Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4508
Tipo: Dissertação
Título: Potencial da escória silicatada na correção da acidez do solo em plantio direto
Título(s) alternativo(s): Slag potential in soil acidity correction under no-tillage
Autor(es): Santos, Vinicius de Moura
Primeiro Orientador: Souza, Caetano Marciano de
Primeiro coorientador: Fontes, Maurício Paulo Ferreira
Segundo coorientador: Galvão, João Carlos Cardoso
Primeiro avaliador: Carneiro, José Eustáquio de Souza
Segundo avaliador: Souza, Moacil Alves de
Terceiro avaliador: Pires, Fábio Ribeiro
Abstract: A correção da acidez do solo em sistemas onde não há incorporação de calcário é um obstáculo ainda a ser vencido na agricultura. As escórias silicatadas, cerca de 6,8 vezes mais solúveis que os calcários, poderiam, por sua maior solubilidade, se deslocar em maior profundidade no solo e assim corrigir a acidez do solo em camadas mais profundas. Este trabalho teve como objetivos avaliar a mobilidade no solo de escória silicatada em comparação ao calcário dolomítico sem incorporação em plantio direto, além de verificar a influência dos mesmos sobre a produtividade de milho e trigo e a severidade de doenças foliares do milho. Para tanto, foi realizado um trabalho em uma área com plantio direto estabelecido há mais de 20 anos. Foi utilizado o delineamento em blocos casualizados, com 4 repetições e 3 tratamentos, que consistiram na aplicação de escória silicatada, calcário e testemunha, ou seja, sem a aplicação de corretivos de acidez do solo. Para avaliação da mobilidade dos corretivos, utilizaram-se ainda subparcelas e subsubparcelas, correspondentes às profundidades estudadas e às datas de amostragem, respectivamente. A escória silicatada mostrou- se mais eficiente que o calcário dolomítico em elevar o pH e os teores de Ca2+ e reduzir os teores de Al3+ no perfil do solo. Além de promover melhorias nos atributos relacionados à acidez do solo mais rapidamente que o calcário, a escória elevou significativamente o pH até a camada de 15 a 20 cm já aos 180 dias após a aplicação dos produtos. O calcário, por sua vez, foi eficiente em elevar o pH a, no máximo, 15 cm de profundidade, mesmo 360 dias após a aplicação dos tratamentos. A produção de grãos de milho e trigo não foi influenciada pela correção da acidez, tampouco pelo corretivo utilizado. A aplicação de silício ao solo por meio da escória silicatada não reduziu a severidade de doenças foliares na cultura do milho. As escórias silicatadas são mais eficientes em corrigir a acidez do solo em profundidade e, portanto, são mais tecnicamente indicadas que os calcários em plantio direto.
The soil acidity correction under no-tillage systems is a barrier to be beaten in agriculture. The slag, 6,8 times more soluble than lime, could, because of its better solubility, dislocate in deeper soil layers and correct soil acidity there. This work had as objectives to evaluate the mobility in the soil layers of slag in a comparison with lime under no-tillage and to verify the influence of both of them on corn and wheat yield and to assess the leaf diseases severity of corn. This experiment was installed on a 20 years old no-tillage area. It was carried out in a randomized block design, with 4 blocks and 3 treatments, consisted of slag and lime application and a control without application. Correctives mobility evaluation was made with a subplot of the treatments in soil layers and dates. The slag was more efficient than lime in increasing pH and Ca2+ concentration and reducing Al3+ concentration in soil layers. Besides the promotion of improvement in soil attributes related to acidity faster than lime, slag improved significantly pH at the 15 to 20 cm soil layer at 180 days after the products application. Lime was efficient in improve pH only at no more than the 10 to 15 cm layer, even 360 days after the products application. The corn and wheat yield was not influenced by the soil acidity correction, neither by the corrective used. The silicon application by the slag did not reduce the leaf diseases severity in corn. Slag is more efficient to correct soil acidity in deep soil layers than lime under no-tillage.
Palavras-chave: Escória siderúrgica
Plantio direto
Correção da acidez
Siderurgy slag
Tillage
Acidity correction
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO::MANEJO E CONSERVACAO DO SOLO
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SANTOS, Vinicius de Moura. Slag potential in soil acidity correction under no-tillage. 2009. 48 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4508
Data do documento: 30-Abr-2009
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf237,76 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.