Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/427
Tipo: Tese
Título: Desenvolvimento e aplicação de filmes aromatizados para melhoria da qualidade sensorial de néctar de laranja
Título(s) alternativo(s): Development and application of flavored films to improve sensory quality of orange nectar.
Autor(es): Endo, érika
Primeiro Orientador: Minim, Valéria Paula Rodrigues
Primeiro coorientador: Soares, Nilda de Fatima Ferreira
Segundo coorientador: Minim, Luis Antonio
Primeiro avaliador: Lucia, Suzana Maria Della
Segundo avaliador: Carneiro, João de Deus Souza
Abstract: O suco de laranja processado constitui um dos principais produtos exportados pelo Brasil, sendo a forma in natura apreciada mundialmente, devido ao aroma e sabor agradáveis e, também, pela reconhecida qualidade nutricional. No entanto, o consumidor apresenta certa resistência ao suco de laranja industrializado, fato relacionado às alterações sensoriais decorrentes do processamento. Devido à importância econômica do produto, do mercado consumidor cada vez mais exigente e dos problemas encontrados para sua industrialização, diversos estudos vêm sendo realizados com o intuito de prolongar sua vida de prateleira sem comprometer a qualidade sensorial. Dentro deste contexto, o uso de embalagens aromatizadas apresenta-se como alternativa potencial para melhorar o aroma do suco de laranja processado, visto que libera o aroma gradualmente para o produto, além de não ser degradado durante o processamento. Diante desta possibilidade, o presente estudo teve como objetivo desenvolver e avaliar filmes plásticos para aromatiza o néctar de laranja. Em uma 1ª etapa, desenvolveram-se filmes plásticos de polietileno de baixa densidade (PEBD) incorporados com 0% (controle), 15% e 20% dos aromas de laranja idêntico ao natural e orange fruit , os quais foram avaliados quanto à espessura, alongamento, tensão na ruptura, módulo de elasticidade, estrutura (microscopia eletrônica de varredura), estabilidade do aroma e quanto à caracterização sensorial (por meio da análise descritiva quantitativa). Após o desenvolvimento e avaliação dos filmes, procedeu-se à avaliação do néctar de laranja acondicionado com os filmes desenvolvidos. Nesta etapa, o néctar produzido foi avaliado quanto à qualidade microbiológica (coliformes e fungos filamentosos e leveduras), características físico-químicas (cor, pH, acidez total titulável, sólidos solúveis totais e ratio), análise de voláteis e caracterização sensorial (perfil sensorial e aceitação do produto). Os resultados indicaram poucas alterações estruturais e que a extrusão dos filmes aromatizados foi bem sucedida. Na avaliação da estabilidade do aroma e caracterização sensorial, verificou-se que os filmes perderam o aroma para o ambiente, indicando que necessitam de cuidados especiais durante a estocagem até o momento do uso. Os resultados obtidos para os néctares acondicionados com os filmes desenvolvidos demonstraram que houve estabilidade microbiológica, pouca alteração nas características físico-químicas, perda de voláteis e alterações consideráveis nas características sensoriais, uma vez que as amostras com filmes aromatizados apresentaram os maiores escores para os atributos sabor característico de suco natural, aroma e sabor de casca, além de apresentarem médias hedônicas superiores a 6,0 (ficando entre os termos gostei ligeiramente e gostei moderadamente ) no final da estocagem. Desta forma, verifica-se que os filmes plásticos desenvolvidos têm potencial para aromatizar o néctar de laranja e melhorar sua qualidade sensorial, sem causar grandes alterações em suas características físico-químicas.
Processed orange juice is one of the main products exported by Brazil and the fresh juice is appreciated worldwide because of the aroma, flavor and nutritional quality. However, the consumer has a certain resistance to orange juice industrialized, related to the sensory changes resulting from the processing. Due to the economic importance of the product, the consumer market and problems encountered for industrialization, several studies have been conducted in order to prolong their shelf life without compromising sensory quality. In this context, the use of flavored packaging is the potential alternative to improve the flavor of orange juice processed, as it gradually releases the aroma to the product, besides not being degraded during processing. Given this possibility, this study aimed to develop and evaluate plastic films to flavor orange juice processed. In a 1st step, plastic films of low density polyethylene (LDPE) were developed and added with 0% (control), 15% and 20% of the aromas of orange "identical to natural" and "orange fruit", which were evaluated the thickness, elongation, tensile strength, modulus of elasticity, structure (scanning electron microscopy), stability of the aroma and sensory characterization (through the quantitative descriptive analysis). After the development and evaluation of films, we performed the evaluation of orange nectar stored with the films developed. In this step, the nectar produced was evaluated for microbiological quality (coliforms and yeast and mold), physicalchemical characteristics (pH, titratable total acidity, soluble solids, ratio, and color), volatiles analysis and sensory characterization (sensory profile and acceptability of the product). The results indicated little structural change and that the extrusion of the flavored films was successful. In study of the stability of the aroma and sensory characterization, it was found that the films have lost the aroma to the environment, indicating that it is required special care during storage until the time of use. The results for the nectars stored with the developed film showed that there was microbiological stability, little change in physicochemical properties, loss of volatiles and considerable changes in the sensory characteristics, since the samples with flavored films showed the highest scores for flavor characteristic of juice, aroma and taste of peel, and showed hedonic averages higher than 6.0 (between "liked slightly" and "liked moderately") at the end of storage. Thus, it appears that the plastic films developed have the potential to flavor orange nectar and improve its sensory quality, without causing major changes in their physicochemical characteristics.
Palavras-chave: Sensorial
Aroma
Embalagem ativa
Laranja
Sensory
Aroma
Active packaging
Orange
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos
Programa: Doutorado em Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: ENDO, érika. Development and application of flavored films to improve sensory quality of orange nectar.. 2010. 157 f. Tese (Doutorado em Ciência de Alimentos; Tecnologia de Alimentos; Engenharia de Alimentos) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/427
Data do documento: 27-Set-2010
Aparece nas coleções:Ciência e Tecnologia de Alimentos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,59 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.