Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4414
Tipo: Dissertação
Título: Intensidade da seca da mangueira em mudas submetidas a diferentes níveis de salinidade
Título(s) alternativo(s): Wilt intensity in mango seedlings submit in differents levels of salinity
Autor(es): Murta, Hiunes Mansur
Primeiro Orientador: Maffia, Luiz Antônio
Primeiro coorientador: Fernandes, Raphael Bragança Alves
Primeiro avaliador: Rodrigues, Fabrício de ávila
Segundo avaliador: Souza, André Gomes Coelho de
Abstract: A seca da mangueira, causada por Ceratocystis fimbriata, é o principal fator limitante à mangicultura em Omã. Nesse país, predominam os solos salinizados, e não se conhece o efeito da salinização na intensidade da doença. Assim, avaliou-se o efeito da salinidade sobre a doença em mudas de mangueiras, em diferentes combinações porta-enxerto x enxerto. Executaram-se dois ensaios, E1 e E2. Em ambos, usaram-se cinco concentrações de NaCl (0, 15, 30, 45 e 60 mmol L-1) e três condições de inoculação (sem inoculação, inoculação do porta-enxerto e inoculação do enxerto). Em E1, usaram-se três cultivares como porta-enxerto ( Espada , Imbu e Ubá ) e um como enxerto ( Haden ). Em E2, adotou-se Ubá como porta-enxerto e três cultivares ( Palmer , Haden e Tommy Atkins ) como enxerto. Inocularam-se as mudas, conduzidas em solução de Hoagland em sistema hidropônico aerado, com C. fimbriata a 10 cm acima (inoculação do enxerto) ou abaixo (inoculação do porta-enxerto) da marcação da enxertia. Executou-se cada ensaio por duas vezes, em esquema fatorial no delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições (uma muda=uma unidade experimental). Avaliaram-se os tempos para murcha e morte das plantas e o comprimento de lesões, e se calcularam a área abaixo da curva de progresso e a taxa de progresso da doença. Aos 0 e 90 dias após exposição ao estresse salino, avaliaram-se: altura e diâmetro das plantas, calculando-se o incremento na altura e no diâmetro no período, e aos 90 dias, avaliaram-se o índice SPAD e a condutância estomática. Ao final dos ensaios, determinaram-se: massa seca da raiz, do porta-enxerto, do enxerto, das folhas, e total, bem como os teores de N, P, K, Ca, Mg, Na e Cl na raiz, caule do porta-enxerto, caule do enxerto e folhas. A intensidade da seca foi maior quando se inoculou o porta-enxerto. Houve menor crescimento, em termos de altura e diâmetro, decréscimo da massa seca e dos teores de N, P, K, Ca e Mg com o aumento das concentrações de NaCl. Em todos os cultivares avaliados, observaram-se sintomas da doença. No conjunto das características avaliadas, Ubá usada como porta-enxerto e Tommy Atkins como enxerto, foram menos sensíveis ao estresse salino e à doença.
Mango wilt, caused by C. fimbriata, is a limiting factor to mango production in Oman, is here salinized soils predominant. As effect of salinity on disease intensity is unknown, we aimed to evaluate the effect of salinity on the disease in mango plants with different combinations rootstock x graft. Two experiments were carried out, E1 and E2. In both, we used five concentrations of NaCl (0, 15, 30, 45 and 60 mmol L-1) and three inoculation treatments (plants either uninoculated, inoculated in the rootstock, or inoculated in the graft). In E1, three cultivars were used as rootstocks ('Espada', 'Imbu' and 'Uba') and one as graft ('Haden'). In E2, Uba was used as rootstock and three cultivars were used as graft ('Palmer', 'Haden' and 'Tommy Atkins'). C. fimbriata was inoculated 10 cm above (graft inoculation) or below (rootstock inoculation) the grafting. The seedlings were kept in Hoagland solution in aerated hydroponic system. We run each experiment twice, each one in a completely randomized factorial design with four replicates (onde plant = one experimental unit). We assessed the time for the plants to wilt and die, length of lesions, and calculated the area under the disease progress curve and the rate of disease progression. At 0 and 90 days of exposure of the plant to the salt stress, we evaluated: plant height and diameter, and at 90 days the chlorophyll fluorescence and stomatal conductance. At the end of the experiments, we also determined: dry mass of the root and leaves, total dry matter, and content of N, P, K, Ca, Mg, Na and Cl in the root, stem, and leaves. The mango wilt intensity in the plants was greater when C. fimbriata was inoculated in the rootstock. There was a decrease in height, diameter, dry matter, and N, P, K, Ca and Mg with increasing concentrations of NaCl. In all cultivars evaluated disease symptoms were observed. In all situations in which Uba' was used as rootstock and 'Tommy Atkins' as graft, we detected lesser sensibility to salt stress and susceptibility to mango wilt.
Palavras-chave: Ceratocystis fimbriata
Epidemologia
Manejo
Fisiologia
Ceratocystis fimbriata
Epidemiology
Management
Physiology
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: MURTA, Hiunes Mansur. Wilt intensity in mango seedlings submit in differents levels of salinity. 2013. 77 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2013.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4414
Data do documento: 26-Fev-2013
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,72 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.