the experiences of the individuals involved in the research were recognized, as well as new social values and habits that have been developed over the time, according to their choice of being integrated producer to agribusiness.
Palavras-chave: Campesinato
Produtores integrados
Sociabilidade
Peasantry
Integrated producers
Sociability
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento
Programa: Mestrado em Extensão Rural
Citação: TOLEDO, Gilson Soares. Integrated producers in the region of Zona da Mata in Minas Gerais: an analysis of new forms of rural sociability. 2012. 219 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4180
Data do documento: 7-Dez-2012
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,81 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.