Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4560
Tipo: Dissertação
Título: Diâmetro de coroamento e métodos de controle de plantas daninhas no crescimento do eucalipto em sistema silvipastoril
Título(s) alternativo(s): Crown diameter and methods of weed control in the growth of eucalyptus trees in silvopastoral system
Autor(es): Machado, Miler Soares
Primeiro Orientador: Ferreira, Lino Roberto
Primeiro coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Segundo coorientador: Oliveira Neto, Silvio Nolasco de
Primeiro avaliador: Freitas, Francisco Cláudio Lopes de
Segundo avaliador: Machado, Aroldo Ferreira Lopes
Abstract: Objetivou-se avaliar a interferência do método de controle, do diâmetro de coroamento e da desrama precoce sobre o crescimento inicial de eucalipto em Sistema Silvipastoril, visando fornecer subsídios para a elaboração de estratégias de controle voltadas para o Manejo Integrado de Plantas Daninhas. Foram realizados dois experimentos: no primeiro, avaliou-se o diâmetro de coroamento sobre o crescimento inicial de plantas de eucalipto em Sistema Silvipastoril. Para isso, quantificou-se o crescimento das plantas, através da altura, do diâmetro ao nível do solo, da área foliar e da matéria seca da parte aérea. As parcelas foram compostas por cinco diâmetros de coroamento (0,0; 1,0; 1,5; 2,0 e 3,0 m) no entorno das plantas de eucalipto. No segundo experimento, foram avaliados os efeitos de dois métodos de controle de plantas daninhas (capina química com glyphosate e capina mecânica com enxada) e da desrama precoce sobre o crescimento do eucalipto em Sistema Silvipastoril. Foram avaliados cinco níveis de desrama, 0; 10; 20; 30 e 40 % da altura da copa viva do eucalipto e dois tipos de capina (mecânica e química). Avaliou-se o ganho em altura e diâmetro ao nível do solo e o volume de copa aos 90, 180, 270 e 360 DAA, e, aos 640 DAA avaliou-se o comprimento, diâmetro e matéria seca do caule. Observou-se, no primeiro experimento, que as plantas não capinadas tiveram menor crescimento, quando comparadas às submetidas aos coroamentos. Diâmetros de coroamento de 2,51 e 2,64 m permitirammaior crescimento em altura e em diâmetro das plantas de eucalipto, respectivamente, em todas as épocas avaliadas. A produção da biomassa e o incremento da área foliar, por planta, aos 360 DAP, também foram influenciadas pelos diferentes diâmetros de coroamento. Os coroamentos que proporcionaram maior acúmulo de matéria seca de caule, folhas e galhos, e área foliar foram 2,94; 2,39; 2,95 e 2,27 m, respectivamente. Observou-se em todas as avaliações um diâmetro ótimo de controle das plantas daninhas no entorno das plantas de eucalipto entre 2 e 3 metros. No segundo experimento, não houve diferença significativa para os parâmetros avaliados em função dos métodos de capina, entretanto, houve efeito para a intensidade de desrama e época de avaliação. Em todas as épocas avaliadas, o aumento no nível de desrama proporcionou redução no crescimento em altura e diâmetro. Aos 90 DAA, plantas com 40% de desrama apresentaram redução no crescimento em altura de 69% e de 87% para diâmetro, em relação às plantas não desramadas. E aos 360 DAA, essa diferença caiu para 21,8 e 22,8% para altura e diâmetro, respectivamente. Aos 640 DAA, observou-se indicativos de recuperação das plantas desramadas, entretanto ainda verificou-se relação linear negativa entre a intensidade de desrama em relação ao crescimento. Concluiu-se que o coroamento em torno de 2 metros de diâmetro proporcionou condições favoráveis ao crescimento inicial das plantas de eucalipto e menor comprometimento na área ocupada pela forrageira. O tipo de capina não influenciou o crescimento inicial do eucalipto e que a desrama precoce facilita a aplicação de glyphosate, porém causa redução no crescimento das plantas.
The objective was to evaluate the interference of the control method, the diameter of the crown and pruning early in the initial growth of eucalyptus in Silvopastoral System, to provide data for developing control strategies focused on the Integrated Management of Weeds. Two experiments were conducted: the first, we evaluated the diameter of crown on the early growth of eucalypt in silvopastoral system. To do so, quantify the growth of plants by height, diameter at ground level, leaf area and shoot dry matter. The plots were composed of five crown diameters (0.0, 1.0, 1.5, 2.0 and 3.0 m) surrounding the plants of eucalyptus. The second experiment evaluated the effects of two methods of weed control (chemical weeding with glyphosate and mechanical weeding hoe) and pruning on early growth of eucalyptus in silvopastoral system. We evaluated five levels of pruning, 0, 10, 20, 30 and 40% of the height of the crown living of eucalyptus and two types of weeding (mechanical and chemical). We evaluated the gain in height and diameter at ground level and canopy volume at 90, 180, 270 and 360 DAA and 640 DAA to evaluate the length, diameter and stem dry matter. It was observed in the first experiment, the plants had not mowed lower growth compared to undergo the crown. Crown diameters of 2.51 and 2.64 m allowedgreater growth in height and diameter ofeucalyptus plants, respectively, in all periods. The production of biomass and the increase in leaf area per plant at 360 DAP, were also influenced by the different diameters of crowning. The crown that showed higher dry matter accumulation of stems, leaves and branches, and leaf area were 2.94, 2.39, 2.95 and 2.27 respectively. It was observed in all evaluations an optimal diameter for weed control in the vicinity of the eucalyptus plants 2 to 3 meters. In the second experiment, no significant difference for the parameters evaluated in terms of weeding methods, however, was no effect for the intensity of pruning and time of evaluation. In all periods, the increase in the level of pruning caused a reduction in growth in height and diameter. At 90 DAA, 40% of plants with pruning showed a reduction in height growth of 69% and 87% for diameter, compared to plants not pruned. And at 360 DAA, this difference fell to 21.8 and 22.8% for height and diameter, respectively. At 640 DAA, there was indicative of recovery of pruned plants, even though there was a negative linear relationship between the intensity of pruning in relation to growth. It was concluded that the crown about 2 feet in diameter provided favorable conditions for early growth of eucalypt and less involvement in the area occupied by forage. The type of weeding did not influence the early growth of Eucalyptus and pruning early facilitates the application of glyphosate, but causesreduction in plant growth.
Palavras-chave: Sistemas agroflorestais
Matocompetição
Desrama precoce
Agroforestry
Weed competition
Early pruning
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: MACHADO, Miler Soares. Crown diameter and methods of weed control in the growth of eucalyptus trees in silvopastoral system. 2011. 54 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4560
Data do documento: 18-Jul-2011
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,16 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.