Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4192
Tipo: Dissertação
Título: Juventude Rural, tecnologia e trabalho: as demandas de qualificação e domínio tecnológico para a inserção laboral no rural Multifuncional Jeceaba MG
Título(s) alternativo(s): Rural Youth, Technology and Work: The demands of training and technological qualifications for entering employment in Rural multifunctional Jeceaba MG
Autor(es): Lopes, Kamil Cheab David
Primeiro Orientador: Doula, Sheila Maria
Primeiro avaliador: Costa, Luciano Rodrigues
Segundo avaliador: Silva, Douglas Mansur da
Abstract: As ciências sociais têm se dedicado frequentemente à análise do trabalho na sociedade moderna. Em suas mais diversas perspectivas teóricas, autores clássicos do pensamento sociológico, político e antropológico, cada um a seu modo, apontaram a importância do trabalho e das relações que se constituíram a partir dele para o entendimento da sociedade. Atualmente, com as transformações tecnológicas e a reestruturação da atividade produtiva na sociedade contemporânea, estas vêm trazendo mudanças nas relações de trabalho no que diz respeito a novas exigências de qualificação por parte dos trabalhadores e na organização de sua produção. A bibliografia também indica que o mundo rural vive um momento de reconfiguração a partir do paradigma tecnológico, não sendo mais visto como um espaço voltado somente para atividade agropecuária, mas também para outras atividades caracterizando o campo multifuncional, que demanda novos domínios e aprendizagens a partir do surgimento de novos postos de trabalho. Neste estudo buscamos analisar a situação de inclusão-exclusão social dos jovens rurais do município de Jeceaba-MG a partir dos domínios tecnológicos e das qualificações exigidas no contexto de instalação de um distrito industrial que demanda mão de obra qualificada no município. Tivemos como objetivos específicos: identificar as formas de capacitação profissional disponibilizadas aos jovens; investigar a disponibilidade, acesso e domínio tecnológico dos jovens entrevistados; analisar as possibilidades profissionais e as exigências de capacitações para estes postos advindas da industrialização do município; identificar as qualificações adquiridas pelos jovens; analisar as transformações ocorridas na formulação de seus projetos de vida em relação ao trabalho e moradia e verificar a empregabilidade dos jovens rurais no contexto da multifuncionalidade do campo. Trabalhamos com a hipótese de que a multifuncionalidade do campo, se não for acompanhada de novas aprendizagens e domínios tecnológicos, também pode funcionar como fator de exclusão social dos jovens rurais, ao invés de promover sua autonomia. A metodologia utilizada compreendeu pesquisa documental, bibliográfica e pesquisa de campo (entrevistas). Os questionários foram confeccionados de forma dividida, em blocos, e de acordo com os objetivos da pesquisa.
The social sciences have often been devoted to the analysis of work in modern society in its various theoretical perspectives.Classical authors of sociological, political and anthropological thoughts, each one in its own way, pointed out the importance of work and of the relationships that have been formed from it to the understanding of society. Nowadays, the technological transformation and restructuring of the productive activity in contemporary society, these have bought changes in labor relation concerned to the new demands of qualification requirements for workers and production organization. This literature also indicates that the Rural World is experiencing a reconfiguration from the technological paradigm no longer being seen as only a space devoted to agricultural activities but also for other activities featuring multifunctional fields which demands new areas and learning from the emergence of new jobs. This study aims to analyze the situation of inclusion/exclusion of young people from the rural area located in Jaceaba- MG, from the areas of technology and skills required in the context of the establishment of an Industrial Facility that requires skilled labor in the city. We had the following objectives: identify the availability access and technological dominance of the young people interviewed; analyze the possibilities and requirements of professional training for these positions arising from the industrialization of the city (Jaceaba MG); identifying the skills acquired by young, analyze the changes occurring in the formulation of their life project in relation to work and housing and verify the employability of rural youth in the context of multifunctionality of the field. We hypothesized that the multifunctionality of the field if not accompanied by new learning and technology fields, can also work as a faction of social exclusion of rural youth, instead of promoting their autonomy. The methodology comprised desk research, literature and field research (interviews). The questionnaires were made in blocks according to the research objectives.
Palavras-chave: Juventude rural
Tecnologia
Trabalho
Rural youth
Technology
Work
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento
Programa: Mestrado em Extensão Rural
Citação: LOPES, Kamil Cheab David. Rural Youth, Technology and Work: The demands of training and technological qualifications for entering employment in Rural multifunctional Jeceaba MG. 2013. 249 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4192
Data do documento: 1-Jul-2013
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,6 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.