Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4514
Tipo: Dissertação
Título: Testes para avaliação da qualidade fisiológica de sementes de pinhão manso (Jatropha curcas L.)
Título(s) alternativo(s): Methods to evaluate the physiological quality of pinhão manso (Jatropha curcas L.) seeds
Autor(es): Oliveira, Glauter Lima
Primeiro Orientador: Dias, Luiz Antonio dos Santos
Primeiro coorientador: Dias, Denise Cunha Fernandes dos Santos
Segundo coorientador: Araújo, Eduardo Fontes
Primeiro avaliador: Alvarenga, Antônio de Pádua
Segundo avaliador: Araújo, Roberto Fontes
Abstract: A utilização de sementes de qualidade no atual cenário agrícola é sem dúvidas um dos principais, se não, o principal fator para obtenção do sucesso. A pesquisa teve como objetivos estabelecer metodologia adequada para a condução do teste de germinação em sementes de pinhão manso, com vistas à sua validação e inclusão nas Regras para Análise de Sementes (RAS), além de adequar a metodologia para o teste de envelhecimento acelerado. Para tanto, foram conduzidos dois experimentos no laboratório de rotina em sementes da Universidade Federal de Viçosa. Primeiramente, realizou-se o experimento de adequação da metodologia para a condução do teste de germinação. Para tanto, foram utilizadas sementes de quatro lotes de pinhão manso, tratadas com produto fungicida e submetidas à germinação em diferentes substratos (areia e papel) e temperaturas (20, 25, 30 e 20-30ºC). Realizaram-se contagens diárias do número de plântulas normais obtidas para se estabelecer a época mais adequada para a realização das contagens inicial e final do teste. Adotou-se o delineamento inteiramente casualizado, em esquema de parcela subdivida, com quatro repetições, comparando as médias obtidas com os tratamentos pelo teste de Tukey, ao nível de 5% de significância. Para o segundo experimento, também foi utilizado quatro lotes de sementes, que foram submetidos aos seguintes testes: germinação, primeira contagem de germinação, germinação a baixa temperatura, teste de frio (10ºC/7 dias e a 25ºC/5 dias) e percentagem e índice de emergência, além do teste de envelhecimento acelerado a 100% UR nas temperaturas de 42 e 45ºC, por 48, 72 e 96 horas. Conclui-se que para a obtenção do valor máximo de germinação das sementes de pinhão manso, o teste de germinação deve ser conduzido nas temperaturas de 25 e 30ºC em ambos os substratos e que a primeira e a última contagem do teste de germinação devem ser realizadas aos sete e doze dias após o inicio do teste, respectivamente. Em relação ao segundo experimento, se concluí que o teste de envelhecimento acelerado é eficiente para a classificação dos lotes de sementes de pinhão manso em níveis de vigor, tendo, as combinações de 42 e 45ºC com 100% UR, por 48 horas, como as melhores para a condução do teste. Verificou-se também, que a temperatura de 45ºC por 96 horas ocasiona a deterioração das sementes não permitindo a sua classificação em níveis de vigor.
The use of good quality seeds in the current agricultural scenery is without a doubt an important, if not, the most important factor to obtain the success desired for any cultivated crop. Therefore, starting from this point, this research had as objectives to establish appropriate methodology to the germination test in seeds of pinhão manso, with views to its validation and inclusion in the RAS, besides trying the to adjust a methodology for the accelerated aging test for the evaluation of pinhão manso seeds vigor. For so much two experiments were conducted for 18 months in the routine laboratory in seeds of the Federal University of Viçosa seeking to reach the proposed objectives. The first experiment to be accomplished was the adjustment of the methodology for the germination test, where four lots of pinhão manso seeds obtained in different harvested times, this seeds were treated with fungicidal product and submitted to the germination in different substrates (sand and paper) and temperatures (20, 25, 30 and 20-30ºC). Daily counting of the number of normal seedlings obtained during the period of the experiment were made in order to establish the best time to carry out the first and final counting. The completely randomized design with four replicates in a subdivided plot design was adopted to carry out the experiment, comparing the means obtained with the treatments by the test of Tukey at level of 5% of probability. In the second experiment were also used four lots of seeds of pinhão manso obtained from parceled harvests, demonstrating high initial germination, where these lots were submitted to the following tests: germination, first germination count, germination at low temperature, cold test in paper towel (10ºC/7 days and 25ºC /5 days) and percentage and index of emergency, besides the accelerated aging test at 100% UR in the temperatures of 42 and 45ºC for 48, 72 and 96 hours. It can be concluded with this work that both substrates used to the germination test can be adopted to conduct the test. The temperatures that best expressed the germination potential in seeds of pinhão manso were the 25 and 30ºC, and best period to carry out the of the first and final germination count are at seven and 12 days after the begin of the test. The best combination found to conduct the accelerating aging test is conducting at 42ºC for 48 hours, and when the seeds were exposed to the temperature of 45ºC for 96 hours it caused deterioration of the seeds, making it unviable to the classification in levels of vigor.
Palavras-chave: Pinhão manso
Jatropha curcas L.
Germinação
Envelhecimento acelerado
Pinhão manso
Jatropha curcas L.
Germination
Accelerated aging
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA::PRODUCAO E BENEFICIAMENTO DE SEMENTES
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: OLIVEIRA, Glauter Lima. Methods to evaluate the physiological quality of pinhão manso (Jatropha curcas L.) seeds. 2009. 74 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4514
Data do documento: 30-Jul-2009
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf404,45 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.