Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4531
Tipo: Dissertação
Título: Seletividade de inseticidas recomendados para a cultura do algodão ao parasitóide de pupas Palmistichus elaeisis (Hymenoptera: Eulophidae)
Título(s) alternativo(s): Selectivity of insecticides recommended for cotton cultivation to the pupae parasitoid Palmistichus elaeisis (Hymenoptera: Eulophidae)
Autor(es): Barbosa, Wagner Faria
Primeiro Orientador: Zanuncio, José Cola
Primeiro coorientador: Leite, Germano Leão Demolin
Segundo coorientador: Serrão, José Eduardo
Primeiro avaliador: Araújo, Márcio da Silva
Segundo avaliador: Pinto, Rosenilson
Abstract: Insetos pragas podem reduzir a produção do algodoeiro e o controle biológico pode reduzir o uso excessivo de inseticidas nessa cultura. O endoparasitóide gregário de pupas de lepidópteros e coleópteros Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle (Hymenoptera: Eulophidae), por ter hábito generalista e facilidade de criação em hospedeiro alternativo, pode ser utilizado no controle biológico de pragas do algodoeiro. O objetivo dessa pesquisa foi estudar o impacto dos inseticidas acefato, cartape, clorfenapir e deltametrina, utilizados no manejo de pragas do algodoeiro, na mortalidade, reprodução e no aparelho reprodutor feminino de P. elaeisis. Fêmeas adultas de P. elaeisis com, até, 24 horas de idade foram expostas a folhas de algodoeiro tratadas nas doses de 1, 10, 25, 50, 75 e 100% da recomendada para esses inseticidas no campo, enquanto o controle teve, apenas, água destilada. A mortalidade de P. elaeisis foi avaliada após 24, 48 e 72 horas da exposição aos inseticidas. Acefato e clorfenapir mataram 100% dos indivíduos desse parasitóide na maioria das doses após 24, 48 e 72 horas. A mortalidade de P. elaeisis exposto ao cartape e deltametrina foi, no máximo, de 15 e 38,33% respectivamente, após 72 horas. Por isso, o efeito desses inseticidas na reprodução e no ovário de P. elaeisis foi avaliado. A deltametrina a 100% reduziu em 30% o parasitismo de P. elaeisis e não apresentou efeito no aparelho reprodutor de fêmeas desse parasitóide. Cartape, embora seletivo, inibiu o parasitismo de P. elaeisis nas doses de 50 e 100% e causou morte das células nutridoras desse parasitóide quando seus ovócitos estavam na fase inicial de desenvolvimento. Acefato e clorfenapir são altamente tóxicos a P. elaeisis e devem ser evitados com esse parasitóide. A deltametrina é seletiva e teve baixo impacto na reprodução de P. elaeisis e, por isso, pode ser utilizada com esse parasitóide no algodoeiro. O cartape afeta a reprodução de P. elaeisis e pode limitar a eficiência desse parasitóide em campo.
Pest insects can have negative impact on cotton production but biological control can reduce the excessive use of insecticides in this crop. The gregarious endoparasitoid of Lepidoptera and Coleoptera pupae, Palmistichus elaeisis Delvare & LaSalle (Hymenoptera: Eulophidae), for having a generalist habit and being easily reared within the alternative host, can be used in the biological control of the plagues that attach cotton plants. The objective of this research was to study the impact of the insecticides acephate, cartap, chlorfenapyr and deltamethrin, used in pest management programs for cotton, on mortality, reproduction and female reproductive system of P. elaeisis. Adult females of P. elaeisis, up to 24 hours of age, were exposed to cotton leaves treated with 1, 10, 25, 50, 75 and 100% of the recommended field dose of these insecticides, while the control had only distilled water. The mortality of P. elaeisis was evaluated at 24, 48 and 72 hours after exposure to these insecticides. Acephate and chlorfenapyr killed 100% of the individuals of this parasitoid with these doses after 24, 48 and 72 hours. The mortality of P. elaeisis exposed to cartap and deltamethrin at their maximum doses was 15 and 38%, respectively, after 72 hours. For this reason, the effect of the insecticides on reproduction and ovary of P. elaeisis was evaluated. Deltamethrin at the dose of 100% reduced the parasitism rate of P. elaeisis in 30%, but had no effect on reproduction of this parasitoid. Cartap, even being a selective insecticide, inhibited parasitism of P. elaeisis at the doses of 50 and 100%, and caused the death of nurse cells of this parasitoid at the early development stage of its oocytes. Acephate and chlorfenapyr were highly toxic to P. elaeisis and their use with this parasitoid should be avoided. Deltamethrin was selective and with low impact on reproduction of P. elaeisis and its use with this parasitoid is recommended. The cartap affects the reproduction of P. elaeisis and may limit the effectiveness of this parasitoid in the field.
Palavras-chave: Gossypium spp.
Manejo integrado de pragas
Controle biológico
Gossypium spp.
Integrated pest management
Bbiological control
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: BARBOSA, Wagner Faria. Selectivity of insecticides recommended for cotton cultivation to the pupae parasitoid Palmistichus elaeisis (Hymenoptera: Eulophidae). 2010. 76 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4531
Data do documento: 22-Jul-2010
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf342,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.