Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4401
Tipo: Dissertação
Título: Micobiota folícola de Dimorphandra wilsonii, espécie arbórea brasileira ameaçada de extinção
Título(s) alternativo(s): Foliicolous mycobiota of Dimorphandra wilsonii, an endangered Brazilian tree species
Autor(es): Silva, Meiriele da
Primeiro Orientador: Barreto, Robert Weingart
Primeiro coorientador: Pereira, Olinto Liparini
Primeiro avaliador: Costa, Maurício Dutra
Segundo avaliador: Evans, Harold Charles
Terceiro avaliador: Bezerra, José Luiz
Quarto avaliador: Furtado, Gleiber Quintão
Abstract: Dimorphandra wilsonii Rizzini, Fabaceae, popularmente conhecida como faveiro de Wilson , é espécie endêmica de Minas Gerais, que ocorre na transição do Cerrado para a Mata-Atlântica, ao norte de Belo Horizonte. Consta do anexo I da lista da Flora Brasileira Ameaçada de Extinção, nas listas da flora ameaçada de Minas Gerais e da International Union for Conservation of Nature (IUCN), onde figura como criticamente ameaçada, o nível que antecede o de extinção. Em contrapartida, Dimorphandra mollis Benth., planta taxonomicamente muito próxima do faveiro de Wilson, popularmente conhecida como faveira e falso barbatimão , é comum e amplamente distribuída pelo Cerrado brasileiro principalmente nos estados de Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo. Com o objetivo de contribuir para o conhecimento sobre a micobiota associada a plantas ameaçadas de extinção no Brasil e, por conseguinte, também possivelmente ameaçadas, efetuou-se levantamento da micobiota folícola associada a D. wilsonii, e, paralelamente, de fungos folícolas que colonizam D. mollis, encontrados nas proximidades de indivíduos remanescentes de D. wilsonii. Nesse tipo de estudo micológico visa-se à geração de informação tanto na área micológica quanto na contribuição na geração de uma lista preliminar de espécies fúngicas em risco de extinção. Pretendeu-se excluir da lista de espécies fúngicas em risco de extinção aquelas que, além de ocorrerem sobre D. wilsonii, também ocorrem sobre D. mollis. As coletas foram concentradas nos municípios de Caetanópolis, Paraopeba, Juatuba, Fortuna de Minas, Sete lagoas e Pequi. Quinze espécies fúngicas foram encontradas, descritas e ilustradas, dentre as quais oito tiveram a região ITS (Internal Transcribed Spacer) do rDNA e a região LSU (Large Subunit 28S) parcialmente sequenciadas e comparadas filogeneticamente a outras sequências disponíveis no GenBank a fim de se obter uma compressão mais completa das relações destes gêneros. Treze espécies fúngicas foram encontradas associadas a D. wilsonii: Vesiculohyphomyces cerradensis, Johansonia chapadiensis, Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Geastrumia polystigmatis, Phillipsiella atra, Stomiopeltis suttoniae, Microcalliopsis dipterygis, Janetia sp. 1 (provável espécie nova), Byssogene sp. (provável espécie nova), Pseudocercospora sp. (provável espécie nova), Pseudocercosporella sp. (provável espécie nova), cf. Radulidium sp. (provável gênero novo). Seis espécies foram encontradas associadas a D. mollis: Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Pseudocercospora sp. (provável espécie nova), Pseudocercosporella sp. (provável espécie nova), Janetia sp. 2 (provável espécie nova) e Alveariospora distoseptata (proposto como novo gênero e espécie). As espécies Vesiculohyphomyces cerradensis, Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Geastrumia polystigmatis, Phillipsiella atra, Microcalliopsis dipterygis e Stomiopeltis suttoniae já foram relatadas ocorrendo em outras espécies de plantas tendo ampla distribuição, portanto, não tem interesse conservacionista. Quatro fungos ocorreram em ambas as espécies de Dimorphandra: Pseudocercospora sp. (provável espécie nova), Pseudocercosporella sp. (provável espécie nova), Piricauda paraguayensis e Trichomatomyces byrsonimae. Conclui-se que há possibilidade de que os três novos taxa associados unicamente a D. wilsonii: Janetia sp., Byssogene sp. e cf. Radulidium sp., mereçam o status de espécies possivelmente ameaçadas de extinção.
