Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4422
Tipo: Dissertação
Título: Alterações bioquímicas e fisiológicas em plantas de trigo infectadas por Pyricularia oryzae
Título(s) alternativo(s): Biochemical and physiological changes in wheat plants infected with Pyricularia oryzae
Autor(es): Debona, Daniel
Primeiro Orientador: Rodrigues, Fabrício de ávila
Primeiro avaliador: Damatta, Fábio Murilo
Segundo avaliador: Cunha, Luis Claudio Vieira da
Abstract: A brusone, causada pelo fungo Pyricularia oryzae, constitui a doença mais importante da cultura do trigo no cerrado brasileiro. No entanto, informações na literatura da interação trigo-P. oryzae ainda são limitadas. Neste estudo foram investigadas as alterações bioquímicas e fisiológicas em plantas de trigo das cultivares BR 18 e BRS 229, suscetível e parcialmente resistente à brusone no estádio de planta jovem, respectivamente, durante o processo infeccioso de P. oryzae. As variáveis estudadas foram a severidade da brusone, a atividade de enzimas do sistema antioxidativo, as concentrações de superóxido (O2-), peróxido de hidrogênio (H2O2) e aldeído malônico (MDA), e o extravasamento de eletrólitos (EE), bem como os parâmetros de trocas gasosas às 48, 72 e 96 horas após a inoculação (hai) com P. oryzae. Adicionalmente, foram determinadas a taxa máxima de carboxilação (Vcmax), a taxa máxima de transporte de elétrons usados na regeneração da ribulose-1,5-bisfosfato (RUBP) (Jmax), a respiração (Rd) e calculada a relação Jmax/Vcmax com base na resposta da taxa líquida de assimilação de CO2 (A) a diferentes concentrações internas de CO2 (Ci) (curva A/Ci). A severidade da brusone foi menor nas plantas da cultivar BRS 229 do que nas plantas da cultivar BR 18. A atividade das enzimas do sistema antioxidativo foi fortemente afetada pela infecção por P. oryzae e usualmente maior nas plantas inoculadas do que nas plantas não inoculadas. O aumento na atividade das enzimas superóxido dismutase, peroxidase, peroxidase do ascorbato e glutationa- S-transferase às 96 hai foi mais pronunciado para a cultivar BRS 229 do que para a cultivar BR 18. A atividade da redutase da glutationa (GR) e catalase (CAT) aumentou somente nas plantas inoculadas da cultivar BRS 229 às 96 hai em relação às plantas não inoculadas. Para a cultivar BR 18, a atividade da GR não foi afetada pela inoculação com P. oryzae e a atividade da CAT foi menor nas plantas inoculadas do que nas não inoculadas. A atividade da peroxidase da glutationa aumentou nas plantas inoculadas da cultivar BR 18 em relação às plantas não inoculadas às 48 e 72 hai, e não foi afetada pela inoculação com P. oryzae nas plantas da cultivar BRS 229. A concentração de O2- aumentou em 153viii e 72% às 96 hai nas plantas inoculadas das cultivares BR 18 e BRS 229, respectivamente, comparadas com as plantas não inoculadas. A concentração de H2O2 foi 59% maior nas plantas inoculadas da cultivar BR 18 em relação às plantas não inoculadas às 96 hai, porém não houve diferença entre plantas inoculadas e não inoculadas na concentração de H2O2 para a cultivar BRS 229. A concentração de MDA foi maior nas plantas inoculadas às 48, 72, e 96 hai para a cultivar BR 18 e somente às 48 hai para a cultivar BRS 229, em relação às plantas não inoculadas. O EE aumentou em 323 e 188% às 96 hai nas plantas inoculadas das cultivares BR 18 e BRS 229, respectivamente, comparadas com as plantas não inoculadas. Os parâmetros de trocas gasosas A, condutância estomática e taxa de transpiração, bem como Vcmax e Jmax foram significativamente reduzidos nas plantas de trigo inoculadas das duas cultivares em relação às plantas não inoculadas. Essa redução, no entanto, foi menos pronunciada nas plantas da cultivar BRS 229 do que nas plantas da cultivar BR 18, o que esteve associado com a menor severidade da brusone observada para a cultivar BRS 229. Ci aumentou em 32 e 14% às 96 hai nas plantas inoculadas das cultivares BR 18 e BRS 229, respectivamente. A relação Jmax/Vcmax aumentou nas plantas inoculadas das duas cultivares em relação às plantas não inoculadas. Rd aumentou 208% nas plantas inoculadas da cultivar BR 18 em relação às plantas não inoculadas às 96 hai, porém não houve diferença em Rd entre plantas inoculadas e não inoculadas para a cultivar BRS 229. Os resultados do presente estudo demonstraram a importância de um sistema antioxidativo eficiente para remover o excesso de espécies reativas de oxigênio gerado durante a infecção de plantas de trigo por P. oryzae, limitando o dano celular causado pelo fungo. Adicionalmente, esse sistema antioxidativo mais eficiente parece contribuir para uma maior resistência do trigo à brusone. As avaliações fisiológicas demonstraram que a fotossíntese de plantas de trigo foi significativamente reduzida pela infecção por P. oryzae, a qual esteve associada principalmente à menor atividade aparente da Rubisco, seguido pela menor regeneração de RuBP. O conhecimento das alterações bioquímicas e fisiológicas de plantas de trigo infectadas por P. oryzae é de suma importância para o desenvolvimento de estratégias de controle eficientes da brusone.
