Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4411
Tipo: Dissertação
Título: Subsídios para o manejo cultural e fitopatológico de Cyrtopodium cardiochilum (Orchidaceae)
Título(s) alternativo(s): Background for crop and diseases management of Cyrtopodium cardiochilum (Orchidaceae)
Autor(es): Lima, Brenda Ventura de
Primeiro Orientador: Barreto, Robert Weingart
Primeiro coorientador: Zambolim, Laércio
Segundo coorientador: Otoni, Wagner Campos
Primeiro avaliador: Pereira, Olinto Liparini
Segundo avaliador: Kasuya, Maria Catarina Megumi
Abstract: Cyrtopodium cardiochilum é uma orquídea nativa que apresenta potencial para produção de extratos para uso cosmético e farmacêutico. Devido ao seu interesse comercial e a ausência de informações na literatura a respeito dos aspectos fitotécnicos e fitopatológicos relacionados à mesma, o presente estudo teve como objetivo gerar informações que contribuam para a domesticação dessa orquídea e seu manejo. Avaliaram-se alguns substratos e combinações: brita de gnaisse, argila expandida, seixo rolado, coco em cubos (coxim) e vermiculita para o cultivo de C. cardiochilum. Todos os substratos analisados mostraram-se adequados, destacandose a mistura de argila + brita na proporção de 1:1 (v/v). Buscou-se também um fertilizante multi-nutriente compativél em função da demanda nutricional de C. cardiochilum e testou-se o efeito de diferentes doses desse fertilizante sobre o crescimento de plantas de C. cardiochilum. E por meio da análise de curva de doseresposta inferiu-se que a dose que resultou na máxima produção foi a de 100 mg/vaso/semana. Avaliou-se diferentes combinações de carvão ativado, sacarose e sais do meio Suprimento (S) com a finalidade de se determinar a composição mais favorável para a produção de plântulas de C. cardiochilum in vitro. As concentrações de 3,0 g L-1 de carvão ativado, 33 g L-1 de sacarose e 3,2 g L-1 de sais do meio S respectivamente, proporcionaram as maiores produções de massa de matéria seca de plântulas. Também foi feito um levantamento preliminar da micobiota fitopatogênica associada a C. cardiochilum. Foram encontradas seis espécies fúngicas: Sphenospora kevorkianii, Colletotrichum fructicola, Fusarium solani, Bionectria ochroleuca, Botrytis cinera e Alternaria sp. As quatro primeiras espécies fúngicas foram considearadas as mais importantes tendo sido caracterizadas morfologicamente. Metódos moleculares foram utilizados para esclarecer a identidade de C. fructicola, F. solani e B. ochroleuca. Finalmente, avaliou-se a eficiência de fungicidas no controle de podridões causadas por F. solani e B. ochroleuca em condições in vitro e in vivo. No ensaio in vitro foram analisados 4 ingredientes ativos (tiram, tiofanato metílico, captan e metalaxyl- M + mancozeb). Tanto para F. solani quanto para B. ochroleuca, tiram e tiofanato metílico na concentração de 0,05 g 100 mL-1, 0,025 g 100 mL-1, respectivamente foram eficazes no controle do crescimento micelial. Para o controle químico in vivo realizou-se previamente um teste para escolher um ou mais gêneros de orquídea para servirem de substitutos para C. cardiochilum nos ensaios in vivo, uma vez que há pouca disponibilidade de plantas dessa espécie para uso em experimentos. Realizou-se também um experimento visando avaliar o efeito de inoculações com diferentes concentrações de inóculo, com o objetivo de se determinar qual aquela apropriada para inoculação dos fungos no experimento de controle químico in vivo. Dentre os nove gêneros de orquídeas testados como possíveis substitutos para C. cardiochilum, Cattleya e Laelia foram os gêneros escolhidos como modelos. Todas as concentrações de inóculo de F. solani e B. ochroleuca analisadas (103, 104, 105 e 106 esporos⁄mL) foram capazes de causar necroses nas raízes do híbrido de Cattleya utilizado (Laeliacattleya Tropical Sunset x Brassolaeliacattleya Chian T3Y Beauty). Avaliou-se os ingredientes ativos tiram e tiofanato metílico na concentração de 0,05 g 100 mL-1 e 0,025 g 100 mL-1 respectivamente, no controle de F. solani e B. ochroleuca in vivo (em plantas infectadas). Porém, os resultados deste experimento foram inconclusivos, uma vez que as plantas inoculadas não desenvolveram sintomas de doenças. Portanto, experimentos futuros serão realizados para tentar esclarecer a lacuna deixada por esta parte do trabalho.
