Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4564
Tipo: Dissertação
Título: Manejo e conservação pós-colheita de Pereskia aculeata Mill.
Título(s) alternativo(s): Management and postharvest conservation of Pereskia aculeata Mill.
Autor(es): Barbosa, Camila Karen Reis
Primeiro Orientador: Casali, Vicente Wagner Dias
Primeiro coorientador: Finger, Fernando Luiz
Segundo coorientador: Dôres, Rosana Gonçalves Rodrigues das
Primeiro avaliador: Mapeli, Ana Maria
Segundo avaliador: Rêgo, Elizanilda Ramalho
Abstract: O trabalho foi realizado no Laboratório de Pós-colheita do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa com o objetivo de avaliar os efeitos do hidroresfriamento e da embalagem plástica perfurada na qualidade pós-colheita das folhas de ora-pro-nobis (Pereskia aculeata Mill.) armazenadas em temperatura ambiente (25ºC) e em ambiente refrigerado (5ºC). Os experimentos foram instalados segundo o esquema de parcelas subdivididas, tendo os tratamentos nas parcelas e o tempo de armazenamento nas subparcelas no delineamento em blocos casualizados. Avaliou-se a quantidade de clorofila estimada pelo SPAD, a perda de massa fresca (PM), o teor relativo de água (TRA), os teores de açúcares solúveis totais (AST), redutores (RED), não redutores (NRED) e amido das folhas. Os dados foram submetidos à análise de variância, teste Tukey a 5% de probabilidade e regressão. A vida de prateleira em armazenamento refrigerado foi aumentada em até sete vezes, dependendo do tratamento aplicado. Não houve efeito significativo dos tratamentos ou do tempo no teor de clorofila das folhas. Independente do tratamento, as folhas permaneceram verdes durante todo o tempo de prateleira. Nas folhas armazenadas à 25ºC houve maior PM acumulada pelas folhas hidroresfriadas devido à evaporação da água absorvida e acumulada na superfície das folhas durante o tratamento. A embalagem foi efetiva no controle da PM acumulada em ambas as temperaturas de armazenamento. O maior TRA foi proporcionado pelo uso de embalagem plástica perfurada com ou sem o hidroresfriamento prévio, a qual evitou por maior período de tempo o murchamento das folhas. Os teores de AST, RED, NRED e amido oscilaram em função do tratamento aplicado em resposta ao efeito de concentração ou diluição atrelado ao TRA. Não houve efeito do tempo de armazenamento nos teores de AST e amido. Os teores de RED decresceram com o tempo de armazenamento à 25ºC, diferentemente dos teores de NRED em ambas as temperaturas de armazenamento, os quais aumentaram devido ao efeito de concentração. Recomenda-se o hidroresfriamento, a embalagem plástica perfurada e o armazenamento refrigerado na pós-colheita de P. aculeata.
The study was conducted at the Laboratory of Postharvest of Department of Plant Science in order to evaluate the effects of hydrocooling and packing in the postharvest quality of the leaves of Pereskia aculeata Mill. stored in room temperature (25°C) and cold storage (5ºC). The experiments were conducted in a split plot, with the treatments to the plots and storage time in sub plots in randomized block design. It was evaluated: amount estimated by the SPAD chlorophyll, the loss of fresh mass (LFM), the relative water content (WC), the levels of total soluble sugars (TSS), reducing sugar (RED), non-reducing sugar (NRED) and starch of the leaves. The data were submitted to ANOVA, Tukey test at 5% probability and regression. The shelf life of refrigerated storage was increased by up to seven times depending on the treatment applied. There were no significant effect of treatment or time on the chlorophyll content of leaves. Independent of treatment, the leaves remained green throughout the shelf life. In leaves stored at 25°C the LMF accumulated was greater in the hydrocooled leaves due to evaporation of water absorbed and accumulated in the leaf surface during treatment. The packaging was effective in controlling LFM in both storage temperatures. The greater TRA was provided by perforated plastic bag with or without prior hydrocooling, which prevented for a longer period of time the leaf wilting. The levels of TSS, RED, and starch NRED varied as a function of the treatment in response to the effect of concentration or dilution coupled to TRA. There was no effect of storage time on the levels of AST and starch. The contents of RED decreased with storage time at 25°C, unlike the levels of NRED at both storage temperatures, which increased due to the concentration effect. It is recommended to hydrocooling, perforated plastic bag and cold storage in the postharvest P. aculeata.
Palavras-chave: Algodão
Enzimologia
Fotossíntese
Mancha de ramulária
Cotton
Enzymology, Photosynthesis
Spot Ramularia
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::CIENCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS::CIENCIA DE ALIMENTOS::FISIOLOGIA POS-COLHEITA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: BARBOSA, Camila Karen Reis. Management and postharvest conservation of Pereskia aculeata Mill.. 2012. 59 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4564
Data do documento: 16-Fev-2012
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.