Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4486
Tipo: Dissertação
Título: Tratamento de sementes com inseticidas, mistura com fertilizantes e profundidades de semeadura na emergência e crescimento de braquiária
Título(s) alternativo(s): Seed treatments with insecticides, mixture of fertilizers and sowing depths on the emergence and growth of Brachiaria grasses
Autor(es): Mota, Túlio de Melo
Primeiro Orientador: Ferreira, Lino Roberto
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo coorientador: Araújo, Eduardo Fontes
Primeiro avaliador: Agnes, Ernani Luiz
Segundo avaliador: Queiroz, Domingos Sávio
Abstract: A mistura de sementes de espécies forrageiras aos fertilizantes, no momento da semeadura, pode reduzir custos operacionais e facilitar o cultivo consorciado com culturas como milho e feijão, especialmente quando se adota o sistema de Integração Lavoura Pecuária (ILP). Todavia, o contato do fertilizante com a semente pode prejudicar a germinação, a emergência e o estabelecimento das forrageiras. Objetivou-se com este trabalho avaliar o tratamento de sementes com inseticidas, mistura com fertilizantes e profundidades de semeadura na emergência e crescimento braquiária. Os experimentos foram separados em duas etapas, ambas englobando uma parte de campo, e outra em casa de vegetação. Em ambiente controlado os experimentos foram conduzidos sempre no delineamento inteiramente casualizado, e em campo no delineamento em blocos casualizados. Na primeira etapa, foram realizados 4 experimentos. No primeiro, realizado em casa de vegetação, sementes de braquiária tratadas com os inseticidas, thiametoxan, fipronil e não tratadas (testemunhas) foram semeadas em caixas plásticas contendo solo coletado em campo, misturadas aos fertilizantes granulados, N-P-K 6-30-6, N-P-K 8-28-16 e superfosfato simples (SFS). Aos 15 e 21 dias após a emergência (DAE), foi avaliado o número de plantas por caixa (0,112 m2) e, juntamente aos 21 DAE foi avaliada a massa seca da parte aérea e das raízes das plantas de braquiária. O segundo experimento foi realizado em condições de campo e consistiu dos mesmos tratamentos avaliados em casa de vegetação. Aos 30 e 60 DAE foi avaliado o número de plantas por metro quadrado, e aos 60 DAE a massa seca de plantas de braquiária foi quantificada. Cada espécie de braquiária (B. brizantha e B. decumbens) constituiu um experimento. A segunda etapa também foi composta por 4 experimentos. Nos dois primeiros, em condições de campo, dois métodos de semeadura de braquiária (em sulco e a lanço) foram avaliados em conjunto com os tratamentos de sementes (thiametoxan, fipronil e testemunha). Aos 30 e 60 DAE foi avaliado o número de plantas por metro quadrado. A massa seca das plantas de braquiária foi determinada aos 60 DAE. Nos outros dois experimentos, em casa de vegetação, três profundidades de semeadura das sementes de braquiária foram estudadas (0, 3 e 6 cm), em função dos tratamentos de sementes (thiametoxan, fipronil e testemunha). Aos 15 e 28 DAE foi avaliado o número de plantas por caixa (0,112 m2), e aos 28 DAE a massa seca da parte aérea e das raízes foi aferida. Na primeira etapa, nos experimentos em casa de vegetação, observou-se que o melhor resultado foi obtido com a semeadura da braquiária misturada ao superfosfato simples. Os fertilizantes N-P-K (8-28-16 e 6-30-6) reduziram a emergência das espécies de braquiária. Diferentemente dos resultados observados em casa de vegetação, nos experimentos em condições de campo, a maior densidade de plantas e a maior produção de massa seca foram obtidas com as sementes misturadas aos fertilizantes 8-28-16 e 6-30-6. Os tratamentos de sementes com o inseticida fipronil proporcionaram os melhores resultados tanto para a densidade de plantas quanto para massa seca, independente do tipo de fertilizante utilizado. Na segunda etapa, nos experimentos de campo, foi observado que sementes não tratadas com inseticidas nos plantios realizados a lanço, apresentaram menor densidade e menor produção de massa seca. Quando as sementes foram tratadas com fipronil, observou-se maior número de plantas por metro quadrado. Nos ensaios em casa de vegetação não houve efeito dos tratamentos de sementes e sim da profundidade de semeadura. Sementes semeadas de 0 a 3 cm de profundidade apresentaram maior densidade de plantas e maior produção de massa seca da parte aérea e das raízes.