Cyrtopodium cardiochilum is a native Brazilian orchid that has known potential for the production of extracts of interest for the manufacture of cosmetics and pharmaceuticals. The commercial interest in this orchid species and the absence of published information on crop management and disease managements for this species led to the present study. This work served the purpose of generating the background information necessary for the domestication and management of this orchid. Selected substrates and their combinations were tested, for the cultivation of C. cardiochilum, namely: gneiss gravel, expanded clay pellets, shingles, coconut shells and. All substrates were equivalent for the orchid cultivation, although the mixture of expanded clay pellets and gneiss gravel at 1:1 (v/v) resulted in the highest values of biomass. A multi-nutrient formulation having a composition compatible with the nutrient requirements of C. cardiochilum was prepared and the effect of different doses of this fertilizer on the growth of C. cardiochilum was evaluated. The analysis of the dose-response curves allowed it to be inferred that the dose resulting in maximum biomass production was 100 mg/pot/week. Different compositions of culture media for in vitro seminiferous cultivation of C. cardiochilum various proportions of activated charcoal, sucrose and salts of the Supply medium (S) - were tested in order to determine the best composition for the production of C. cardiochilum plantlets. A composition of 3.0 g L-1 of activated charcoal, 33 g L-1 of sucrose and 3.2 g L-1 of salts of the S medium yielded the highest dry biomass of C. cardiochilum plantlets. A preliminary survey of the pathogenic mycobiota associated to C. cardiochilum was also conducted. Six fungal species were collected: Sphenospora kevorkianii, Colletotrichum fructicola, Fusarium solani, Bionectria ochroleuca, Botrytis cinera and Alternaria sp. The first four fungal species were regarded as the most important and had their morphology examined in detail. Molecular methods were used to further clarify the identity of C. fructicola, F. solani and B. ochroleuca. Finally, fungicides were evaluated for the control of plant rots caused by F. solani and B. ochroleuca in vitro and in vivo. The in vitro essay involved four active ingredients (thiram, thiofanate methyl, captan and metalaxyl- M + mancozeb). Both F. solani and B. ochroleuca had their mycelial growth in culture effectively inhibitted by thiram and thiofanate methyl at concentrations of 0.05 g 100 mL-1 and 0.025 g 100 mL-1, respectively. Prior to the in vivo test aimed at evaluating the chemical control of the plant rots a screening of selected orchid species was performed in search for a surrogate species to be used as a substitute for C. cardiochilum due to the difficulty of obtaining a sufficiently big and homogenous stand of plants for use in the experiments. Such species should be readily available in the potted orchid market and also susceptible to both B. ochroleuca and F. solani. A test was also performed aimed at determining the appropriate inoculum concentration to be used in the in vivo chemical control experiment. Among the nine orchid genera which were tested Cattleya and Laelia proved to be adequate surrogates. All inoculum concentrations which were tested for F. solani and B. ochroleuca (103, 104, 105 e 106 spores⁄mL) were capable of causing necrosis in the stand of surrogate plants - Cattleya hybrid (Laeliacattleya Tropical Sunset x Brassolaeliacattleya Chian T3Y Beauty). An in vivo test aimed at evaluating the efficacy of thiram and thiofanate methyl at concentrations of 0.05 g 100 mL-1 and 0.025 g 100 mL-1 respectively, in the control of rots caused by F. solani and B. ochroleuca was conducted. Nevertheless, the results of this experiment were not conclusive since none of the inoculated plants (including the positive controls without any fungicide treatment) developed disease symptoms. Another round of experiments aimed at evaluating in vivo control of the diseases will be conducted aimed at filling this blank of the work.
Palavras-chave: Substrato
Fertilizante
Orquídea
Micobiota fitopatogênica
Substrate
Fertilizer
Orchid
Pathogenic mycobiota
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: LIMA, Brenda Ventura de. Background for crop and diseases management of Cyrtopodium cardiochilum (Orchidaceae). 2012. 114 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4411
Data do documento: 17-Jul-2012
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf2,95 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.