Locus  

Estudo etnofarmacológico de plantas medicinais em Rosário da Limeira-MG

Show simple item record

dc.creator Oliveira, Helaine Barros de
dc.date.accessioned 2015-03-26T13:39:25Z
dc.date.available 2008-07-22
dc.date.available 2015-03-26T13:39:25Z
dc.date.issued 2008-03-19
dc.identifier.citation OLIVEIRA, Helaine Barros de. Etnopharmacological study of Medicinal plants in Rosario da Limeira-MG. 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008. por
dc.identifier.uri http://locus.ufv.br/handle/123456789/4478
dc.description.abstract As pesquisas etnofarmacológicas são hoje importantes ferramentas de registro e documentação dos usos empíricos de plantas medicinais em comunidades tradicionais,gerando conhecimento útil ao desenvolvimento de novos medicamentos, à conservação da biodiversidade e a valorização do saber e da cultura local. Neste sentido, objetivou-se resgatar e registrar as informações populares sobre as espécies medicinais utilizadas, com relação ao uso terapêutico, no município de Rosário da Limeira, MG e viabilizar o acesso da comunidade às informações mais sistematizadas. Foram levantadas junto à população urbana e às comunidades rurais do município as espécies medicinais utilizadas pela população local na medicina popular. Foram empregadas as metodologias: observação participante e entrevistas semi- estruturadas, com questões referentes ao entrevistado e à planta citada, realizadas com 15 informantes-chave, adultos de ambos os sexos, selecionados pelo conhecimento sobre o uso medicinal de espécies vegetais. Os dados foram coletados entre janeiro e março de 2007. As entrevistas foram registradas com o auxílio de gravador evitando perdas de informações. Catalogaram-se 60 espécies pertencentes a 33 famílias. As famílias com maior número de espécies foram: Asteraceae (31,0%), Lamiaceae (28,0%), Rutaceae (8,0%) e Bignoniaceae (8,0%). Dentre as espécies, 56,0% são cultivadas e 44,0% espontâneas. A parte vegetal mais utilizada na preparação dos fitoterápicos foi a folha ( 67,7%), e a forma de preparo mais comum foi a infusão (60,3%). Com relação ao conhecimento sobre a utilização das plantas medicinais, cerca de 73,0% dos informantes-chave eram do sexo feminino. Sobre o risco da utilização da Fitoterapia e o cuidado ao se utilizar as plantas medicinais corretamente, 93,3% responderam que as plantas, quando mal indicadas ou preparadas, podem causar algum tipo de efeito tóxico. As plantas medicinais são cultivadas e coletadas durante todo o ano. A medicina convencional e a Fitoterapia coexistem no município. O conhecimento é transmitido oralmente e adquirido por meio da observação das pessoas mais velhas no preparo dos fitoterápicos, de uso próprio ou indicação aos doentes, assim como coleta das plantas. Os informantes são conhecedores de grande parte da flora local, da qual fazem uso intensivo. pt_BR
dc.description.abstract The etnopharmacology researches are today important registration and documentation tools of the empiric uses of medicinal plants in traditional communities, generating useful knowledge to the development of new medicines, to the conservation of the biodiversity and to the valorization of the knowledge and of the local culture. In this sense, it was aimed to recover and record the information on the popular medicinal species used, with respect to therapeutic use, in the city of Rosario da Limeira, MG and facilitate community access to information more systematized. A survey was done along the urban population in the rural communities of the municipality concerning the medicinal species used by the local population in popular medicine. The following methodologies were employed: participant observation and semi-structured interviews with issues relating to the plant and interviewed cited, conducted with 15 informants-key, adults of both sexes, selected for knowledge of the medical use of species. Data were collected between January and March 2007. The interviews were recorded with the aid of recorder avoiding loss of information. It was raised 60 species belonging to 33 families. The greatest number of species were: Asteraceae (31.0%), Lamiaceae (28.0%), Rutaceae (8.0%) and Bignoniaceae (8.0%) . Among the species, 56.0% are cultivated and 44.0% are spontaneous. The plant part more used in the preparations was the leaves (67.7%), and the most common form of preparation was the infusion (60.3%). Regarding the knowledge on the use of medicinal plants, about 73.0% of the key informants were sex women. On the risk of Phytotherapy and care of using medicinal plants properly, 93.3% replied that the plants, poorly recommended or prepared, may cause some type of toxic effect. The medicinal plants are cultivated and collected throughout the year. The conventional medicine and Phytotherapy coexist in the city. The knowledge is transmitted orally, acquired through: observation of older people that adopted Phytotherapy, the use by themselves the indication to patients, as well as of plants collection. The informants are wise people on the local flora, and do intensive use. eng
dc.description.sponsorship Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais
dc.format application/pdf por
dc.language por por
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa por
dc.rights Acesso Aberto por
dc.subject Etnobotânica por
dc.subject Plantas medicinais por
dc.subject Etnobotany eng
dc.subject Medicinal plants eng
dc.title Estudo etnofarmacológico de plantas medicinais em Rosário da Limeira-MG por
dc.title.alternative Etnopharmacological study of Medicinal plants in Rosario da Limeira-MG eng
dc.type Dissertação por
dc.contributor.advisor-co1 Coelho, France Maria Gontijo
dc.contributor.advisor-co1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4784228E8 por
dc.contributor.advisor-co2 Santos, Nerilson Terra
dc.contributor.advisor-co2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4782537A2 por
dc.publisher.country BR por
dc.publisher.department Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de por
dc.publisher.program Mestrado em Fitotecnia por
dc.publisher.initials UFV por
dc.subject.cnpq CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA::ETNOFARMACOLOGIA por
dc.creator.lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4771853T6 por
dc.contributor.advisor1 Casali, Vicente Wagner Dias
dc.contributor.advisor1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783038Y4 por
dc.contributor.referee1 Sediyama, Tocio
dc.contributor.referee1Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780090Y4 por
dc.contributor.referee2 Silva, Sílvia Ribeiro de Souza e
dc.contributor.referee2Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4766262P7 por
dc.contributor.referee3 Leite, João Paulo Viana
dc.contributor.referee3Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4763897U8 por
dc.contributor.referee4 Dôres, Rosana Gonçalves Rodrigues das
dc.contributor.referee4Lattes http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4127267P8 por


Files in this item

This item appears in the following Collection(s)

  • Fitotecnia [884]
    Teses e dissertações defendidas no Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia

Show simple item record

Search DSpace


Browse

My Account