Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4384
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização de isolados de Xanthomonas axonopodis pv. begoniae e avaliação de defensivos agrícolas no controle da mancha foliar bacteriana em begônia
Título(s) alternativo(s): Characterization of Xanthomonas campestris pv. begoniae and evaluation of pesticides in the control of bacterial leaf spot and blight of begonia
Autor(es): Fujinawa, Miriam Fumiko
Primeiro Orientador: Oliveira, José Rogério de
Primeiro coorientador: Maffia, Luiz Antônio
Segundo coorientador: Souza, Ricardo Magela de
Primeiro avaliador: Pereira, Olinto Liparini
Segundo avaliador: Oliveira, Rosângela D arc de Lima
Terceiro avaliador: Silva, Ivanete Tonole da
Abstract: Xanthomonas axonopodis pv. begoniae (Xab) é o agente causal da mancha foliar bacteriana em begônias. A variabilidade de isolados brasileiros de Xab não é conhecida. Também, não se conhece a eficiência de defensivos agrícolas para o controle da mancha foliar bacteriana em begônias. No presente trabalho buscou-se caracterizar bioquímica e biologicamente os vinte isolados de Xab coletados nas principais regiões produtoras de begônia do estado de São Paulo, visando verificar a variabilidade destes com relação à origem geográfica, além de avaliar a eficiência de defensivos agrícolas no controle da mancha foliar bacteriana. Os resultados dos testes bioquímicos e biológicos permitiram agrupar os isolados em cinco grupos, os quais não apresentaram relação com a origem geográfica. Em relação à eficiência dos defensivos agrícolas, todos os produtos apresentaram efeito no controle da doença, com diferentes níveis de eficiência. Os produtos mais efetivos no controle foram a oxitetraciclina+estreptomicina e a oxitetraciclina+sulfato de cobre. Os produtos oxicloreto de cobre, hidróxido de cobre e óxido cuproso proporcionaram controle intermediário e a casugamicina foi o menos efetivo no controle da doença. Os produtos a base de cloreto de benzalcônio e sulfato de cobre foram fitotóxicos para begônia. A menor severidade da doença foi sempre proporcional ao aumento da concentração dos produtos.
Xanthomonas campestris pv. begoniae (Xab) is the causal agent of bacterial leaf spot and blight of begonias. The variability of Brazilian strains of Xab is not known. Neither is known about the effectiveness of pesticides to control bacterial leaf spot and blight of begonias. This study aimed to characterize biochemical and biologically twenty Xab isolates collected in begonia producing regions in the state of São Paulo to verify their variability in relation to geographical origin and to evaluate the efficiency of pesticides on disease control. The results of biochemical and biological analysis clustered isolates into five groups, which had no relation to their geographical origin. Regarding the efficiency of pesticides, all products tested had an effect in controlling the disease with different levels of efficiency. Oxitetracycline+streptomycin and oxitetracycline+cupric sulfate showed the best disease control. Copper oxychloride, cupric hydroxide, and cuprous oxide had intermediary control, and kasugamycin was less effective to control the disease. The products based on benzalkonium chloride and copper sulfate were phytotoxic to begonias. The lower disease severity was always proportional to the increase of products concentrations.
Palavras-chave: Begônia
Xanthomonas axonopodis pv. begoniae
Pragas
Controle da mancha
Defensivos agrícolas
Begonia
Xanthomonas axonopodis pv. begoniae
Pests
Leaf spot control
Pesticides
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: FUJINAWA, Miriam Fumiko. Characterization of Xanthomonas campestris pv. begoniae and evaluation of pesticides in the control of bacterial leaf spot and blight of begonia. 2009. 63 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4384
Data do documento: 28-Jul-2009
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf321,55 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.