Blast, caused by the fungus Pyricularia oryzae, is the most important disease of wheat in brazilian Cerrado. However, information in the literature about wheat-P. oryzae interaction is still limited. In this study, it was investigated biochemical and physiological changes in wheat plants from cultivars BR 18 and BRS 229, susceptible and partially resistant to blast at young plant stage, respectively, during the infectious process of P. oryzae. The variables studied were: blast severity, activity of antioxidant enzymes and superoxide (O2-), hydrogen peroxide (H2O2) and malondialdehyde (MDA) concentrations, and electrolyte leakage (EL), as well as gas exchange parameters at 48, 72 and 96 hours after inoculation (hai) with P. oryzae. Additionally, it was determined the maximum rate of carboxylation (Vcmax), the maximum rate of electron transport used on ribulose- 1,5-bisphosphate (RUBP) regeneration (Jmax), and respiration (Rd) and calculated the Jmax/Vcmax ratio based on the response of net carbon assimilation rate (A) to different internal CO2 concentration (Ci) (A/Ci curve). The blast severity was lower in plants from cultivar BRS 229 than in plants from cultivar BR 18. The activity of antioxidant enzymes system was strongly affected by infection with P. oryzae and usually higher in inoculated plants than in noninoculated plants. The increase in activity of superoxide dismutase, peroxidase, ascorbate peroxidase and glutathione-S-transferase at 96 hai was more pronounced for cultivar BRS229 than for cultivar BR 18. The activity of glutathione reductase (GR) and catalase (CAT) increased only in inoculated plants from cultivar BRS 229 at 96 hai compared with noninoculated plants. For cultivar BR 18, GR activity was not affected by inoculation with P. oryzae and CAT activity was lower in inoculated plants than in noninoculated plants. The activity of glutathione peroxidase increased in inoculated plants from cultivar BR 18 in relation to noninoculated plants at 48 and 72 hai, and it was not affected by inoculation with P. oryzae on plants from cultivar BRS 229. O2- concentration increased 153 and 72% at 96 hai in inoculated plants from cultivars BR 18 and BRS 229, respectively, compared with noninoculated plants. H2O2 concentration was 59% higher in inoculatedx plants from cultivar BR 18 in relation to noninoculated plants at 96 hai, but there was no difference between inoculated and noninoculated plants for cultivar BRS 229. MDA concentration was higher in inoculated plants at 48, 72, and 96 hai for cultivar BR 18 and just at 48 hai for cultivar BRS 229, in relation to noninoculated plants. EL increased 323 and 188% at 96 hai in inoculated plants from cultivars BR 18 and BRS 229, respectively, compared with noninoculated plants. The gas exchange parameters A, stomatal conductance and transpiration rate as well as Vcmax and Jmax were significantly reduced in inoculated plants from both wheat cultivars compared with noninoculated plants. This reduction, however, was less pronounced in the plants from cultivar BRS 229 than in the plants from cultivar BR 18, which was associated with lower blast severity observed for BRS 229. Ci increased 32 and 14% at 96 hai in inoculated plants from cultivars BR 18 and BRS 229, respectively. The Jmax/Vcmax ratio increased in inoculated plants from both cultivars in relation to noninoculated plants. Rd increased 208% in inoculated plants from cultivar BR 18 in relation to noninoculated plants at 96 hai, but there was no difference in Rd between inoculated and noninoculated plants for cultivar BRS 229. The results of this study demonstrated the importance of an efficient antioxidant system to remove excess of reactive oxygen species generated during infection of wheat plants with P. oryzae limiting the cellular damage caused by the fungus. Additionally, the more efficient antioxidant system appears to contribute to a greater resistance to wheat blast. The physiological evaluations showed that the photosynthesis of wheat plants was significantly reduced by infection with P. oryzae, what was mainly associated with lower apparent activity of Rubisco, followed by the lower RuBP regeneration. Knowledge of biochemical and physiological changes of wheat plants infected with P. oryzae is of great importance to develop effective strategies for control of wheat blast.
Palavras-chave: Brusone
Estresse oxidativo
Fontossíntese
Trigo
Blast
Oxidative stress
Photosynthesis
Wheat
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOSSANIDADE::FITOPATOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Etiologia; Epidemiologia; Controle
Programa: Mestrado em Fitopatologia
Citação: DEBONA, Daniel. Biochemical and physiological changes in wheat plants infected with Pyricularia oryzae. 2012. 73 f. Dissertação (Mestrado em Etiologia; Epidemiologia; Controle) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4422
Data do documento: 14-Fev-2012
Aparece nas coleções:Fitopatologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf544,15 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.