Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4483
Tipo: Dissertação
Título: Interferência de plantas daninhas no desenvolvimento da soja resistente ao glyphosate
Título(s) alternativo(s): Weeds interference in the development of glyphosate- resistant soybean
Autor(es): Silva, Alexandre Ferreira da
Primeiro Orientador: Ferreira, Francisco Affonso
Primeiro coorientador: Sediyama, Tuneo
Segundo coorientador: Ribeiro Junior, José Ivo
Primeiro avaliador: Santos, Leonardo David Tuffi
Segundo avaliador: Santos, José Barbosa dos
Terceiro avaliador: Procópio, Sérgio de Oliveira
Abstract: A interferência de plantas daninhas sobre a cultura da soja pode vir a causar redução na sua produtividade, devido aos seus efeitos sobre as variáveis de crescimento e os componentes de rendimento da cultura. O conhecimento do período anterior à interferência das plantas daninhas (PAI) tornou-se de grande importância prática no cultivo da soja resistente ao glyphosate, pois possibilita a aplicação do herbicida em pós-emergência, no momento adequado. Na busca dessa informação, foram conduzidos três experimentos, em condições de baixa, média e alta infestação de plantas daninhas, visando quantificar o efeito de densidades de plantas daninhas sobre a cultura da soja-RR ao longo do seu ciclo de desenvolvimento. No primeiro experimento, determinou-se o PAI; no segundo, os efeitos da interferência das plantas daninhas sobre os componentes de produção da cultura da soja: número de vagens/planta, número de sementes/planta e peso de mil grãos; e no terceiro, os efeitos do período de convivência e do nível de infestação por plantas daninhas na cultura da soja sobre as variáveis de crescimento: estatura de planta, massa seca dos ramos desprovidos de folhas, massa seca das folhas e dos ramos, número de trifólios e área foliar. O delineamento experimental adotado, em todos os ensaios, foi o em blocos ao acaso, sendo os tratamentos constituídos pela combinação entre dez períodos crescentes de convivência das plantas daninhas com a cultura (0, 0-5, 0-10, 0-15, 0-21, 0-28, 0-35, 0-42, 0-49 e 0-125 dias). Considerando 5 e 10% de tolerância na redução da produtividade da soja, conclui-se que em áreas de baixa, média e alta infestação de plantas daninhas os PAIs foram de: 17 e 24 dias após a emergência (DAE), 11 e 15 DAE e 11 e 16 DAE, respectivamente. Na avaliação dos componentes de produção, o número de vagens por planta foi o mais afetado pela competição, obtendo-se reduções de até 58% na área de baixa infestação, 71% na de média infestação e 78% na de alta infestação. O número de sementes por vagens e o peso de mil grãos se mostraram menos responsivos aos efeitos de competição; contudo, houve redução desses parâmetros, indicando relação entre período de convivência e nível de infestação com os componentes de produção da soja. A altura das plantas e a área foliar da soja foram influenciadas pelo nível de infestação. Já a matéria seca das plantas de soja e o número de trifólios não foram afetados pelos níveis de infestação. Conclui-se que os níveis de infestação afetam de maneira diferente os componentes de produção e as variáveis que definem o crescimento e a produtividade da soja.
The weeds interference on the soybean crop may cause serious yield reductions, as a consequence of its interference on the soybean growth and yield components. The knowledge of the period previous to the interference (PPI) of weeds has become of great practical importance in the cultivation of glyphosate-resistant soybean because it makes possible the application of the herbicide in post-emergency, in the appropriate moment. In order to obtain those information, three experiments were carried out, in low, average and high weeds infestation conditions, seeking to quantify the effect of weeds densities on RR-soybean culture during its development cycle. In the first experiment, it was determined the PPI; in the second the effects of weeds interference on the soybean production components: height, number of pods per plant, number of seeds per plant and weight of one thousand grains; and in the third, the coexistence period and weed infestation level effects on the soybean growth variables: plant stature, dry matter of the branches without leaves, dry matter of the leaves and branches, number of trifoliate leaves and leaf area. The experimental design adopted, for all of the experiments, was a randomized blocks, being the treatments constituted by the combination of ten weeds coexistence periods with the culture (0, 0-5, 0-10, 0- 15, 0-21, 0-28, 0-35, 0-42, 0-49 and 0-125 days). In a general way, the values of PPI varied according to the infestation level, indicating that the higher the infesting community density, the more intense it will be the weed competition on the culture and minor will be the time after emergency to begin its control. The yield components and the growth variables were shown sensitive to the interference imposed by weeds, being the number of pods per plant the more sensitive to the interference yield component.
Palavras-chave: Glycine max
Competição
Plantas daninhas
Glycine max
Competition
Weeds
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SILVA, Alexandre Ferreira da. Weeds interference in the development of glyphosate- resistant soybean. 2008. 67 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4483
Data do documento: 15-Fev-2008
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf905,01 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.