Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4402
Tipo: Dissertação
Título: Seleção de rizobactérias para o controle biológico da murcha bacteriana do eucalipto
Título(s) alternativo(s): Selection of rhizobacteria for biological control of bacterial wilt of Eucalyptus
Autor(es): Santiago, Thais Ribeiro
Primeiro Orientador: Mizubuti, Eduardo Seiti Gomide
Primeiro coorientador: Maffia, Luiz Antônio
Segundo coorientador: Oliveira, José Rogério de
Primeiro avaliador: Furtado, Gleiber Quintão
Segundo avaliador: Haddad, Fernando
Abstract: Avaliou-se o potencial antagônico de 298 rizobactérias obtidas da rizosfera e rizoplano de tomateiro e de eucalipto contra Ralstonia solanacearum, agente causal da murcha bacteriana. Para a seleção de rizobactérias eficientes, realizaram-se testes em tomateiros empregando-se métodos distintos de aplicação dos antagonistas e de inoculação do patógeno: 1) plântulas oriundas de sementes microbiolizadas por embebição por 12 h em suspensão de propágulos do antagonista tiveram as raízes imersas na suspensão de propágulos do patógeno; 2) plântulas oriundas de sementes microbiolizadas por embebição por 12 h na suspensão de propágulos do antagonista foram transplantadas em solo infestado com R. solanacearum; e 3) imersão de raízes em suspensão com de propágulos do antagonista e posteriormente imersão em suspensão de propágulos de R. solanacearum. Nove isolados (UFV-11, 32, 40, 56, 62, 101, 170, 229, e 270) foram selecionados como potenciais antagonistas a R. solanacearum, pois suprimiram a murcha bacteriana em pelo menos um dos métodos avaliados. Os isolados selecionados foram novamente avaliados in vitro contra o patógeno e in vivo como agentes de biocontrole da murcha bacteriana em eucalipto frente a dois isolados de R. solanacearum. Os isolados UFV-56 e UFV-62 inibiram a murcha bacteriana em eucalipto entre 50 a 100%.
The antagonistic potential of 298 rhizobacteria obtained from the rhizosphere and the rhizoplane of tomato and eucalyptus plants was investigated against Ralstonia solanacearum. Several tests were performed using tomato plants for the selection of efficient rhizobacteria. Different methods of application of the antagonists and of inoculation of the pathogen were assessed: 1) seedlings originated from seeds that were microbiolized by soaking for 12 h in a suspension of the antagonist propagules had their roots immersed in the pathogen inoculum suspension; 2) seedlings originated from microbiolized seeds were transplanted to soil infested with R. solanacearum; and 3)immersion of roots in a suspension of propagules of the antagonist and later immersed in a suspension of R. solanacearum. Nine isolates (UFV-11, 32, 40, 56, 62, 101, 170, 229, and 270) were selected as potential antagonists to R. solanacearum, as they suppressed bacterial wilt in at least one of the methods assessed. The promising isolates had their antagonistic potentialities against two isolates of R. solanacearum tested in vitro and in vivo using inoculated eucalyptus plants. Isolates UFV-56 and UFV-62 suppressed bacterial wilt in eucalyptus by 50 to 100%.
Palavras-chave: Antagonista
Bactéria
Rizobactéria
Eucalipto
Antagonist
Rhizobacteria
Bacteria
Eucalyptus
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: SANTIAGO, Thais Ribeiro. Selection of rhizobacteria for biological control of bacterial wilt of Eucalyptus. 2010. 43 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4402
Data do documento: 22-Jul-2010
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.