Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4392
Tipo: Dissertação
Título: Comunidade de fitonematoides e diversidade de longidorídeos em diferentes habitats no estado de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Community of phytonematodes and diversity of longidorids in different habitats in Minas Gerais State
Autor(es): Jesus, Dalila Sêni de
Primeiro Orientador: Oliveira, Rosângela D arc de Lima
Primeiro coorientador: Oliveira, Cláudio Marcelo Gonçalves de
Primeiro avaliador: Meira Neto, João Augusto Alves
Segundo avaliador: Maffia, Luiz Antônio
Abstract: A biodiversidade é um dos recursos mais valiosos da Terra e, para a sua manutenção e melhor aproveitamento, há a necessidade de que seja conhecida em maior profundidade com base em trabalhos taxonômicos e ecológicos. Conhecer as comunidades de nematoides em solos sob cultivo ou vegetação natural, vem se tornando uma área de interesse crescente, nos últimos anos. Em relação às comunidades de fitonematoides em ecossistemas naturais, os estudos se justificam pela grande representatividade do filo Nematoda e pela necessidade de compreender a ecologia desses em seu ambiente original, uma vez que as espécies de importância agrícola originaram-se de ecossistemas naturais que se adaptaram às áreas cultivadas. Assim, objetivou-se identificar espécies de longidorídeos associados à vegetação natural de Mata Atlântica, Cerrado e em área de cultivo em municípios de Minas Gerais, além de determinar e comparar a riqueza e diversidade das comunidades de fitonematoides presentes nessas áreas. Encontraram-se sete espécies de Xiphinema (X. brasiliense, X. diffusum, X. elongatum, X. ensiculiferum, X. krugi, X. variegatum e X. surinamense) e duas espécies de Xiphidorus (X. cf. parthenus eX. amazonensis), além de duas novas espécies para a ciência, Xiphinema sp. e Xiphidorus sp., ainda não identificadas. Populações de X. krugi, X. elongatum, X. ensiculiferume Xiphidorus cf. parthenus apresentaram grande variabilidade morfométrica. Em vista da grande variabilidade morfométrica e morfológica relatada na literatura, os dados morfométricos obtidos das populações de X. krugi, foram submetidos a análise de componente principal juntamente com populações padrões, disponíveis na literatura. Essa análise indicou que as variações nos caracteres morfométricos podem refletir diferenças nos genótipos dessas, visto que se agruparam com três desses padrões. Três populações pareceram representar um novo genótipo ainda não caracterizado. As comunidades de fitonematoides associadas às coberturas vegetais de Cerrado e Mata Atlântica apresentaram maiores diversidade e riqueza. A maior abundância e riqueza estavam presentes nas comunidades de Mata Atlântica e a maior diversidade nas comunidades associadas ao Cerrado. Os gêneros com populações mais expressivas foram Discocriconemella spp., Macroposthonia spp. Meloidogyne spp. e Rotylenchus spp. em Mata Atlântica, Rotylenchulus spp. e Rotylenchus spp. no Cerrado, e em área de cultivo, Helicotylenchus spp., Meloidogyne spp. e Rotylenchulus spp.
Biodiversity is one of the most valuable resources in the earth and in order to its maintenance and best use, there is a need of its profound knowledge on the basis of taxonomic and ecological works. The studies of the nematodes communities in soils under cultivation or native vegetation is becoming an area of growing interest in recent years. In relation to communities of nematodes in natural ecosystems, the studies are justified by the great representative of the Nematoda phylum and by the need to understand the nematodes' ecology in their original setting, since the agricultural important species, that have adapted in the cultivated areas, originated from natural ecosystems. The aim was to identify longidorid species associated with natural vegetation in Atlantic Forest, Savannah and in growing areas in Minas Gerais. Complementarily intended determine and compare the richness and diversity of phytonematodes communities in these areas. Seven species of Xiphinema (X. brasiliense, X. diffusum, X. elongatum, X. ensiculiferum, X. krugi, X. variegatum,and X. surinamense) and two species of Xiphidorus (X. cf. parthenus and X. amazonensis) were found, and beyond two new species to science, Xiphinema sp. and Xiphidorus sp., not yet identified. Populations of X. krugi, X. elongatum, X. ensiculiferum and Xiphidorus cf. parthenus showed great morphometric variability. Because of the great morphometric and morphological variabilities reported in the literature, the morphometric data of X. krugi populations were subjected to principal component analysis with standards population available in the literature. This analysis indicated that variations in morphometric characters may reflect differences in these genotypes, whereas they were grouped with three of these standards. Three populations appear to represent a new genotype not yet characterized. The phytonematodes communities associated with cover crops from Savannah and Atlantic Forest showed greater diversity and richness. The highest abundance and richness were present in Atlantic Forest communities and the greater diversity in the communities associated with Savannah. The genera with significant populations were Discocriconemella spp. Macroposthonia spp. Meloidogyne spp. and Rotylenchus spp. in Atlantic Forest, Rotylenchulus spp. and Rotylenchus spp. in Savannah, and Helicotylenchus spp. Meloidogyne spp. and Rotylenchulus spp. in growing areas.
Palavras-chave: Xiphinema sp.
Xiphidorus sp.
Biogeografia
Diversidade
Xiphinema sp
Xiphidorus sp.
Biogeography
Diversity
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: JESUS, Dalila Sêni de. Community of phytonematodes and diversity of longidorids in different habitats in Minas Gerais State. 2011. 96 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4392
Data do documento: 17-Fev-2011
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,22 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.