Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4201
Tipo: Dissertação
Título: Novas tecnologias e percepção de risco: análise das opiniões sobre transgênicos publicadas na imprensa brasileira (2003-2004)
Título(s) alternativo(s): New technologies and risk perception: an analysis of the opinions about transgenics published on the brasilian press (2003-2004)
Autor(es): Perry, Luciana da Silva Peixoto
Primeiro Orientador: Doula, Sheila Maria
Primeiro coorientador: Amodeo, Nora Beatriz Presno
Segundo coorientador: Dias, Marcelo Miná
Primeiro avaliador: Paes, Cristiane Cataldi dos Santos
Segundo avaliador: Pinho, José Benedito
Abstract: Essa dissertação faz uma análise dos textos opinativos publicados sobre os transgênicos ou organismos geneticamente modificados nos jornais Estado de Minas, Folha de S. Paulo, O Globo e Zero Hora entre 2003 e 2004. A intenção é identificar quais os principais valores sociais ou culturais que se articulam nas diferentes percepções de risco sobre os ogms que circulam nesse espaço público de veiculação de idéias. Buscou-se também identificar os principais atores sociais que se manifestam nos discursos, as temáticas e assuntos mais recorrentes e a relação estabelecida no discurso com a ciência (confiança ou desconfiança). Como aporte teórico metodológico, a análise partiu da premissa de que a tecnologia é sempre produto de tensões sociais e que conflitos dessa natureza devem ser compreendidos não apenas como disputas técnicas, mas sobretudo políticas. Assim, algumas idéias desenvolvidas por Habermas, Marcuse, Beck, Douglas e Wildavisky, Guivant e Figueiredo e outros autores da sociologia servem de orientação para o olhar dado na análise. A teoria da análise do discurso como proposta por Fiorin, Brandão e Maingueneau foi utilizada como ferramenta metodológica para a operacionalização da análise. Dentre outros achados, constatou-se que dentre os 291 textos analisados, entre cartas, editoriais e artigos, a maior parte apresenta assuntos e argumentos centrados em aspectos econômicos. Questões religiosas e ambientais foram bem menos citadas durante a argumentação. A importância dada à rotulagem também foi mínima, com poucos atores tratando do assunto. O Rio Grande do Sul foi o estado de onde vieram mais textos (41%). Em relação às tendências apresentadas referentes à utilização da tecnologia, 43% dos textos foram classificados como totalmente favoráveis, 19% totalmente desfavoráveis e 34% apresentaram uma ponderação de argumentos pró e contra os ogms.
This dissertation presents an analysis of the opinion s texts published about the genetic modified organisms in the newspapers Estado de Minas, Folha de S. Paulo, O Globo and Zero Hora, between 2003 and 2004. The aim was to identify which social or cultural values had been used in the construction of the different risk perceptions that circulated in these public spheres of debate. The objective was also to identify which social actors took part in the debate, the main themes and issues raised, and the relation established between the discourse and the science (if trustworthy or not). Methodologically and theoretically, this research was conducted considering that new technologies are always product of social tensions and can not be considered only as a technical dispute, but mainly a political issue. The ideas developed by Habermas, Marcuse, Beck, Douglas and Wildavisky, Guivant and Figueiredo, among others sociological authors are used as framework for the analysis. The Discourse Analysis theory, as proposed by Fiorin, Brandão and Maingueneau was used as a methodological tool to the texts analysis. In 291 texts read for this research, among letters, editorials and articles, the majority presents economical arguments. The religious and environmental reasons and arguments were not very much present among the texts. The labeling of the gm product was not considered important, as the majority of for the authors did not mentioned it. The Rio Grande do Sul estate was the one from which came majority the texts analyzed: (41%). In relation to the tendencies presented, 43% of the texts agreed with the use and development of gm products, 19% of the texts totally disagree with it, and 34% presents arguments of agreement and disagreement.
Palavras-chave: Transgênicos
Percepção de risco
Genetic modified organisms
Risk perception
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::EXTENSAO RURAL
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento
Programa: Mestrado em Extensão Rural
Citação: PERRY, Luciana da Silva Peixoto. New technologies and risk perception: an analysis of the opinions about transgenics published on the brasilian press (2003-2004). 2007. 123 f. Dissertação (Mestrado em Instituições sociais e desenvolvimento; Cultura, processos sociais e conhecimento) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2007.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4201
Data do documento: 27-Mar-2007
Aparece nas coleções:Extensão Rural

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf651,96 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.