Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://locus.ufv.br//handle/123456789/4569
Tipo: Dissertação
Título: Molibdênio pode substituir adubo nitrogenado de cobertura em feijoeiro de alta produtividade na Zona da Mata de Minas Gerais
Título(s) alternativo(s): Molybdenum can replace nitrogen topdressing in high yielding common bean at Zona da Mata of Minas Gerais
Autor(es): Sapucay, Moryb Jorge Lima da Costa
Primeiro Orientador: Carneiro, José Eustáquio de Souza
Primeiro coorientador: Vieira, Rogério Faria
Segundo coorientador: Cecon, Paulo Roberto
Primeiro avaliador: Lima, Tricia Costa
Abstract: Em áreas cultivadas regularmente com feijão na Zona da Mata de Minas Gerais, a aplicação de molibdênio (Mo) na folhagem dos feijoeiros tem sido usada no lugar do adubo nitrogenado de cobertura para sustentar produtividades em torno de 2000 kg ha-1. Há duvida, no entanto, quanto à efetividade dessa tecnologia em níveis de produtividades mais altos. Os objetivos com este estudo foram: (1) determinar até que dose de nitrogênio (N) em cobertura o feijoeiro responde à adubação molíbdica; (2) verificar se a adubação com molibdênio (Mo) substitui a adubação em cobertura com N em condições de alta produtividade. Foram conduzidos experimentos em três municípios da Zona da Mata: Coimbra, Oratórios e Viçosa. Os experimentos foram instalados entre abril e maio de 2011. Os tratamentos foram arranjados no esquema fatorial 5 x 2: 0, 30, 60, 90 ou 120 kg ha-1 de N e 0 ou 80 g ha-1 de Mo. O nitrogênio, na forma de ureia, foi aplicado da seguinte forma: 30 = no plantio; 60 = 30 (plantio) + 30 (15 dias após a emergência - DAE); 90 = 30 (plantio) + 30 (15 DAE) + 30 (25 DAE); 120 = 30 (plantio) + 45 (15 DAE) + 45 (25 DAE). O Mo foi aplicado na forma de solução de molibdato de sódio sobre a folhagem no estádio V4. Para atingir o primeiro objetivo, o efeito do Mo foi avaliado dentro de cada dose de N. Para atingir o segundo objetivo, consideraram-se os 10 tratamentos formados pelas combinações dos fatores N e Mo. Neste caso, foi usado o teste de Dunnett para comparar a combinação 30 kg ha-1 de N no plantio + Mo com os demais. Foi usada a cultivar Ouro Vermelho. O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições. As maiores produtividades foram 3437, 2185 e 3270 kg ha-1 em Viçosa, Oratórios e Coimbra, respectivamente. Em Viçosa, diferentemente dos outros dois municípios, não houve efeito de N e/ou Mo na produtividade. Em Coimbra, o uso de Mo aumentou a produtividade com zero (nível de 30 kg ha-1 de N) ou 30 kg ha-1 de N em cobertura (nível de 60 kg ha-1 de N). Em Oratórios e Coimbra, o feijão que recebeu Mo associado ao N de plantio produziu tanto quanto o feijão que recebeu 90 kg ha-1 de N em cobertura (nível de 120 kg ha-1 de N). Os resultados sugerem que o feijão pode responder ao Mo mesmo quando se usa adubação de cobertura com 30 kg ha-1 de N e que o Mo pode substituir a adubação de N em cobertura em níveis de produtividade de até 3000 kg ha-1.
In areas cultivated frequently with common bean at Zona da Mata of Minas Gerais state, Mo application on foliage have been used instead of N topdressing to sustain yields around 2000 kg ha-1. However, there is a doubt about the effectiveness of this technology in higher yield conditions. The objectives of this work were: 1) determinate the maximal rate of N topdressing in which common bean respond to molybdenum fertilizer; 2) verify if the Mo fertilization replace the N topdressing in high yielding conditions. The experiments were conducted at three municipalities of Zona da Mata: Coimbra, Oratórios, and Viçosa. They were installed on April or May of 2011. The treatments were arranged as a 5 x 2 factorial: 0, 30, 60, 90 and 120 kg ha-1 of N and 0 and 80 g ha-1 of Mo. N as urea was applied the following way: 30 = at sowing, 60 = 30 (sowing) + 30 (15 days after emergence - DAE), 90 = 30 (sowing) + 30 (15 DAE) + 30 (25 DAE), 120 = 30 (sowing) + 45 (15 DAE) + 45 (25 DAE). Mo was applied as sodium molybdate solution onto the foliage at V4 stage. In order to reach the first objective, the effect of Mo was evaluated at each N rate. In order to reach the second objective, the ten treatments formed by the combination of N and Mo factors were considered. In this case, Dunnett test was utilized in order to compare the association of 30 kg ha-1 of N at the sowing + Mo with each other treatments. The cultivar Ouro Vermelho was used. A randomized complete block design with four replications was used. The highest yields were 3437, 2185 and 3270 kg ha-1 at Viçosa, Oratórios, and Coimbra, respectively. In Viçosa, differently from the others municipalities, N and/or Mo did not affect yield. In Coimbra, Mo increased yield when zero (level of 30 kg ha-1 de N) or 30 kg ha-1 de N topdressing (level of 60 kg ha-1 de N) was used. In Oratórios and Coimbra, plants sprayed with Mo and fertilized with N at sowing yielded as much as plants fertilized with N topdressing at a rate of 90 kg ha-1. Results suggest that common bean can respond in yield to Mo even when N topdressing of 30 kg ha is used and that Mo can replace topdressing N for yield levels of up to 3000 kg ha-1.
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L.
Molibdênio no feijoeiro
Nitrogênio no feijoeiro
Phaseolus vulgaris L.
Molybdenum in bean
Nitrogen in bean
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::FITOTECNIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Universidade Federal de Viçosa
Sigla da Instituição: UFV
Departamento: Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de
Programa: Mestrado em Fitotecnia
Citação: SAPUCAY, Moryb Jorge Lima da Costa. Molybdenum can replace nitrogen topdressing in high yielding common bean at Zona da Mata of Minas Gerais. 2012. 48 f. Dissertação (Mestrado em Plantas daninhas, Alelopatia, Herbicidas e Resíduos; Fisiologia de culturas; Manejo pós-colheita de) - Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://locus.ufv.br/handle/123456789/4569
Data do documento: 27-Jul-2012
Aparece nas coleções:Fitotecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
texto completo.pdf646,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.