The mixture of seeds of forage species to fertilizers at sowing time can reduce operational costs and favour the associate cultivation of crops such as corn and beans, specially when the crop-cattle Integration System (ILP) is employed. However, the contact of the fertilizer with the seed can impair the germination, the emergence and the establishment of the forage plants. The objective of this work was to evaluate the treatments of seeds with insecticides, mixture of fertilizers and sowing depths on the mergence and growth of Brachiaria grasses. The experiments were divided into two steps, both including one part in the field and another one in the greenhouse. In the controlled environment the experiments were always carried out in a completely at random design, and in the field the design was of at random plots. In the first step four experiments were done. The first on in the greenhouse, Brachiaria grass seeds treated with the insecticides thiametoxan and fipronil and without treatment (controls) were sown in plastic boxes containing soil collected in the field, mixed to the granulate fertilizers NPK 6-30-6, NPK 8-28-16 and simple superphosphate (SFS). At 15 and 21 days after the emergence (DAE), the number of plants per box (0.112 m2) was evaluated, and together with the 21 DAE the aerial part and root dry masses of the Brachiaria plants were evaluated. The second experiment was carried out under field conditions and was constituted by the same treatments done in the greenhouse. At 30 and 60 DAE the dry mass of the Brachiaria plants was quantified. Each species of the plants (Brachiaria brizantha and Brachiaria decumbens) was an experiment. The second step was also composed by four experiments. In the first two, under field condition, two sowing methods of the seeds (in furrows and casting) were evaluated together with the seed treatments (thiametoxan, fipronil and control). At 30 and 60 DAE the number of plants by square meter was evaluated. The dry mass of the Brachiaria plants was determined at 60 DAE. In the other two experiments, in the green house, three sowing depths of Brachiaria seeds were studied (0, 3 and 6 cm), with the seed treatments (thiametoxan, fipronil and control). At 15 and 28 DAE the number of plants per box (0.112 m2) was evaluated, and at 28 DAE the aerial part and root dry masses were checked. In the first step, in the greenhouse experiment, it was observed the best result was obtained with the Brachiaria seeds sown mixed with the simple superphosphate. The fertilizers NPK (8-28-16 and (6-30-6) reduced the emergence of the Brachiaria species. Different from the results observed in the greenhouse, under the field conditions experiments, the greatest density of plants and the greatest production on dry mass were obtained with the seeds mixed with the fertilizers 8-28-16 and 6-30-6. The treatment of seeds with fipronil produced the best result both for the density of plants and for the dry mass, no matter the fertilizer used. In the second step, in the field experiments, it was observed that the seeds not treated with insecticides sown by casting showed a smaller density and smaller dry mass production. When the seeds were treated with fipronil a greater number of plants by square meter was observed. In the experiments in the greenhouse, there was no effect of the treatments of the seeds but there was an effect in relation to the sowing depths. Seed sown from 0 to 30 cm of depth showed a greater density of plants and greater production of dry mass of the aerial part ad of the roots.
Palavras-chave: Adubação
Método de semeadura
Fipronil
Thiametoxan
Fertilization
Sowing method
Fipronil
Thiametoxan
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: MOTA, Túlio de Melo. Seed treatments with insecticides, mixture of fertilizers and sowing depths on the emergence and growth of Brachiaria grasses. 2008. 63 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4486
Data do documento: 31-Jul-2008
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf651,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.