Dimorphandra wilsonii (Fabaceae), commonly known as faveiro de Wilson , is an endemic species of Minas Gerais, which occurs in the transition between the Cerrado and the Atlantic Forest, north of Belo Horizonte. It was included in the list of endangered species in the state of Minas Gerais, in the general list of endangered Brazilian flora, and in the list kept by the International Union for Conservation of Nature (IUCN), where it appears as critically endangered, the level that precedes extinction. In contrast, Dimorphandra mollis Benth., a plant that is taxonomically very close to the faveiro de Wilson , commonly known as faveira and falso barbatimão , is widely distributed in the Brazilian Cerrado mainly in the states of Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais and São Paulo. This work represents a continuation of the investigations started some years ago aimed at contributing to the knowledge of the mycobiota associated with endangered Brazilian plants and, therefore, also possibly threatened with extintion. A survey of the foliicolous mycobiota of D. wilsonii was undertaken and parallel to that, also the mycobiota of D. mollis occurring in the same vicinity as D. wilsonii was investigated. Such a kind of mycological study was expected to yield both interesting mycological information and to contribute towards the generation of a preliminary list of fungal species in danger of extinction. The inclusion of the mycobiota of D. mollis in the surveys aimed at excluding the fungi occurring on both plants from such a list with regards to the risk of extinction because of host loss. The surveys were concentrated in the municipality of Caetanópolis and Paraopeba, Juatuba, Fortuna de Minas, Sete lagoas e Pequi. Fifteen fungal species were found, described and illustrated of which ten had the ITS region (Internal Transcribed Spacer) the rDNA and LSU (Large Subunit 28S) partially sequenced and phylogenetically compared with other sequences available in GenBank, in order to generate a more complete understanding of the taxonomic relationships. Thirteen fungal species were found associated with D. wilsonii: Vesiculohyphomyces cerradensis, Johansonia chapadiensis, Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Geastrumia polystigmatis, Phillipsiella atra, Stomiopeltis suttoniae, Microcalliopsis dipterygis, Janetia sp. 1 (probably new species), Byssogene sp. (probably new species), Pseudocercospora sp. (probably new species), Pseudocercosporella sp. (probably new species), cf. Radulidium sp. (probably new genus). Six species were found associated with D. mollis: Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Pseudocercospora sp. (probably new species), Pseudocercosporella sp. (probably new species), Janetia sp. 2 (probably new species) and Alveariospora distoseptata (proposed as a new genus and species). The species Vesiculohyphomyces cerradensis, Trichomatomyces byrsonimae, Piricauda paraguayensis, Geastrumia polystigmatis, Phillipsiella atra, Microcalliopsis dipterygis and Stomiopeltis suttoniae are notoriously polyphagous and have been reported on a variety of substrates having a wide distribution and, therefore, have no interest for conservation. Four fungi occurred on both species of Dimorphandra: Pseudocercospora sp., Pseudocercosporella sp., Piricauda paraguayensis and Trichomatomyces byrsonimae. In conclusion, there is a possibility that three of the taxa showed be described as new since they are found strictly in association with D. wilsonii, Janetia sp., Byssogene sp., cf. Radulidium sp. and, are considered to be endangered fungal species.
Palavras-chave: Conservação
Fungos
Novidades taxonômicas
Micologia
Conservation
Fungi
New taxonomic
Mycology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: SILVA, Meiriele da. Foliicolous mycobiota of Dimorphandra wilsonii, an endangered Brazilian tree species. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4401
Data do documento: 10-Fev-2012
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf4,96 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.